Primeira Alimentação – Papinha Para Bebê

Primeira Alimentação – Papinha Para Bebê 1

Mamães, é tão bom ver nossos pequenos crescer, e uma das fases que eu mais gosto particularmente é começar a dar alimentos diferentes do leite materno, ou leite artificial. Se o bebê mama exclusivamente no peito, isso se dá no 6º mês. É onde o pediatra começa a inserir os sucos, frutas e um tempinho depois a papinha. Com os bebês que mamam leite artificial, isso acontece um pouco antes, por volta dos 3, 4 meses. Com meus filhos, mesmo mamando no peito, sempre aderi as recomendações da primeira pediatra da minha filha mais velha, ela me recomendou a dar alimentos salgados por volta do 5º mês. São papinhas batidas no liquidificador e com diversos alimentos leves e de fácil aceitação da criançada.

Como começar a introduzir?

O pediatra vai orientar, mas mesmo assim algumas mamães podem ficar com dúvidas, então vou dar algumas dicas de como fazer a introdução da papinha para bebê sem sustos e sem medos. Normalmente começa com os suquinhos. São suquinhos de frutas naturais e não ácidas como laranja lima, suco de maçã, de cenoura, melancia. No primeiro suco o ideal é a mamãe ficar observando se o bebê tem alguma mudança radical no cocôzinho. Caso desarranje, tem que cortar falar com o pediatra a respeito. Após o suco, começa a introdução das frutas em si, como banana amassadinha, maçã, mamão e outras apropriadas e que não sejam ácidas como uva, maracujá etc. Frutas ácidas podem assar o bebê além claro de fazer mal. Após essa fase bem sucedida é a hora da papinha!

Mas como preparar a primeira papinha do bebê? Eu costumo fazer da seguinte forma:

Ingredientes:

  • 1 batata pequena
  • meia cenoura
  • 1 pedacinho de carne ou frango
  • cebola
  • 1 pitada de sal
  • água quente

Eu frito a cebola em um fio bem pequeno de azeite e em seguida douro a carne. Acrescento os legumes cortadinhos e um pouco de água para cozinhar, mas não cubra para não ficar aguado demais e ainda uma pitadinha de sal. Após isso eu retiro a carne e amasso muito bem, passo pela peneira ou bato no liquidificador. Claro que você pode introduzir muitos mais legumes, mas para a primeira vez isso é o suficiente para introduzir alimentos salgados para a criança. Conforme o bebê vai crescendo a mamãe pode ir colocando mais coisas na sopinha, como grãos, arroz, lentilha, grão de bico e feijão. Depois de um tempo pode-se bater a carne junto com os legumes.

Eu também costumava fazer uma receita e congelar em potinhos de vidro, eu esterilizava os vidros com água quente e colocava a porção para cada dia e levava ao congelador, após dura, eu tampava e isso economizava um tempo na cozinha e na hora da fome do nenê, eu já tinha à mão, bastava descongelar no micro-ondas. Os alimentos que as crianças costumam gostar mais são batata, cenoura, mandioquinha ou batata baroa, brócolis e moranga japonesa. Claro que tem alguns alimentos como maxixe, inhame, beterraba, que tem que ser apresentados ao bebê, assim ele acostuma a comer de tudo e principalmente a gostar, afinar o paladar como diz a minha mãe. Vá testando e assim você descobre qual alimentos são de melhor aceitação pelo bebê, a ingestão de sucos naturais frutas e legumes é muito importante nessa fase. É tão comum ver vídeos de bebês fazendo caretas nessa fase, e isso é devido aos gostos tão diferentes que ele experimenta nessa nova fase. Morro de rir todas as vezes em que eu vejo olha só!

Caretas dos bebês na hora de experimentar novos gostos!!

Veja também: Alimentação Infantil – Método BLW

Foto: Mandy Jansen