A advogada é uma profissional formada em curso superior com duração média de 4 a 5 anos e devidamente aprovada e registrada na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). O trabalho de uma advogada é basicamente defender os interesses de seus clientes com base nas leis existentes no país, estado ou munícipio, de acordo com o caso em que estiver trabalhando.

Função de Advogada

Apesar disso, o trabalho de uma advogada não se resume apenas em a ir a tribunais, já que é importante ter um trabalho prévio de pesquisa, definição de estratégias e conversas para ter o caso da forma mais clara possível em sua mente.
O trabalho de uma advogada muitas vezes é feito quase integralmente dentro de escritórios, atuando com diversos tipos de burocracia, prestando consultoria jurídica para seus clientes e trabalhando com pesquisas para seus casos.

A profissão dos formados em direito não é historicamente feminina, então logo podemos imaginar que o domínio da área é, em maior parte, dos homens. Mas apesar do fator histórico, hoje em dia o número de mulheres registradas como advogadas é praticamente o mesmo que o de homens, ainda que os cargos mais importantes sejam ocupados por eles.

Mas nem por isso esse número deixa de ser animador para uma mulher que deseja trabalhar na área, já que a tendência é que haja cada vez mais vagas para mulheres dentro dos escritórios de advocacia do país. Outro número que contribui para esse otimismo, é o número de mulheres jovens que atuam na área, o que significa que o interesse das mulheres pela profissão tem aumentado, o que obriga o mercado a se adaptar e acolher essas profissionais.

Qual o Perfil de uma Advogada?

Ser uma advogada exige que a profissional seja comunicativa. A fala é um de seus principais instrumentos de trabalho, por isso ter boa comunicação não é só uma vantagem, mas uma obrigação.

Por comunicação, devemos entender que não basta apenas falar bem, mas também saber ouvir, refletir e falar dentro das situações do dia a dia da profissão. Além disso, ter um bom poder argumentativo também é de grande ajuda no dia a dia de uma advogada.

Características da Profissional

Saber trabalhar em equipe também é essencial para que uma advogada possa exercer seu trabalho com excelência, já que a profissão muitas vezes vai exigir isso. É claro que não podemos deixar de citar a forma como uma advogada deve lidar com seus clientes.

É essencial que a profissional saiba ouvir, compreender a situação e agir com sinceridade na hora de tratar os clientes, os oferecendo a melhor saída possível para cada tipo de situação e nunca omitindo fatos ou mentindo para conseguir novos trabalhos.

O que Faz uma Advogada?

Uma advogada pode atuar em diferentes frentes dentro de sua profissão. Essa amplitude de possibilidades é positiva, já que possibilita que a profissional possa optar por diversos ramos dentro da sua área. Além disso, a advogada também tem a possibilidade de trabalhar com o que mais gosta dentro da advocacia e assim, atingir seus objetivos dentro da profissão.

Áreas de Atuação

Apesar de terem, no fundo, o mesmo objetivo, que é trabalhar a serviço da lei e para seu cliente, advogadas podem realizar esse trabalho das mais diversas maneiras, seja dentro de escritórios, defendendo pessoas físicas, defendendo pessoas, trabalhando como defensora pública e de diversas outras formas. Alguns dos principais tipos de advogadas são:

  • Advogada Cível
  • Advogada Criminalista
  • Advogada Trabalhista
  • Advogada Empresarial
  • Advogada Ambientalista

Cada um dos tipos atua de forma diferente, defendendo clientes com interesses diversos e que exigem conhecimentos específicos. Por essa razão, uma advogada deve refletir bem sobre a carreira que deseja seguir para se especializar e obter os conhecimentos que precisa para exercer sua função com excelência.

Advogada Cível

O trabalho de uma advogada cível busca defender os interesses de seu cliente dentro do campo particular, ou seja, prestar consultoria jurídica no que diz respeito a negócios importantes para o cliente, revisando e analisando contratos civis, como hipotecas, contratos de compra e venda de bens, penhor, seguros, venda em consignação, entre outros.

Outra função importante de uma advogada cível é no ramo de direito familiar, onde pode atuar em diversos casos que envolvem famílias como regime de bens, pensão alimentícia, guarda judicial, diversos tipos de ações de divórcio, entre outras coisas.

