33 Semanas de Gestação

Com 33 semanas de gestação tem a voz da mamãe e os batimentos cardíacos como os sons mais agradáveis do mundo para ele! Com cerca de 42 centímetros e um pouco mais de 2 quilos, ele chuta e pode até mesmo virar para a posição cefálica (de cabeça para baixo pronta para o nascimento). Mas tem alguns bebês que gostam mesmo é de ficar sentados na barriga da mamãe e nesse caso se não houver mudança até o nascimento, o médico pode recomendar uma manobra manual para virar o bebê ou optar pela cesárea.

33 semanas de gestacaoNas 33 semanas de gestação, o seu sistema auditivo já está completamente formado e o bebê consegue reconhecer nitidamente o som da voz da mamãe, do papai ou de algum familiar mais próximo e responde com chutes e movimentos quando estimulado. Chutes estes que podem atrapalhar inclusive a qualidade do sono da mamãe, já que costumam ficar se movimentando sem parar inclusive durante as madrugadas.

Cada osso do seu corpo já esta rígido exceto o crânio que ainda não se fundiu para facilitar a passagem durante o parto. As partes da cabeça se encaixam como um quebra cabeça durante a passagem pela pelve materna. Deus fez a natureza humana perfeitamente, não é mesmo? Tudo se forma, se desenvolve e aperfeiçoa no momento que deve ocorrer. Nas 33 semanas de gravidez e se esta grávida de gêmeos fique alerta, o dia do nascimento dos seus bebes está bem próximo!

A quantidade de liquido amniótico que envolve seu bebê esta cada vez diminuindo e chegando ao seu limite. Isso é um sinal que estamos chegando ao fim e o dia de conhecer seu maior tesouro esta se aproximando!! Falta pouco pro seu bebezinho estar em seus braços!!

Como a Mamãe Está se Sentindo…

Ganhar de 500 gramas a 1 quilo por semana é muito? Em alguns casos não! Veja, o bebê tem um desenvolvimento fetal a todo vapor e com isso o ganho de peso da mamãe também aumenta, mas saiba que o fato de ter ganhado mais de 10 kg não quer dizer que o bebê vai pesar mais. Uma vez li alguns casos em que a mamãe fez dieta a gestação toda e ganhou apenas 4 quilos, sempre que sentia fome bebia muita água para “enganar o estômago” e o resultado foi um bebê pequeno para a idade gestacional (PIG), pois não havia nutriente o suficiente.

Agora também tem um caso oposto onde a mamãe ganhou belos 32 quilos e o bebê dela nasceu com 2,300 kg. Então o ganho de peso na gravidez é relativo, o que importa é o tipo de alimentos que a mamãe come e tentar equilibrar o ganho de peso para não ter problemas como diabetes gestacional e hipertensão.

A nutrição do bebê pode variar de acordo com o grau da placenta em combinação com as artérias que levam esses nutrientes da mamãe para o bebê. E já nas 33 semanas de gestação, a placenta pode apresentar grau 1 ou 2, mas se apresentar o grau 3 o médico pode monitorar a gravidez semana a semana e acompanhar bem de perto a gestação. Complementar a alimentação com a vitamina pré-natal é o recomendado, já que ela pode ajudar a mamãe na prevenção de anemia e suplementar o seu bebê de todas as vitaminas necessárias.

Fatores Externos…

Tudo esta ficando cada vez mais difícil, não é mesmo? O sono não é mais o mesmo, a ansiedade esta muito grande, as dores nas costas, nas pernas e nas costelas também são muito incomodas e até na hora de comer que não tinha problema agora fica mais difícil, já que pelo tamanho do útero pressionando o restante dos órgãos acaba abalando até mesmo o apetite e dificultando a digestão.

Foto: peasap