Muitas mulheres movidas pelo descontentamento com seu corpo procuram ajuda médica e intervenções cirúrgicas e reparadoras para melhorar sua auto-estima. Já na adolescência algumas meninas sofrem com a pressão estética de seus corpos ou problemas na postura e sonham em passar por uma cirurgia plástica reparadora das mamas. Mas muitas são as dúvidas sobre pós-operatório e como seguir sua vida após a realização dos procedimentos e se conseguirão ter uma vida normal como as outras mulheres. No topo dessa lista de dúvidas, esta a amamentação após a mamoplastia.

A maternidade é um sonho de quase todas as mulheres, mas quando este sonho se divide com o desejo de “melhorias” do seu corpo, pode trazer preocupação. Para aquelas que ainda não são mães ou até mesmo para as que já são, mas ainda pretendem ter mais filhos, esclarecer todos os pontos, dúvidas e medos com o especialista é a melhor forma de ter certeza do que esta fazendo e dos riscos que pode ter. O conhecimento sobre o assunto trará tranquilidade e segurança!

Como qualquer procedimento cirúrgico, a mamoplastia tem riscos. E na lista desses possíveis riscos esta a incapacidade de amamentar, que nem sempre é alertada. A mamoplastia é o nome que se dá para o procedimento de redução de mamas. Neste procedimento é retirado todo excesso de pele e tecido mamário existente, o que inevitavelmente diminui a quantidade de ductos mamários. É por essas modificações nas estruturas da mama que a mulher pode ter dificuldade para não só produzir, mas conduzir o leite materno até o mamilo.

Segundo pesquisas recentes realizadas pela associação Britânica de Cirurgiões Plásticos, como as técnicas cirúrgicas de reparação das mamas tem avançado cada dia mais, é possível preservar os tecidos glandulares suficientes para produzir o leite materno e alimentar o seu bebê como qualquer outra mulher. Por isso afirmam que a incapacidade de uma mulher passar por uma amamentação após mamoplastia é um grande mito! Grande maioria das mulheres que enfrentam essa dificuldade desiste de amamentar seus bebês por falta de orientação médica e não por que seu corpo não produz leite materno suficiente.

Fiz Redução das Mamas e Não Consigo Amamentar – O Que Fazer?

A amamentação é um momento especial para todas as mulheres e todas necessitam de apoio, acolhimento e orientação desde o inicio. Para as mulheres que irão amamentar após a mamoplastia não é diferente, precisam ainda mais de atenção para que não desistam na primeira dificuldade.

São muitos os casos de mulheres que não conseguem passar pela amamentação após mamoplastia e com isso sofrem com grande frustração por não ter alimentado seu filho como sonhava. Mas quando amparadas por especialistas e médicos que aconselham, auxiliam e informam é possível insistir na estimulação do leite materno e conseguir amamentar. Além da amamentação em si, existem outras técnicas utilizadas para continuar no processo de estimulação do leite materno.

Uma dessas técnicas é a relactação, onde o bebê não tem contato com mamadeira e recebe o complemento diretamente ao sugar na mãe. Dessa forma, além de alimenta-lo, estará estimulando a produção do leite materno da mãe, além de alimenta-lo com o pouco que já esta sendo produzido. Muitas são as mulheres que conseguem passar pela dificuldade da amamentação após mamoplastia dessa forma e com o tempo produzem leite materno suficiente para dispensar a técnica e amamentar exclusivamente no peito.

Outra técnica muito utilizada é a de extração do leite materno através da bombinha. Dessa forma além de estar estimulando a produção do leite é possível oferecer o leite coletado ao bebê. Algumas mesmo com a estimulação podem ter dificuldade na produção do leite e ser necessária complementação, mas mesmo assim manter a amamentação intercalada. O que precisam é de motivação, persistência e acima de tudo desejo de amamentar. Só assim é possível enfrentar os obstáculos, dificuldades de todo o processo e finalmente conseguir amamentar seu bebê.

Veja Também: Nascimento de João Pedro – Relato de Cristiane Fonseca

Fotos: igrodela, MelhordeSantos.com