Além disso, trabalhos como consultoria para testamentos, por exemplo, também são da competência de uma profissional desse tipo. Uma advogada cível também tem o poder de abranger outros aspectos da lei dentro de sua atuação, como direitos do consumidor, por exemplo.

Advogada Criminalista

Uma advogada criminalista tem o seu trabalho situado nas áreas de direito penal e processual, ou seja, onde se situa o que configura ou não crime e o que determina como cada criminoso deve ser julgado.

Essa não é uma área tranquila de se trabalhar, já que muitas vezes os casos envolvem crimes hediondos e o ambiente de trabalho muitas vezes é estressante e tenso. É importante lembrar também, que qualquer advogada ou advogado atua em prol da lei e da justiça, o que significa que, em momento algum, o trabalho de uma profissional dessa área será defender um criminoso ou algo que não acredita ser o justo, mas sim averiguar os fatos e ajudar a determinar a sentença mais correta para cada caso.

Advogada Trabalhista

A principal função de uma advogada trabalhista é defender o direito dos trabalhadores e de empresas, ou seja, uma profissional do tipo pode representar tanto um funcionário quanto a
própria corporação. Os principais casos atribuídos às advogadas trabalhistas ocorrem entre as relações de empresa e funcionário, por motivos de pagamentos, FTGS, não cumprimento da CLT, entre outros casos.

O trabalho de uma profissional do tipo, portanto, é analisar a fundo todos os fatos do caso para defender os interesses de seu cliente (ou clientes, em caso de um processo em grupo) e fazer com que ele saia do processo da melhor forma possível.

Advogada Empresarial

Diferentemente da advogada trabalhista, que atua nas relações entre empresa e funcionários, a advogada empresarial tem seu principal foco nas relações de uma empresa com outras ou com o governo, ainda que também possa acompanhar e representar seus clientes em processos trabalhistas, cíveis ou tributários.

Porém, boa parte do trabalho de uma advogada empresarial é a de assessoria jurídica, analisando contratos sociais e verificando as melhores condições para a empresa seguir com compras, vendas e outros tipos de contratos.

Advogada Ambientalista

O ramo de trabalho de uma advogada ambientalista é amplo, já que o assunto abrange diversas áreas do direito. Ainda assim, o principal campo de ação de uma profissional desse tipo acaba sendo em processos onde haja algum tipo de acusação de destruição da natureza.

Normalmente esse tipo de profissional pode representar uma empresa ou uma ONG contra uma empresa, uma pessoa ou um grupo de pessoa que estejam realizando atos ilegais contra o meio ambiente.

É importante entender que o papel de uma advogada ambiental não é um simples papel ativista de proteção ao meio ambiente, mas sim uma figura de proteção à natureza e seus recursos, embasada na lei e atendendo o interesse de clientes.

Graduação em Direito

O curso de direito é um dos mais procurados e mais concorridos do Brasil, existem diversos espalhados por todo o país que são oferecidos tanto por universidades públicas quanto por instituições particulares.

A média de duração do curso é de 5 anos, enquanto uma especialização pode durar mais 2 anos. A média da mensalidade desses cursos de graduação em direito pode variar bastante de região para região.

Em Goiás, por exemplo, a média é de R$ 880,00, enquanto em Brasília, a média sobe para R$ 1.400,00. Nas principais capitais do país como São Paulo e Rio de Janeiro, o preço médio das mensalidades de uma universidade de direito é de R$ 1.100,00.

Principais Faculdade de Direito no Brasil

  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ)
  • Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo (SP)
  • Fundação Getúlio Vargas (FGV) – Rio de Janeiro (RJ)
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) – São Paulo (SP)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Recife (PE)
  • Universidade de Brasília (UNB) – Brasília (DF)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS) – Porto Alegre (RS)
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie – São Paulo (SP)

Caminhos da Carreira de uma Advogada

Além de todos os tipos de advogadas que citamos anteriormente, também há outros caminhos para uma profissional do direito seguir em sua carreira. O setor público é um deles, onde há diversas possibilidades de trabalhos para atuar em diferentes posições.

No setor privado, uma profissional também pode encontrar diversos trabalhos que não são necessariamente dentro de tribunais ou consultorias jurídicas. Os principais deles são:

  • Pesquisadora
  • Delegada
  • Professora
  • Juíza
  • Procuradora Federal

Ainda que haja diferença entre os trabalhos aqui citados e os de uma advogada, todas essas profissionais precisam estar devidamente registradas na OAB e terem a mesma formação na graduação.

