Mulheres que estão grávidas normalmente precisam de uma nova rotina, tanto no que diz respeito à alimentação quanto no que diz respeito aos cuidados com o corpo. Quando falamos em alimentação, por exemplo, é sempre importante ter a consciência que a mulher está se alimentando por dois e saber o que é mais saudável e o que deve ser evitado durante esse período.

Porém, algumas vezes é inevitável que doenças como a diabetes gestacional apareçam. E quando isso acontece, os cuidados precisam ser ainda mais redigidos. É por isso que hoje vamos falar sobre alimentação para quem tem diabetes gestacional. Mas antes de mais nada, precisamos falar sobre o que é essa doença.

O Que é Diabetes Gestacional?

A diabetes gestacional nada mais é do que um tipo de diabetes que acusa o alto nível de açúcar no sangue de uma mulher grávida, chamado de hiperglicemia. Ela acontece em mulheres que não possuem diabetes antes de estarem grávidas e que desaparece após o parto.

Ela surge normalmente no terceiro trimestre de gestação e cerca de 7% das mulheres passam por esse problema, sendo que as chances de a mulher desenvolver diabetes depois do parto aumentam.

Essa doença é causada por problemas com a produção do hormônio insulina no pâncreas. Esse hormônio é importante para permitir que o açúcar seja usado como fonte de energia e para que seu excesso seja armazenado.

Quando há algum problema de produção desse hormônio, uma pessoa se torna diabética. No caso das mulheres grávidas, isso pode ter relação direta com alguns hormônios específicos da gravidez que acabam impedindo que o pâncreas produza insulina da forma correta.

Existem alguns fatores de risco para que essa doença ocorra, como obesidade ou a idade da mulher, que quanto mais velha for, mais chances de desenvolver essa doença ela vai ter. Outros fatores incluem histórico familiar e intolerância a açúcar no corpo, também chamado de pré-diabetes.

A diabetes gestacional pode ser uma doença perigosa se não for tratada da maneira correta, oferecendo diversos riscos à saúde tanto da mãe quando do bebê. Entre os principais riscos estão a obesidade, malformações do bebê e até mesmo sua morte precoce. Por essa razão, é necessário ter o tratamento adequado e seguir à risca as recomendações médicas.

E muitas dessas recomendações têm relação direta com a alimentação da gestante. E é por isso que é tão importante falar sobre a alimentação para quem tem diabetes gestacional.

Por que a Alimentação é Importante?

Antes de falarmos sobre quais são os melhores alimentos a serem ingeridos, precisamos falar sobre os motivos de isso ser tão importante. O principal motivo é por conta dos altos níveis de açúcar no sangue, que podem causar sintomas como cansaço, fadiga, visão turva, entre outras coisas.

Por isso, a alimentação para quem tem diabetes gestacional tem que ser pensada para que os níveis de açúcar sejam equilibrados. E para que isso aconteça, não só os alimentos certos devem ser ingeridos, mas também na quantidade certa e em momentos específicos do dia. Essa é a melhor forma de se cuidar e não deixar que a diabetes gestacional afete você ou seu bebê.

O Que Comer na Diabetes Gestacional?

O mais indicado é que sejam ingeridos alimentos que tenham baixo índice glicêmico, ou seja, alimentos que possuam pouco açúcar. Além disso, também é importante comer alimentos que façam com que os carboidratos sejam quebrados mais lentamente pelo organismo, facilitando assim o controle de açúcar. Alimentos ricos em fibras também são ótimas opções para ajudar nessa dieta.
Alimentos recomendados:

  • Nozes e sementes
  • Peixes como salmão, sardinha e atum
  • Frutas com casca e bagaço para que o açúcar seja diminuído
  • Aveia e diversos tipos de cereais
  • Frango sem pele
  • Legumes e verduras como espinafre, cenoura, couve-flor, chuchu e berinjela, de preferência crus
  • Queijo Branco
  • Leite desnatado
  • Iogurte desnatado
  • Grão de bico
  • Feijão
  • Lentilha

Todos esses alimentos podem ser combinados em uma dieta saudável que deve ser seguida rigorosamente para que a mulher não tenha nenhum tipo de problema com a doença.

Quantas Vezes por Dia devo Comer?

Quando falamos em uma alimentação para quem tem diabetes gestacional, não basta apenas falar sobre quais são os melhores alimentos, mas também é necessário explicar como esses alimentos devem ser ingeridos ao longo do dia. Uma boa dieta é feita da seguinte forma:

Café da Manhã – Frutas, podendo ser frescas, congeladas ou secas, iogurte, ovos cozidos, leite, queijo, cereais e nozes.

Lanche da Manhã – Pão integral, queijo branco, iogurte, cereais.

Almoço – Diversos tipos de vegetais tanto no prato principal quanto na salada, carnes magras como frango ou peixe, ovos. De sobremesa, uma fruta com casca.

Lanche da Tarde – Pode seguir parecido com o lanche da manhã, com variações de nozes, cereais, pães integrais e queijo branco.

Janta – Arroz integral, massas integrais, carne, legumes como batata e batata doce. Não se esqueça da salada sempre com verduras cruas.

Ceia – Uma fruta ou um copo de leite

É claro que as opções de cada cardápio podem variar, desde que siga a regra do controle de açúcar no organismo. Ainda assim é importante sempre se manter bem alimentada para que nem a sua saúde e nem a do bebê sejam prejudicadas.

O Que Não Comer na Diabetes Gestacional?

Também é de extrema importância falar sobre o que não deve ser ingerido quando se tem diabetes gestacional, pois são alimentos que devem ser evitados a todo custo e que podem fazer mal para a mãe e para o bebê. Alguns deles são:

  • Doces, principalmente os industrializados, mas não somente
  • Refrigerantes
  • Chocolate
  • Manteiga
  • Frituras no geral
  • Leite e iogurte integral
  • Bebidas alcóolicas
  • Carnes gordurosas

Outras Formas de Controlar a Diabetes Gestacional

Além de manter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos também ajuda a mulher a controlar seus níveis de açúcar no sangue. É claro que os exercícios devem ser os específicos para as mulheres grávidas para que não ocorra nenhum outro tipo de problema, mas eles são uma ótima opção ainda assim.

Em alguns casos, um médico pode indicar alguns medicamentos específicos para serem tomados junto com a dieta e com a prática de exercícios. Nunca é bom quando se adquire uma doença estando grávida, ainda mais se a doença aparecer exatamente por causa da gravidez.

Mas muitas vezes isso é inevitável e o que deve se fazer é tomar o máximo de cuidado para que a doença não se torne uma dor de cabeça e motivo de muita preocupação durante esse período. A diabetes gestacional pode ser perigosa, mas muitas vezes também pode ser controlada, principalmente quando a alimentação é feita da forma correta. Por isso, se você possuir a doença, siga sua dieta da melhor maneira possível para que nada mais grave aconteça na sua gravidez.

Veja Também: Ganho de Peso Materno Após o Parto Pode Aumentar as Chances da Obesidade Infantil
Foto: pasja1000