Tempo frio chegando e problemas respiratórios também. Os bebês e crianças são os que mais sofrem nessa época do ano! É nessa época que a gripe, resfriado e uma grande sinfonia de espirros e tosse acontece. E vamos combinar, bebê com tosse é um desespero!

A tosse no bebê pode ocorrer por diversas causas e ser iniciada desde um pequeno resfriado. Mas fique atenta a todos os sinais que acompanham a tosse, pois pode indicar algo mais sério. Caso o quadro de tosse se estenda por mais que uma semana, um pediatra deve ser procurado.

Sinais de Alerta

Alguns sinais indicam que a tosse pode se tratar de algo mais sério e que merece cuidado redobrado. Fique atenta quando observar:

  • Se a respiração do bebê estiver mais rápida do que o normal;
  • Se notar certa dificuldade respiratória;
  • Se notar algum chiado ou barulho ao respirar (parecido com um apito);
  • Se visualizar pequenas manchas de sangue no catarro expelido;
  • Febre de 38 graus para cima;

Posso dar Xarope de Tosse Para o Meu Bebê?

Alguns pais tem o costume de medicar seu bebê em casa e sempre acreditar que se trata de um leve resfriado. Mesmo que você acredite que passará rapidamente, o ideal é sempre procurar um pediatra para avaliar e medicar, se necessário.

Mesmo que os remédios antigripais e expectorantes sejam facilmente comprados nas farmácias populares, é necessário ter certeza do que o bebê tem para iniciar o tratamento adequado, além claro da prescrição exata do remédio.

Aliás, você sabia que muitos desses remédios comercializados livremente em farmácias e drogarias são considerados ineficazes e podem oferecer riscos à saúde das crianças? Por isso, qualquer medicamento só deve ser utilizado sob a prescrição adequada do pediatra.

Grávida após 3 anos!
"Após 3 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." Lidyane, grávida de 3 meses
Saiba mais!

Cada medicamento deve ser levado em consideração a idade e o peso e também ser considerada para qual faixa etária da criança é indicada. Alguns medicamentos infantis não podem ser utilizados por bebês.

Mesmo um antitérmico que à primeira vista pode parecer inofensivo, pode causar danos irreversíveis a saúde de um bebê ou uma criança. Por isso toda cautela é pouco quando se trata de medicamentos e saúde.

Principais Causas do Bebê com Tosse

Alguns quadros de saúde podem levar a sintomas como a tosse, mas mesmo se tratando de um sintoma bem comum, o tratamento deve ser realizado focando na causa.

Resfriado: Normalmente bebês resfriados, apresentam sintomas como nariz entupido, coriza, espirros, falta de apetite e olhos lacrimejantes. Porém, quadros de tosse seca ou até mesmo carregadas de catarro podem ocorrer.

Bronquiolite: A bronquiolite sempre inicia com sintomas bem parecidos de um resfriado. Porém, sintomas leves podem começar a se agravar e desenvolver dificuldade para respirar e fortes chiados no peito.

Coqueluche: A doença é conhecida pelo barulho bem típico que os bebês e crianças fazem quando tentam respirar profundamente. Entre acessos de tosse, o bebê pode perder a força e acabar emitindo um som diferente. A coqueluche é uma doença altamente perigosa, principalmente em bebês menores que 1 ano de vida.

Quadros de alergia também desencadeiam crises de tosse, principalmente as alergias a pelo de animais e poeira. Normal apresentar sintomas bem parecidos com o de uma gripe ou resfriado que nunca tem cura. As alergias provocam coriza no nariz, tosse, espirros e nariz entupido.

Quadros de asma também tendem a fazer o bebê tossir bastante, especialmente à noite. A tosse geralmente vem acompanhada de congestão no peito, chiado alto e dificuldade respiratória.

Outra possibilidade para a tosse é que seja provocada por um fator ambiental, como fumaça de cigarro, poluição ou algum agente químico presente no ar emitido por uma fábrica e até carros . Neste caso, é preciso identificar e procurar fazer de tudo para removê-lo, a fim para acabar com o problema.

Pneumonia: A pneumonia tem como início uma infecção nos pulmões, onde é iniciada através de um resfriado ou uma gripe. Se o resfriado só piora, tem tosse persistente, apresenta dificuldade em respirar, febre alta e dores no corpo, procure o pediatra imediatamente. A pneumonia é perigosa e se não tratada adequadamente, pode levar a morte.

Laringite: A tosse é uma das características da laringite, e se parece muito com o latido de um cachorro. Normalmente aparece no período da noite e emitir sons ao ficar com a boca aberta. Rouquidão e febre são outros sintomas da laringite.

Tratamento de Tosse em Bebês

O tratamento para o bebê com tosse é relativamente simples. Se feito corretamente trará alivio rapidamente e desaparecimento dos sintomas o quanto antes. O tratamento mais indicado é o uso do inalador com soro fisiológico.
O inalador ajuda a abrir os brônquios e respirar com maior tranquilidade. Mas caso não tenha um nebulizador em casa, é possível utilizar uma bacia com agua morna e ser deixada ao lado do bebê dormindo.

O pediatra pode recomendar o uso de um xarope expectorante ou antialérgico para aliviar os sintomas. Sempre tome cuidado com a dose certa e o horário determinado para dar. Agasalhe bem o bebê em épocas frias e evite de expor o bebê em ambientes muito fechados, com grande aglomeração de pessoas, principalmente que faz uso de ar condicionado.

Alguns remédios caseiros prometem ajudar no tratamento, principalmente a base de mel. Porém, vale alertar que o Mel não é indicado para bebês, pelo grande risco de botulismo. Tome cuidado com as receitinhas caseiras! O ideal é sempre fazer o que o pediatra recomenda.

Veja Também: Imunidade em Bebês – Como Aumentar ou Reforçar?
Foto: Myriams-Fotos