Pelo nome é difícil saber do que se trata, mas, a balanite é uma condição bastante comum entre crianças do sexo masculino e homens adultos. Apesar do desconforto não trás danos mais sérios e pode ser tratada com medicação tópica.

O Que é Balanite?

A balanite é uma inflamação da glande, ou a cabeça, do pênis, devido à infecção ou a outra causa. A balanite pode ser desconfortável e às vezes dolorosa, mas geralmente não é séria.

É uma condição comum, que afeta aproximadamente 1 em cada 25 meninos e 1 em 30 homens não circuncidados em algum momento de sua vida.

Meninos com idade inferior a 4 anos e homens não circuncidados possuem maior risco, mas pode acontecer a qualquer idade. É possível que seja mais frequente em indivíduos que possuem fimose (uma condição em que o prepúcio do pênis é muito apertado).

Quando os meninos atingem a idade de 5 anos, o prepúcio torna-se fácil de ser retraído e o risco de balanite cai bastante.

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!

Tipos de Balanite

Apesar da balanite ser uma inflamação e parecer igual, os tipos são diferentes:

Balanite de Zoon – Inflamação da cabeça do pênis e do prepúcio. Normalmente afeta homens de meia idade e homens mais velhos que não foram circuncidados.

Balanite Circulante – Normalmente ocorre como resultado de artrite reativa.

Balanite Pseudoepiteliomatosa Micácea e Cerótica de Civatte – Caracterizada por lesões cutâneas escamosas e semelhantes a verrugas na cabeça do pênis.

Causas da Balanite

A infecção por Cândida albicans é a causa mais comum. Cândida é o fungo que causa aftas.

Outras infecções que podem causar balanite incluem:

  • Bactérias: estas podem se multiplicar rapidamente nas condições úmidas e quentes sob o prepúcio
  • Infecções sexualmente transmissíveis (DSTs): Exemplos incluem o vírus Herpes simplex, Chlamydia e sífilis.
  • Condições da pele também podem desencadear a condição.

Exemplos incluem:

  • Líquen plano – uma doença de pele com manchas pequenas, com coceira, rosa ou púrpura nos braços ou pernas
  • Eczema – uma condição de pele crônica ou de longo prazo que pode levar a coceira, avermelhada, rachada e pele seca
  • Psoríase – um distúrbio de pele escamosa e seca
  • Dermatite – uma inflamação da pele, devido ao contato direto com uma irritante ou uma reação alérgica
  • Em casos muito raros, a balanite foi associada ao câncer de pele.
  • Irritação – A irritação da pele da glande pode levar à inflamação.

E incluem:

  • Produtos químicos usados em preservativos, lubrificantes e espermicidas
  • Detergentes ou sabão em pó e amaciantes de roupa que não são completamente enxaguados
  • Sabonetes perfumados e sais de banho
  • Diabetes: Aumenta o risco de infecções, especialmente se os níveis de açúcar no sangue estiverem mal controlados. Se a glicose estiver presente na urina, parte dela pode permanecer no prepúcio. A glicose ajuda as bactérias a se multiplicar mais rapidamente.
  • Fimose: É quando o prepúcio é muito apertado, e é difícil ou impossível retraí-lo, ou puxá-lo de volta, completamente sobre a glande. O suor, a urina e outras substâncias podem se acumular sob o prepúcio, causando irritação e permitindo que os germes se multipliquem. A fimose é incomum em homens adolescentes e adultos.
    Sintomas

Sintomas da Balanite

Os sinais e sintomas da balanite incluem:

  • Pele apertada e brilhante na glande
  • Vermelhidão em torno da glande
  • Inflamação, dor, coceira ou irritação da glande
  • Corrimento grosso e agudo sob o prepúcio
  • Cheiro desagradável
  • Prepúcio apertado que não pode ser puxado para trás
  • Dor ao urinar
  • Glândulas inchadas perto do pênis
  • Feridas na glande

Para os homens que possuem vida sexual ativa, muitas vezes a dor, a irritação e o corrimento podem ocorrer sob o prepúcio 2 a 3 dias após a relação sexual. Alguns dos sinais e sintomas da balanite são semelhantes aos de uma DST.

