Vou contar um pouco da minha história. Eu sempre fui apaixonada por criança, fui babá desde os meus 15 anos de idade. Tomei conta de várias crianças e com isso foi aumentando minha vontade de ser mãe. Tomei conta de uma menina desde quando ela tinha 6 meses de idade. Ela cresceu me chamando de mãe e tudo que ela precisava era comigo. Levava ela pra médicos, passeios e quando ela completou 2 anos e 3 meses, os pais dela se mudaram pra um bairro um pouco distante do meu. Fiquei 1 semana doente até que eu e os pais dela fizemos um acordo. Ela iria ficar comigo todos os fins de semana e eles aceitaram. Todo fim de semana eu levava ela pra passear, na praia, circo, parque da Xuxa, Mc Donald, Habbib’s, tudo era comigo, pois, os pais dela moravam de aluguel e não tinham muito tempo para ficar com ela.

Ela chorava pra não ir embora e me cortava o coração ter que me despedir. Até que um dia a mãe dela me chamou pra ser madrinha! Fiquei mega feliz e a menina também. Ela passou a me chamar de mãe madrinha, ela dizia que tinha 2 mães e eu tinha carta branca com ela para educar, repreender e bater quando e se preciso fosse. Dia 01 de abril de 2012 eu a batizei, toda linda, uma princesa… Ela estava com 6 anos. Por ironia da vida infelizmente eu a perdi, ela faleceu dia 22 de maio de 2012 atropelada ao sair da escola.

Meu mundo acabou ali! Eu entrei em depressão, não consegui trabalhar e por nós termos uma ligação tão forte de mãe e filha, que estou na luta pra conseguir ter o meu bebê. Pode até parecer meio desesperador, muitos não entendem essa minha vontade, pois, me sinto só sem ela. Sou casada a 6 anos e a 2 anos e 6 meses comecei a tentar engravidar.  De 1 ano pra cá que comecei a investigar o porquê de não conceber. Fui em 2 GOs, um deles me passou um regulador menstrual, pois, meus ciclos desde minha primeira menstruação sempre foi irregular.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Passou pra eu tomar por 4 meses e disse que era certeza de eu engravidar nesses tempo. Pois bem, até agora nada! Outro GO me passou logo de cara a histerossalpingografia pra fazer e fui fazer morrendo de medo. Eu lia relatos de que doía muito, e doeu horrores! Senti muita cólica na hora, e lá o médico disse que minhas trompas estavam ótimas. Mas quando peguei o resultado assim que cheguei em casa abri e li ÚTERO BICORNO. Então comecei a pesquisar sobre útero bicorno e pra quem não sabe é uma má formação uterina em que existe uma membrana dividindo o útero em dois lados, na parte interna. Essa membrana pode ter tamanhos variados, desde uma pequena divisão ate uma divisão completa do útero em dois lados. Já nasci com o útero assim e meu médico me explicou que tem sim como engravidar e que foi bom eu ter descoberto antes de acontecer, pois, uma gravidez com útero assim, já é considerada gravidez de risco. Esse tipo de gestação tem altos índice de abortos ou partos prematuros.

Recebi encaminhamento pra um outro especialista que vai tentar induzir a gravidez e se mesmo assim eu não engravidar, terei que operar pra poder arrumar o útero. Sai chorando da sala do médico arrasada, porque a gente nunca acha que essas coisas podem acontecer com a gente. Mas eu tenho fé que vou conseguir. Bom gente, por enquanto é isso, e não desistam dos seus sonhos! Pra Deus nada é impossível!

Todos os posts do concurso
Concurso Cultural Seu Cantinho, Seu Post

Foto: Sean Molin Photography