FSH, LH, GnRh. São siglas curtas, mas que significam muito para quem quer engravidar. Esses hormônios são muito importantes para a ovulação e também para a fertilidade feminina. Você sabia que uma simples dosagem de FSH pode colaborar para que a mulher engravide mais facilmente? Por isso, a importância dos exames está sendo abordada em uma campanha em diversos sites sobre o assunto. A hashtag ‪#‎avalicaçãodafertilidade está sendo usada para levar a importância de uma série de exames simples, mas que fazem toda a diferença na fertilidade.

Campanha junho mes da fertilidade

A dosagem de FSH é extremamente importante! Isso porque ela verifica a reserva ovariana disponível na mulher e também influência o crescimento dos óvulos em estágio inicial. A reserva ovariana pode ser determinada de várias formas, com a dosagem desse hormônio o FSH ou com outro mais moderno o anti-mulleriano. Esse hormônio é estimulado por um outro, o GnRh que faz a indução do aumento dos valores do FSH. O hormônio FSH também está presente em homens, mas neste caso auxilia na produção de espermatozoides.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Na mulher especificamente, o hormônio FSH tem um pico ainda no inicio do ciclo menstrual, o qual pode ser antes ou depois do previsto para ciclos regulados, ou mesmo sem previsão para ciclos irregulares. Esse pico é o que da o start no período fértil. Além disso, o FSH estimula estrogênio, outro hormônio essencial para o período fértil. Ele faz com que os óvulos amadureçam e cresçam adequadamente até que possam ser liberados.

Quais os Níveis Adequados Para a Fertilidade?

Podemos dizer que os níveis de FSH podem fazer toda a diferença se levarmos em consideração a idade da paciente. Mulheres com mais de 35 anos tem como referencia valores menores, já que teriam a baixa de reserva ovariana maior do que uma jovem de 20 anos. Porém há uma tabela onde os parâmetros podem ser verificados:

reserva ovariana

Índices maiores do que 15 são preocupantes para mulheres que querem engravidar. Eles podem significar que a reserva ovariana está aquém do que deveria, por isso, um médico deve tomar conhecimento para avaliar o que será feito e também avaliar uma possível menopausa precoce, normalmente esse alarme é dado em casos de FSH acima de 30, mas deve ser investigado o quanto antes. De 10 a 15 a reserva ovariana é considerada baixa. Mulheres com esse diagnóstico devem passar por uma avaliação mais profunda para verificar o que pode ajudar a resolver este possível problema existente.

De 05 a 10 a reserva ovariana pelos índices do hormônio FSH está em um patamar aceitável e é considerada boa. Normalmente mulheres acima de 28 anos tem esse resultado que é considerado perfeitamente normal. Abaixo de 5 a reserva ovariana é considerada excelente! Teoricamente essa mulher não tem problemas com a estimulação dos folículos, porém é preciso de alguns outros exames para afirmar que está tudo ok. Dentre eles a dosagem hormonal progesterona, estrogênio, LH, prolactina e testosterona.

FSH 2

Clique na foto para vê-la maior

As causas da baixa dos índices de FSH são mais comuns do que se esperaria. Ovários policísticos por exemplo, podem causar essa baixa. Um fator já citado é a idade, com ela avançando se tem uma menor reserva ovariana a cada ciclo ovulatório perdido. Problemas com a tireoide também é um sinal de que as coisas podem se complicar com o FSH. Obesidade e tabagismo também estão na lista dos vilões contra o FSH. Devemos lembrar que o FSH tende a variar durante o ciclo, em algumas fases ele pode estar mais alto que em outras e os laboratórios também podem ter interpretações diferenciadas de um para o outro, veja imagem ao lado.

Alguma dúvida sobre o FSH? Fale com seu médico. Um exame tão simples pode determinar se você está sadia para produzir óvulos e engravidar. Procure a hashtag ‪#‎avalicaçãodafertilidade nas redes sociais e na internet e fique por dentro de todos os posts da campanha! Além disso, também pode encontrar mais sobre o assunto nos parceiros da campanha:

Blog do IVI                 Clínica de Fertilidade
Almanaque dos Pais Mônica Romeiro
Mãe a Flor da Pele    Tatiana da Costa
Mamy Atenada          Priscilla Aitelli

No dia 19 de junho de 2015, a Dra Silvana Chedid irá fazer uma palestra online e grátis sobre o assunto! Para quem tem problemas para engravidar e mulheres que ainda nem estão tentando estão convidadas para participar. Esclarecer um dos pontos fundamentais da fertilidade com um especialista. Cuide da sua saúde reprodutiva, seu futuros filhos agradecem!

Aproveitando o espaço quero contar uma novidade para nossas leitoras mamães, que pretendem ter outro bebê futuramente ou tem algum casal amigo que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos alguns produtos que ajudam na fertilidade de homens e mulheres, entre eles vitaminas da fertilidade que potencializa a ovulação FamiFerti e no caso dos homens melhora a qualidade dos espermatozoides, o ViriFerti, assim como o teste de ovulação, teste de gravidez e o gel lubrificante FamiGel. Você pode adquiri-los aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Quando Acontece o Período de Ovulação?