Crianças, quem as tem deve tomar o máximo de cuidado possível. Basta uma piscada de olhos para que acidentes domésticos aconteçam e aí a dor de cabeça aparece. Quanto menor a criança, maiores os riscos de acidentes domésticos e então, o que fazer para preveni-los? A verdade é que com as férias chegando, os cuidados devem ser redobrados porque com a criançada em casa, o risco de acidentes domésticos fica ainda maior. Então falando em precauções contra acidentes domésticos podemos enfatizar os seguintes possíveis lugares que possuem principais focos que poderiam ser riscos de acidentes: Cozinha, banheiro, quintal, área de serviço, sala e quarto.

A casa toda? Sim! Com tanta energia acumulada da criançada e tantos riscos que muitas vezes os pais nem imaginam dentro da própria casa, os acidentes domésticos podem acontecer até sem mesmo que possamos ter tempo de visualizar um possível risco eminente. Vamos então pontuar os focos de acidentes dentro de cada cômodo da casa e fora dela também.

Como ajudar a evitar acidentes domésticos com crianças

Na cozinha: Um dos principais pontos a ser extremamente vigiado na cozinha certamente é o fogão. Tomar simples cuidados como manter os cabos das panelas virados para dentro e cozinhar sempre que possível nas bocas traseiras do fogão pode evitar e muitos acidentes domésticos principalmente com crianças menores. O índice de queimaduras de 2º e 3º grau em crianças de até 5 anos por derramamento de líquidos ferventes na cozinha, tem diminuído graças ao esclarecimento dessas regrinhas de segurança, mas não custa nada reafirmar e lembrar como se deve proceder com crianças pequenas em casa durante o preparo das refeições.

Mas não devemos nos preocupar só com as panelas em cima do fogão. É muito importante lembrar que a cozinha está cheia de armadilhas para acidentes domésticos como o próprio botijão de gás. Manter tomadas bem longe deles é uma ótima idéia, e sempre verificar se tem algum vazamento e a qualquer indicio de vazamento, colocar em lugar aberto e jamais mexer em interruptores ou algum dispositivo que possa disparar fagulhas. A pia também tem alguns perigos para as crianças, perigos como o escorredor de louças, você sabia? Sim, louças podem machucar a criança se elas já alcançarem e imaginem uma faca pendurada no escorredor ou pratos que podem cair em cima do bebê ou da criança. Por isso é importante deixar sempre a louça dentro dos armários. Após lavar, procure secar e guardar para não deixar chances que acidentes domésticos com crianças aconteçam. A mesma regra vale para a mesa, deixar a mesa posta com todos os aparelhos, pratos, colheres, garfos, facas, copos e até mesmo travessas com comida ou bebidas quentes podem cair sobre a criança se essa puxar a toalha de mesa. Então atenção nunca é demais ao colocar o bebê perto da mesa, manter uma distancia segura para que ele evite puxar a toalha é muito importante.

Área de serviço: Produtos de limpeza. Esse é o maior risco da área de serviço. Evitar deixar os produtos ao alcance da criançada é fundamental. Principalmente produtos com coloração chamativa em garrafas pets, aquela de refrigerante sabe? A criança pode confundir com um suco e refrigerante. A intoxicação por produtos de limpeza em crianças é um dos principais focos de acidentes domésticos. Demais acidentes na área de serviço podem estar ligados ao ferro de passar roupa.

Manter a criançada longe da tábua e do ferro na hora de passar roupa é essencial para a segurança e prevenção de acidentes domésticos com queimaduras. Falando em queimaduras, as tomadas devem ser também uma preocupação para os pais. Nessa idade a curiosidade é maior do que a noção dos riscos e então uma colher pode virar facilmente uma arma na mão de uma criança. Evitar choques é fácil, basta tampar todas as tomadas que estejam ao alcance da criançada, essa dica vale para a casa toda.

No banheiro: O vaso sanitário deve ficar sempre com a tampa abaixada, crianças pequenas que já alcancem o vaso podem cair dentro e apenas 3 dedos de água, são suficientes para provocar um afogamento. Baldes na lavanderia também devem ser colocados fora do alcance para prevenção de afogamentos também.

Na sala: As quinas das mesinhas devem ser protegidas com protetores de silicone, tanto as altas como as baixas, assim se evita batidas desnecessárias de cabeça e alguns galos. Além disso, casas que possuem meses de centro ou de canto que tenham vidro no centro também , podem ser focos de acidentes com crianças pequenas com risco de se quebrarem mais facilmente. As TVs atuais, as mais finas também podem ser um ponto chave de acidentes, imaginem que elas são leves o suficientes para que uma criança menor possa puxar a tv e assim virar em cima de si.

Quarto: Cama, pular em cima da cama é um perigo! Não deixar as crianças pularem em cima da cama evita muitas quedas desnecessárias. Nunca deixar bebês mais novos que já conseguem rolar também é uma dica preciosa, deixar tudo á mão antes de cada troca de roupa ou procedimento que precise colocar o bebê em cima da cama sem deixa-lo sozinho é importante. Nunca deixar nada dentro do berço que o bebê consiga escalar e cair de dentro.

Protetores de tomada que custam em torno de  R$ 9,00 com 5 unidades.

Protetores de tomada que custam em torno de
R$ 9,00 com 5 unidades.

No quintal: Prestar atenção redobrada em casas que tenham piscina, a fascinação por água pode levar uma criança pequena a piscina sem que o adulto responsável por ela esteja consciente do risco no momento do acidente.

Dicas para todos os cantos da casa: Em topos de escadas sempre fazer o uso de portões anti quedas. Esse é um instrumento fundamental para evitar acidentes domésticos com quedas. Proteger qualquer ponto que forneça energia elétrica, isso inclui extensões usadas dentro de casa. Colocar redes de proteção nas janelas e sacadas de apartamentos ou casas mais altas, é fundamental para evitar quedas.

Outros pontos de cuidado: Tomar muito cuidado com brinquedos, comprar sempre para a idade correta e sem peças que seu pequeno possa colocar na boca e engolir acidentalmente. O mesmo vale para moedas e tampas de canetas e canetinhas. Evitar acidentes domésticos é muito simples, claro que tudo pode acontecer em um simples piscar de olhos, mas manter a casa segura é essencial para a criançada.

Nota da blogueira: Já passei muitos sustos com quedas das crianças, com tudo aprendi que ficar de olho além de manter a casa segura é muito importante. Com o crescimento das crianças orientar é fundamental. Alertar e explicar todos os problemas e acidentes que podem acontecer se por mera curiosidade a criança for mexer ali justamente onde há risco pode evitar eliminar os uma boa parte dos acidentes. Prevenção é a palavra chave e orientação é fundamental.

Veja também: Acidentes Com Crianças – Sustos Inevitáveis

Foto: Conforto On Line