Pesquisadora

A profissional que atua com pesquisa na área do Brasil não costuma receber muita atenção, ainda que exerça um trabalho fundamental para a área. O trabalho de uma profissional desse tipo visa alimentar, revisar e estender os conhecimentos acadêmicos sobre a área do direito no Brasil.

Normalmente, uma pesquisadora trabalha paralelamente com outra profissão como professora ou dentro de um escritório de advocacia. Além disso, para trabalhar na área de pesquisas, a profissional precisa ter doutorado ou, no mínimo, mestrado em alguma área relativa ao direito.

Delegada

Uma delegada de polícia é responsável por coordenar agentes de uma determinada região e comandar determinadas investigações. Uma profissional pode atuar como delegada da polícia civil tanto em âmbito estadual quanto em âmbito federal.

Essa é uma profissão em que a esmagadora maioria de atuantes ainda são homens, mas, como já dissemos anteriormente, nada impede que uma mulher se candidate a uma vaga para exercer o cargo, ainda mais com o crescente número de mulheres dentro da área do direito.

Professora

Uma professora universitária tem como dever lecionar, apoiar iniciações científicas, orientar grupos e pesquisas dentro da sua área de especialização. Por essa razão, muitas vezes uma professora também é uma pesquisadora, mas nada impede que ela trabalhe como advogada atuante dentro de um escritório.

Uma professora da área de direito tem a grande responsabilidade de formar profissionais que atuarão na área e tomarão importantes decisões no futuro, então é importante que o seu trabalho seja levado a sério e respeitado.

Juíza

O trabalho de uma juíza consiste em processar e julgar ações judiciais resultantes de conflitos tantos de pessoas jurídicas quando de pessoas públicas, assim como os conflitos entre públicos e particulares.

Os cargos para atuar na profissão exigem que a profissional seja aprovada em um concurso público, além de ter, no mínimo, três anos de atuação na área jurídica. Existem diversos tipos de concursos para juízes que podem ser divididos entre áreas como a trabalhista, por exemplo, ou entre divisões políticas, como estadual ou federal.

Procuradora Federal

Uma procuradora federal trabalha basicamente como uma advogada de entidades públicas federais. Por isso, o trabalho de uma profissional do tipo acaba sendo agitado, já que há diversos casos e processos todos os dias. Por isso, uma procuradora geral precisa ser ágil e proativa dentro de seu trabalho.

Quanto Ganha uma Profissional do Direito?

Os salários desse tipo de profissional podem variar de acordo com a sua área de atuação, se é em uma instituição pública ou privada, além de também depender do cargo que exerce. Ainda assim, podemos fazer uma média geral dos salários das principais atividades de advogadas no Brasil.

Quanto Ganha uma Advogada?

  • Advogada Criminalista: 3.107,00
  • Advogada Trabalhista: 3.083,00
  • Advogada Cível: 2.714,00
  • Advogada Tributarista: 3.616,00
  • Advogada de Contratos: 4.335,00
  • Advogada Empresarial: R$ 3.443,00

Quanto ganha uma Juíza?

  • Juíza do Tribunal de Justiça de São Paulo: R$ 24.818,71
  • Juíza de Tribunal Regional Federal: R$ 27.500,17
  • Juíza de Justiça Militar: R$ 27.500,10

Quanto Ganha uma Delegada?

  • Polícia Civil: R$ 10.079,00
  • Polícia Federal: R$ 16.830,85

O trabalho de uma advogada pode ser constituído de diferentes elementos e pode se dar nos mais variados ambientes. A rotina pode ser estressante muitas vezes e exigir muita paciência, principalmente para quem não está acostumada com burocracias.

Ainda assim, o direito é uma área que gera prazer em diversas formas, principalmente quando a profissional percebe que está dando sua contribuição para que a lei seja cumprida e a justiça esteja sendo efetiva. Ser advogada não é uma profissão para qualquer uma, mas todas que tem a vontade de trabalhar na área, podem escolher os mais diversos caminhos para seguir a carreira.

Veja Também: Nutricionista – O que Faz e Quanto Ganha

Fotos: jpornelasadv, COOLPIX L620, Agencia Brasil Fotografias