A doença de Alzheimer é uma doença que não apresenta cura, mas que possui tratamento para que seus efeitos sejam retardados ou para que diminuam. Em todo o mundo, existem mais de 15 milhões de pessoas que possuem a doença de Alzheimer, em sua grande maioria, mulheres, além de ser uma das doenças que mais causa mortes no planeta.

Os fatores para que a doença se desenvolva são genéticos, o que significa que quem tem casos na família, precisa se preocupar se começar a apresentar sintomas da doença e, é claro, tiver mais de 65 anos, já que a doença quase nunca se manifesta antes dessa idade. Quando isso acontece, ela é chamada de Alzheimer precoce.

O que é o Alzheimer Precoce?

O Alzheimer precoce é, por definição, a doença de Alzheimer em qualquer pessoa que possua menos de 60 anos. Quando isso acontece, as causas sempre são hereditárias. Por ser uma doença rara, não é a primeira coisa que vem à cabeça de ninguém quando alguém começa a apresentar os sintomas.

O problema é que o Alzheimer precoce pode ser melhor tratado quando diagnosticado precocemente, o que significa que, quem tem casos de Alzheimer em sua família, precisa ficar atento mesmo antes dos 65 anos, principalmente as mulheres e principalmente se apresentar os sintomas da doença.

Os sintomas do Alzheimer precoce são praticamente os mesmos da doença em sua forma convencional, já que a única diferença entre eles é a idade da pessoa afetada. Porém, quando falamos em Alzheimer precoce, encontramos um problema, já que muitas vezes os sintomas são confundidos com estresse ou simples distração da pessoa, o que faz com que a doença se agrave sem ninguém perceber.

Podemos separar os sintomas do Alzheimer em 4 grupos:

  • Cognição
  • Humor
  • Comportamento
  • Físico

Cada um deles apresenta suas particularidades e servem como sinais de alerta da manifestação da doença.

Sintomas da Cognição

Os principais sintomas da cognição do Alzheimer precoce são:

  • Dificuldade para compreender coisas que antes eram comuns
  • Desorientação
  • Esquecimento frequente
  • Confusão mental, que pode durar noites inteiras
  • Perda de memória recente
  • Delírios
  • Paranoia

Sintomas do Humor

Os principais sintomas do humor do Alzheimer precoce são:

  • Solidão constante
  • Alterações bruscas de humor, como ataques de raiva
  • Solidão
  • Agitação
  • Depressão

Sintomas do Comportamento

Os principais sintomas do comportamento do Alzheimer precoce são:

  • Mudanças de personalidade
  • Dificuldade em exercer funções que antes eram comuns
  • Andar sem rumo, muitas vezes se perdendo
  • Mudanças de personalidade
  • Insônia ou grande dificuldade para dormir

Sintomas Físicos

Os principais sintomas físicos do Alzheimer precoce são:

  • Incontinência urinária
  • Dificuldade em coordenar movimentos musculares
  • Movimentos involuntários dos músculos

É importante não confundirmos os sintomas do Alzheimer precoce com sintomas comuns à pessoas que estejam envelhecendo. Certas coisas, como pequenos esquecimentos, a tomada de decisões erradas sem querer e até mesmo perder alguma coisa de vez em quando, fazem parte do processo de envelhecimento humano e são naturais.

Porém, é importante saber que capacidade de manter a concentração para acompanhar histórias, filmes, livros ou explicações sobre alguma coisa, são coisas que se mantém mesmo na velhice e a perda dessas capacidades podem ser sinais de que a pessoa está com Alzheimer precoce.

A longo prazo o Alzheimer se agrava e faz com que os sintomas aqui descritos se manifestem de maneira extrema, fazendo com que a pessoa mal possa se locomover, falar ou entender o que está acontecendo em sua volta. Para que esses efeitos sejam retardados ou diminuídos, é necessário um tratamento.

Diagnóstico do Alzheimer Precoce

É sempre necessário muito cuidado na hora de diagnosticar o Alzheimer precoce, já os sintomas podem estar associados a muitas outras doenças ou sinais de que a idade está avançando. Normalmente, o diagnóstico é feito através da observação dos sintomas feita por especialistas e por exames de imagens do cérebro, além de testes de memória.

Como é Feito o Tratamento do Alzheimer Precoce?

O tratamento para o Alzheimer precoce é feito exatamente da mesma forma que a doença convencional, ou seja, através de medicamentos, vitaminas que estimulam o cérebro e terapias que exercitam o raciocínio e o pensamento lógico.

É importante que uma pessoa que tenha suspeitas da doença seja diagnosticada o quanto antes, pois as chances de controle da doença são muito maiores, assim como as chances de a pessoa viver mais tempo também.

No geral, uma pessoa que possui a doença e é diagnosticada a tempo, consegue viver de 10 a 15 anos, mas, como já dissemos, quanto antes a doença for identifica, maiores as chances.

A doença de Alzheimer é um mal que afeta milhões de pessoas todos os anos, sendo uma das doenças que mais matam pessoas. Apesar de afetar na grande maioria dos casos pessoas com idade avançada, a doença causa medo, com razão.

Uma das suas principais causas é a hereditária, o que significa que, se há algum caso em sua família, você também tem chances de desenvolver a doença de Alzheimer. Por outro lado, é importante ter essas informações para que, caso você tenha algum dos sintomas, trate-se o mais rápido possível para retardar os efeitos da doença.

Veja Também: Esquizofrenia: Principais Causas e Tratamentos
Foto: 809499