Como é Feito o Diagnóstico?

A balanite pode ser diagnosticada com exame clínico. O médico irá observar a vermelhidão e a inflamação da glande. Poderá examinar a pele para qualquer dermatose ou doença de pele, que possa envolver a área genital.

Se a balanite não for resolvida após evitar potenciais irritantes, prática de boa higiene ou tratamento para uma infecção por fungos, o médico pode solicitar alguns testes de diagnóstico.

Os possíveis testes incluem:

  • Teste do cotonete na glande, para detecção da infecção por laboratório
  • Teste de urina, se houver suspeita de diabetes
  • Um exame de sangue para determinar os níveis de glicose
  • Raramente, uma biópsia pode ser feita, em que uma amostra da pele inflamada é tomada e enviada para o laboratório para testes.

Tratamento de Balanite

O tratamento de balanite depende da causa. Na maioria dos casos, o médico irá avisar sobre as substâncias a evitar e fornecer informações ao paciente sobre higiene.

Reação alérgica – Os cremes antifúngicos podem tratar balanite causada por Cândida.

Se a inflamação parece ser devido a uma reação alérgica ou irritante, o médico pode prescrever um creme de esteroides leves, como 1% de hidrocortisona, pelo inchaço.

Um medicamento antifúngico ou antibiótico também pode ser prescrito. Se houver uma infecção, o paciente não deve usar um creme de esteroide por conta própria.

Todos os sabões e outros potenciais irritantes devem ser evitados durante o tratamento, e até que os sinais e sintomas tenham desaparecido completamente.

Cândida – A Cândida é uma infecção por fungos. O médico irá prescrever um creme antifúngico. O parceiro sexual do paciente também deve fazer o tratamento. Enquanto o tratamento está em andamento, o paciente deve se abster de sexo.

Infecção bacteriana – Se houver uma infecção bacteriana, o médico irá prescrever um antibiótico.

Se não houver infecção e nenhum irritante foi identificado, o paciente pode ser encaminhado para um dermatologista, especialista em condições de pele ou ao urologista.

Existe Algum Tratamento Caseiro?

Não há remédios caseiros reais para a balanite, além da boa higiene:

  • Limpe o pênis todos os dias.
  • Não use sabão ou sais de banho ou qualquer coisa que possa atuar como irritante.
  • Depois de fazer xixi, secar debaixo do prepúcio gentilmente.
  • Em vez de sabonete comum é melhor utilizar um sabonete íntimo.
  • Um banho de assento pode ajudar a gerir sintomas, pois a água morna pode reduzir o desconforto.

Lavar e secar diariamente o pênis com cuidado para que a umidade não permaneça sob o prepúcio ajuda a reduzir o risco, embora uma lavagem genital excessiva com sabão possa agravar a condição.

O sexo desprotegido, a falta de higiene e o cateter urinário também aumentam o risco. Uma mulher que tem problemas vaginais pode infectar um homem, aumentando o risco de desenvolver balanite.

Como é Feita a Prevenção da Balanite?

Para prevenir infecções, a cabeça do pênis e o prepúcio devem ser mantidos limpos e secos. A lavagem diária, com especial atenção à limpeza do pênis, é essencial.

Aqui estão algumas dicas de higiene:

  • O prepúcio deve ser retraído para que a glande seja exposta.
  • A área deve ser lavada cuidadosamente e suavemente com água morna. O sabão pode irritar, por isso deve ser evitado.
  • Pode ser usado sabonete íntimo ou outro sabonete líquido neutro, mas deve ser completamente enxaguado.
  • Antes de voltar o prepúcio, a glande deve estar completamente seca.
  • Os homens que tendem a desenvolver balanite após o sexo devem lavar o pênis após terminarem suas atividades sexuais.

Evitando Irritações

Se os sintomas parecem estar ligados a substâncias presentes em preservativos ou lubrificantes, há preservativos disponíveis para a pele sensível. Homens que trabalham com produtos químicos ou têm vestígios de potenciais irritantes nas mãos devem lavá-las antes de usar o banheiro.

Veja Também: Sinéquia Vaginal – Como Saber se Minha Filha Tem?
Fotos: derneuemann