Youtuber é profissão? Sim! Conheça a fofa da Ramini ou simplesmente Minii como é conhecida pelas tentantes e amigas, do bom humor dessa baiana linda e arretada que conta como é ser uma tentante. Bem-vinda Minii!

<a href="https://www.trocandofraldas.com.br/wp-content/uploads/minii-rosa.jpg" Minii e seu marido Roberto

Trocando Fraldas: Fala um pouco de você, quanto tempo de tentante, o que faz da vida?
Minii: Primeiramente quero agradecer pelo convite e a oportunidade de compartilhar um pouco da minha história! Vou resumir um pouco sobre mim! Meu nome é Ramini Lima, nome diferentizinho (rs), sou evangélica, amOOOo cantar, moro em São Paulo, sou baiana, tenho um sonho ENORME de ir à Disney (rs). Ah! E sou Youtuber também.

Sou casada com um homem ma-ra-vi-lho-so, um verdadeiro príncipe que me respeita e demonstra o seu amor por mim 24 horas do dia (isso é tão romântico neh rs). Orei desde criança para o encontrá-lo. Mminha mãe sempre orava comigo para que Deus pudesse preparar desde já o meu príncipe, e ele me ouviu!! Vamos completar 5 anos de casados agora em maio. Nossa decisão para engravidar iniciou assim que completarmos 2 anos de casamento.

Trocando Fraldas: Como surgiu o canal no Youtube?
Minii: Eu A-M-O tagarelar, conversar, ler, ver vídeos,etc. E eis que encontrei um vídeo de uma blogueira ensinando fazer uma make, e aí comecei a assistir e assistir, e fui vendo outros vídeos. Fui gostando da coisa, até que quando vi estava viciada nesse mundo de Youtube e encontrei também blogueiras tentantes, relatando sobre a vida, dificuldades de engravidar e me achei naquilo! Então falei, por que não? Comecei a gravar com uma vergoínha, mas fui! Ah, meu canal no youtube é Minii Rosa vai lá, tem diversos tipos de tema.

Trocando Fraldas: Como foi que a maternidade despertou em você? Quando percebeu que queria ser mãe?
Minii: Sempre amei crianças, pegar no colo, ficar brincando, etc. E amava ver as barrigudas (rs). Eis que casei e dei ao início a uma família e conforme o tempo foi passando, o desejo foi brotando em mim, porém precisei esperar terminar a faculdade para poder iniciar as tentativas.

Trocando Fraldas: Você já sonhou que estava recebendo o positivo? Como espera que será o seu?
Minii: Já sonhei amamentando a minha filha. Sim, em nome de Jesus vou ter uma menina. O meu positivo acho que vai ser muito doido porque vai acontecer 2 tipos de reações:

  1. Vou gritar chorar, gritar e NÃO acreditar que chegou a minha vez OU
  2. Vou pular e ficar agradecendo a Deus por milhões de vezes!

Trocando Fraldas: Qual reação você imagina que será a do maridão quando receber o positivo?
Minii: Acho que ele vai chorar e ficar branco (kkkkkkkkkk).

Trocando Fraldas: Tem algum problema referente à fertilidade? Se sim, como lida com isso. Se não, já fez exames para investigar?
Minii: Bom, como relatei nossa decisão iniciou logo após o segundo ano de casamento, eu achava que iria engravidar logo de primeira (rs #SQN). Passou alguns meses e nada. Então corri logo atrás de uma médica, fiz exames e foi constatado que tinha um mioma, mas provavelmente não era ele que estava me impedindo a engravidar. Então continuamos com os treinos (rs) Quando completamos 1 ano decidimos procurar um especialista em infertilidade, foi quando o bendito médico (rs). Disse que além de ter mioma, eu poderia ter um útero bicorno e que eu teria de fazer a cirurgia para retirar o mioma e refazer meu útero. Seria uma cirurgia delicada pois podia correr o risco de furar meu útero e aí já era o sonho, ah! E que meu parto normal podia esquecer. Imagina a minha reação nesse dia, chorei, chorei, chorei. Não aceitei aquilo e fui procurar uma GO e a mesma disse que o ideal seria com especialista mesmo. Me passou o contato da doutora Dra. Rosane e então começamos a fazer a bateria de exames, até que chegamos à conclusão que meu útero era perfeito!

