Dia desses vagando pelo Facebook, vi uma foto de uma menina de 10 anos com barriguinha de grávida escrito nela: Amo Meu Bebê. Chocante para dizer a verdade, afinal, ela é ainda mais jovem do que a minha filha mais velha e apenas um pouco mais velha que o meu filho do meio. Uns vão dizer que foi imaturidade, outros que foi pelo calor do momento, muitos dizem que foi por descuido, outros que foi por irresponsabilidade, mas qual o verdadeiro motivo de tantas meninas novinhas, jovens, algumas que nem bem entraram direito na adolescência, acabarem engravidando? A verdade é que eu tenho visto jovens grávidas cada vez com menos idade.

5 Depoimentos de Gravidez na Adolescencia 1

Informação está por todos os lados, basta ligar a TV, entrar na internet, há palestras dentro das escolas e acompanhamentos para grupos de jovens pelo SUS e também pelas igrejas, não podemos dizer que o motivo de haver tantos depoimentos de gravidez na adolescência seja por falta dela, a informação. Por isso trocar idéias é tão benéfico.

Claro que uma gravidez na idade madura, com um casal estruturado é muito melhor e todo mundo pretende uma vida melhor. Muitas as vezes não é assim que acontece e a gravidez na adolescência pode acontecer. Também acontece de uma menina que está grávida com 12, 14 anos, da um depoimento de gravidez na adolescência é mal vista, vista com pena, vista como “fácil”.

Mas gente, a corda sempre quebra apenas no lado mais frágil, a mulher carrega a criança, e um filho e é par sempre. Mas em minha opinião, um bebê é feito por um casal e os dois lados tem que ser orientados. Cabe também aos pais dos meninos a responsabilidade da orientação sexual para que esses imprevistos não aconteçam. Não que uma gravidez seja algo ruim, mas a questão é outra e o buraco muito mais em baixo do que de fato se mostra.

Mesmo assim os índices de depoimentos de gravidez na adolescência têm aumentado e muito e diversos casos aparecem a cada dia. Em alguns estados mais afastados dos grandes centros, ainda é muito comum ver meninas novinhas, adolescentes, já mamães ou ainda gestantes, mas meio que virou uma coisa “normal”, banalidade corriqueira, e realmente nos acostumamos a ver e conviver pois a frequência é incrivelmente grande.

Mas afinal, de quem é a culpa, o que fazer nesse momento de impacto para os pais e até mesmo do casal, ou em muitos casos a menina apenas que se vê grávida e sozinha. Não são raros os casos em que após a gravidez, as juras de amor, acabem caindo por terra e aquele amor que era infinito se torna um pesadelo com uma consequência não imaginada e muito menos planejada, a chegada de um filho!

Imaginem a cabecinha de uma menina de 11 anos que vamos acompanhar já já em uma reportagem feita pelo Profissão Repórter da Globo. Sim, 11 anos e gestante, pois ela pensou em que ter um filho nessa idade seria bacana.

A culpa é dos pais que não orientaram o suficiente, do diálogo restrito sobre sexo? do rapazinho que forçou a barra? Da menina que pensou que não fosse acontecer? Do grupo de amigas que incentivam ao ato sexual precocemente, do governo ou das escolas?

Não dá pra estabelecer um culpado ou uma razão para que esse fato aconteça cada dia mais, mesmo com tanta orientação disponível em diversas mídias, nas escolas, nas igrejas enfim… mas um diálogo em casa é fundamental e super importante para ajudar no amadurecimento sexual dos jovens.

Assunto complicado de se falar, polêmico demais para uma só opinião. Então vamos ver depoimentos de gravidez na adolescência desde a descoberta, até uma matéria jornalística com casos reais e que poderiam ter acontecido dentro da casa da gente, mesmo com toda a orientação do mundo, o risco está ai! Qual a sua opinião sobre esse assunto? Você tem um depoimento de gravidez na adolescência para dar? entre em contato comigo [email protected] ou deixe no comentários.

Profissão Repórter

Vanguarda Mix

Canal YT Bruna Aguiar

Documentário Meninas

Maria Elisa

 

Veja também: Planejando a Gravidez se preparar é preciso

Foto: brennaval