Quando chega a fase do nosso bebê engatinhar, bate aquele leve desespero. Se quando o bebê não engatinhava, só se arrastava igual uma minhoca ou até rolava dava trabalho imagina agora que terá acesso a tudo e irá explorar cada cantinho da casa. Mas o bebê engatinhando é uma das fases maravilhosas de descobrimento do nosso bebê.

A maioria dos bebes começam a engatinhar a partir dos 6 meses ou até mesmo depois dos 7 meses, onde começam a sentir maior firmeza nas pernas e joelhos. Alguns pulam inclusive a fase e invés de ver seu bebê engatinhando, pode começar já a andar rapidamente.

Quando o Bebê Começa a Engatinhar?

O bebê só começa a engatinhar quando consegue facilmente ficar sentado sozinho sem apoio. É nessa etapa que o bebê começa a ter um controle e sustento melhor da cabeça, pescoço, dos bracinhos e músculos das costas, já que será importante para conseguir manter o peso do corpo sob as perninhas.

Diferente de nós adultos, os bebês ainda não possuem equilíbrio do corpo, por isso precisam de músculos firmes para conseguir fazer o movimento de “engatinhar”. Podem ficar semanas em treinamento, se movimentando de barriga para baixo fortalecendo assim os músculos que irão utilizar na hora de engatinhar.

Mas quando conseguem já sustentar o corpo, podem começar a engatinhar rapidamente e ficarem muito ágeis de um dia para o outro. A partir do momento que você ver seu bebê engatinhando é hora de se preocupar com alguns cuidados a mais, os perigos da casa e os riscos ao bebê.

Cuidados com a Casa

Quando o bebê começa a explorar a casa e descobre que consegue se locomover facilmente par aonde quiser ir, é hora de tomar alguns cuidados com a casa. Simples moveis e objetos, podem apresentar sérios riscos a vida do bebê, temos que ficar atentos:

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
  • Moveis: Moveis possuem “pontas” algumas vezes pontudas e que podem machucar gravemente um bebê. Nessa fase se penduram e se seguram em todos os moveis, fique atenta
  • Janelas: As janelas que pareciam ser tão altas e de difícil acesso do bebê, agora viram alvo fácil. Não subestime os bebês e sua capacidade de escalar moveis para chegar até elas. De preferência tele as janelas e mantenha moveis como mesinhas que podem subir fora do alcance das janelas.
  • Tomadas: As tomadas oferecem grande risco aos bebes e crianças e costumam ser muito atrativas a eles, ainda mais por estar na mesma altura de seus olhos, além do fácil acesso. Existem protetores de tomada para evitar esses acidentes!
  • Escadas: Escadas são grandes vilões dos bebês durante a fase de engatinhar. Proteja as escadas com portões protetores e evite deixar o bebê subir e descer escadas mesmo durante a sua supervisão. Nas escadas costumam ocorrer muitos acidentes!

Nunca esqueça que o bebê precisa de apoio e incentivo. A melhor forma de estimulação é colocar brinquedos que o atraiam em um espaço apropriado para sua exploração e sempre com a supervisão de um adulto. Quanto mais espaço e liberdade ele tiver para praticar e engatinhar, mais fortalecido os músculos de suas pernas ficarão e mais ágeis e seguros ficarão.

Desenvolvimento do Bebê

Agora quando falamos do desenvolvimento do bebê temos que pensar em diversas fases importantes e que irão progredir cada bebê em seu ritmo e tempo: psicológico, motor e cognitivo. O processo do desenvolvimento visualmente falando é lento e é necessária muita paciência com cada avanço do bebê, até chegar na próxima etapa.

Desenvolvimento Psicológico do Bebê

O psicológico do bebê é desenvolvido a cada dia, de forma sequencia através de sensações, emoções e obviamente imitando gestos que observam a todo momento. Cada bebê tem o seu tempo de desenvolvimento e por isso não devem ser comparados ao desenvolvimento dos demais.

Desenvolvimento Motor do Bebê

O desenvolvimento motor dos bebês é ligado a todo movimento novo do corpo, incluindo a capacidade de segurar objetos, alcançar o que deseja, mexer membros de forma coordenada iniciando pelo controle de pescoço e tronco, que servirá para que o bebê consiga engatinhar inicialmente.

Desenvolvimento Cognitivo do Bebê

O desenvolvimento cognitivo do bebê se inicia logo após o nascimento e vai se aperfeiçoando a cada dia. Enquanto o bebê vai crescendo, seu cérebro vai recebendo novas informações que irão proporcionar ao bebê mostrar novas reações, aprender novas funções e apresentar novos reflexos e habilidades. Aprendem novas atividades de um dia para o outro, e em algumas horas podem apresentar novas descobertas.

Com o passar dos meses e seguindo o desenvolvimento do bebê da forma esperada, eles começam a imitar sons que escutam, seguem objetos com seus olhinhos e até tentam alcançalos com as mãos.

Aprendem a diferenciar o claro do escuro e possuem uma grande sensibilidade em reconhecer vozes. Com o passar dos meses, descobrem as funções dos dedos e começam a fazer gestos, assim como as expressões faciais e as famosas caretinhas.

O desenvolvimento do bebê acontecerá no seu tempo e cada bebê reage da sua maneira. Obviamente o estimulo dos pais e pessoas próximas auxiliam e muito no despertar de novas funções assim como a firmeza de novos marcos do desenvolvimento.

O bebê precisa muito do apoio dos familiares para conseguir conquistar novas funções e se descobrir capaz dentro de um mundo de descobertas. É um mundo que se inicia, de muitas emoções e muitos sorrisos.

Veja Também: Andador Para Bebês Faz Mal?
Foto: pxhere