O exame que o mesmo bendito médico tinha visto, mostrei a ela e a mesma me disse que ali constava que meu útero era perfeito, e que tínhamos 2 soluções para o meu caso. Nisso já tínhamos completado quase 2 anos:

  1. Tirar o mioma e tentar novamente
  2. Tirar o mioma e fazer uma FIV

É claro, que dinheiro não brota assim. Escolhemos a opção numero 1 e hoje já estou tentando tem 2 meses que fiz a cirurgia. Nos exames constava que tinha um mioma com 4 cm. Quando a médica tirou ele tinha 10cm. Vou fazer um tratamento com remédio durante 5 meses e após esse período fazer 2 tipos de exames para ver se está tudo ok, e em seguida podemos voltar com as tentativas.

Hoje posso dizer que com toda essa espera, aprendi muita coisa. Aprendi que nem tudo é do nosso jeito, que não devemos interferir nos planos de Deus, pois ele sabe o dia e a hora certa de agir e nos abençoar. Eu sempre organizei tudo, quis sempre tudo certinho conforme a minha vontade, e hoje aprendi nem tudo é assim.

Acredito que Deus poderia me enviar meu presente mesmo com aquele mioma, mas acredito mais ainda que ele precisasse me ensinar algumas coisas antes de me abençoar com um filho, principalmente me tornar uma mãe forte, confiante, calma, paciente e convicta de que todas as coisas cooperam para o nosso bem. Eu sempre orei ao senhor e falava:

Senhor se é da sua vontade que eu passe por tudo isso, que seja. Mas eu preciso da tua força porque sozinha eu não consigo! E dia após dia o senhor me sustentava. E hoje me sinto fortalecida e confiante de que o melhor de Deus está por vir … na hora certa!

Trocando Fraldas: Já tem alguma peça de enxoval guardada? Já decidiu os nomes?
Minii: Tenho sim! Meu marido me presenteou no primeiro ano de tentativa no dia das mães um kit para bebê com gorro, meia e body.  Os nomes ainda não temos. Como meu nome é diferente quero muito um nome diferente para eles também, sim são eles! Quero uns 4 filhos no mínimo (kkkkk), 3 meus e 1 adotado, se Deus quiser! Mas temos alguns que às vezes vem na nossa cabeça; Maria Flor, Izak, Anthony, Noah e Luna. Mas ainda acho que não é nenhum desses (rs).

Trocando Fraldas: Qual a maior dificuldade de ser tentante? O que faria diferente?
Minii: Pra mim foi não ter encontrado um médico logo no início que abraçasse a minha causa, sabe. Demorei quase 2 anos para encontrar uma boa médica que me ajudasse e que me mostrou que, sim, tudo era possível! De diferente o que eu faria, seria não compartilhar aos amigos que estava tentando logo de início porque a cobrança é horrível!

Trocando Fraldas: Qual a melhor coisa de ser tentante?
Minii: Acho que é o sentimento que você cria por alguém que você nem imagina como é!

Trocando Fraldas: O que espera da maternidade?
Minii: Uma fase lindaaaaaaa, com tudo que sonhei e desejei passar! Até os enjoos (kkkkkkkkkkkkkk). Muita paparicação também.

Trocando Fraldas: Um recado para quem está tentando ser mamãe como você?
Minii: Não desanime JAMAIS, por mais que as circunstâncias te mostrem o contrário. Não questione a Deus por quê, por quê, por quê? Apenas memorize que, se não chegou o seu momento, é porque Deus está trabalhando em algo em você ou pra você!

Nada acontece por acaso, principalmente a vinda de um filho. Deus sabe a hora certa das coisas. Nos enxergamos até um certo limite, Deus vai muiiiiiiiito além das nossas limitações, e com certeza a sua história já foi escrita por ele, é será a mais linda! E não deixe que pensamentos ruins para baixo tomem conta de você, muito pelo contrário, pensamento positivo de que está muito perto do seu momento acontecer.

Paty sua linda, MUITO obrigada mesmo por esse momento. Que Deus possa te abençoar cada vez mais e mais, e que muitas tentantes possam se ajudar cada vez mais e mais!!
Enorme beijo!
Minii Rosa