Com a evolução da medicina e a preocupação em facilitar cada vez mais a vida das mulheres e também de reduzir os desconfortos causados por métodos contraceptivos, cada dia novas opções vão sendo criadas. Algumas pouco conhecidas e que trazem muitas dúvidas em relação a sua forma de utilizar, como funciona e de seus efeitos no corpo, como é o caso do anel vaginal.

Por isso, vamos esclarecer mais sobre esse método inovador e pouco conhecido no mundo feminino. O anel vaginal merece destaque e que seja conhecido, para que seja mais uma das opções a serem escolhidas pelas mulheres. Quem sabe é o método contraceptivo que você precisava e nem sabia que existia?

O que é o Anel Vaginal?

O anel vaginal parece mais com uma pulseira elástica transparente, totalmente flexível e de superfície lisa, que não é absorvente, de aparência simples, mas muito funcional. Produzida em polietileno vinil acetato, pode parecer um simples elástico por sua aparência, mas quando colocado na área vaginal tem sua função ativada, a de liberar pequenas doses hormonais de estrogênio e progesterona no organismo, exatamente como os demais contraceptivos hormonais.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Sua outra função, além de impedir a liberação dos óvulos é o de alterar o muco cervical, o deixando mais espesso, dificultando a chegada e sobrevivência dos espermatozoides no sistema reprodutor feminino. A sua diferença comparado a maioria dos outros contraceptivos hormonais é que uma única unidade deve ser colocada na área da vagina e ser retirada após 3 semanas, dando o intervalo menstrual.

Como Usar o Anel Vaginal?

O anel vaginal deve ser colocado igualmente a um absorvente interno, com isso ele fica em contato com a parede vaginal. Pode parecer um pouco confuso a princípio, devido ao seu formato de anel, mas realmente é muito fácil de manuseá-lo e de introduzi-lo na cavidade vaginal.

Antes de colocá-lo, lave as mãos com água e sabão, na sequência pegue o anel vaginal e o aperte com a ajuda do dedo indicador e polegar, formando um número 8 no anel. Você pode tentar em várias posições e ver qual fica mais confortável! A maioria das mulheres tem maior facilidade em introduzir de pé, com uma das pernas agachada ou levantada. Dessa forma, introduza na vagina o empurrando para cima até sentir que encostou na parede vaginal.

Pronto, seu anel vaginal já está inserido! Ele não deve incomoda-la, e se tiver sentindo algum desconforto ele está mal colocado e você pode voltar a posiciona-lo empurrando com o dedo até que esteja totalmente confortável. Não existe uma posição certa para o anel ficar dentro da vagina e ter sua função ativada, já que o contato dele com as paredes vaginais é o suficiente.

O anel vaginal deve permanecer na área vaginal sem ser retirado por 3 semanas. Não é necessário retira-lo para nenhuma atividade, nem mesmo a relação sexual, já que ele ficará no fundo da vagina e nem seu parceiro notará a presença dele.

Após as 3 semanas, o anel vaginal deve ser retirado para a pausa da semana menstrual, onde seu fluxo menstrual deve vir normalmente. No termino dessa semana, um novo anel vaginal deve ser colocado. Lembrando que, o anel vaginal deve ser colocado no dia correto do seu ciclo, portanto antes de iniciar o uso, converse com seu ginecologista para maiores instruções.

Para retirar, veja a posição mais confortável, mas pode facilitar fazer a retirada de cócoras (agachada), com a ponta do dedo indicador você conseguirá sentir a presença do anel e puxa-lo como uma pinça para fora da vagina ou com a ajuda do dedo indicador e médio senti-lo e puxa-lo arrastando para fora. Após ser retirado, o anel vaginal deve ser descartado em lixo comum, jamais sendo descartado em vaso sanitário.

Qual o Dia Certo de Colocar o Anel Vaginal?

O anel vaginal para ter seu efeito adequado, deve ser colocado no dia ideal do ciclo, ou seja, no primeiro dia do ciclo menstrual. Assim que colocado, no primeiro dia menstrual, o anel vaginal já começa a fazer efeito, por isso não é necessário utilizar outros métodos contraceptivos hormonais. Porém, é recomendado que seja utilizado método contraceptivo auxiliares, como a camisinha nos primeiros 7 dias de uso, por precaução.

Se você faz uso de outro método contraceptivo hormonal, seja pílula, ou adesivo, aguarde o período certo de finalização para troca de método. Não utilize o anel vaginal juntamente de outros métodos hormonais. Se você está amamentando, converse com seu médico sobre a possibilidade de utilizar outros métodos temporariamente, até que seja liberada para o uso do anel vaginal.

E se o Anel Vaginal Sair Acidentalmente?

Em caso de má colocação, ou até mesmo em uma relação sexual mais intensa, o anel vaginal pode sair acidentalmente. Neste caso, se o anel vaginal permanecer fora da cavidade vaginal por até 3 horas, basta lava-lo com água fria ou morna (não pode ser lavado com água quente) e introduzi-lo novamente.

Caso o anel vaginal permaneça por mais de 3 horas, você pode lava-lo e colocá-lo novamente, mas o seu efeito contraceptivo pode ser interrompido, por isso recomendamos que seja utilizado outros métodos contraceptivos de barreira como a camisinha masculina nos próximos 7 dias.

Se o escape do anel vaginal ocorrer na terceira semana de uso do método contraceptivo, seu efeito poderá ser afetado, mesmo que fique por menos de 3 horas fora da vagina. Isso porque, na terceira semana, o anel vaginal já está com seu efeito reduzido devido aos últimos dias de uso para o ciclo.

Neste caso, descarte o anel vaginal e utilize outros métodos para evitar até a data de nova colocação, ou coloque um novo anel vaginal e inicie a nova contagem de 3 semanas. Nessa última opção, como não terá a semana de intervalo menstrual, pode ocorrer sangramento no decorrer das 3 próximas semanas.

Estou Usando Anel Vaginal e Minha Menstruação Atrasou

O uso do anel vaginal deve ser de 3 semanas, sempre respeitando a pausa de uma semana menstrual. Caso não ocorra a menstruação neste período, recomendamos que seja realizado um teste de gravidez para confirmação, antes de colocar o novo anel vaginal.
Foto: Sakky