Ter um filho é algo maravilhoso, uma experiência incrível, única e uma das melhores sensações que uma pessoa pode experimentar durante sua vida. Ver aquele pequeno ser humano na sua frente te desperta sensações indescritíveis, vontade de estar com ele o tempo todo, de pegar e de dar beijos. Mas você sabia que dar beijo em bebê recém-nascido pode não ser uma boa ideia?

Por mais que esse ato represente todo o afeto e o amor que você sente pelo seu filho, isso pode gerar algumas consequências para ele. Acontece que, apesar de toda a formação intrauterina estar completa, o bebê ainda precisa se desenvolver de diversas formas para se adaptar ao mundo fora do corpo da mãe.

E quem faz parte desse mundo? Sim, você! Muitas vezes a própria mãe, ao beijar o seu bebê, acaba o expondo a alguns riscos sem querer. Mas mesmo sem querer eles continuam sendo riscos, por isso é importante você saber dos males que dar beijo em bebê recém-nascido pode trazer.

O Sistema Imunológico dos Bebês

Para pensar em como nós podemos afetar os bebês com um simples beijo, temos que entender como funciona o sistema imunológico deles. A imunidade deles não está totalmente completa assim que nascem.

É claro que existe uma imunidade inata que vem do seu desenvolvimento intrauterino, mas também há a imunidade que vem sendo adquirida ao longo da vida, seja naturalmente ou artificialmente com a utilização de vacinas.

Nós, adultos, já estamos acostumados com a grande maioria das bactérias comuns no dia a dia, mas o que pode passar despercebido por nós, pode fazer muito mal para os bebês.

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!

Os Riscos de Dar Beijo em Bebê Recém-Nascido

  • Alergia no Rosto do bebê
  • Gripe
  • Herpes

Vamos falar com mais detalhes sobre cada uma dessas doenças para que você entenda como elas se desenvolvem e qual a melhor forma de trata-las.

Alergia no Rosto do Bebê

A alergia mais comum no rosto do bebê é a dermatite de contato, que é caracterizada por pequenas bolinhas que ficam geralmente nas bochechas, que também podem aparecer no resto do rosto e no pescoço.

Ela ocorre porque a boca de algumas pessoas pode trazer bactérias pequenos restos de comidas ou bebidas, bactérias essas que são inofensivas para os adultos, mas que podem causar essa reação alérgica nos bebês.

Gripe

A gripe é talvez a doença mais comum e que mais vezes vamos pegar em toda nossa vida, pelo menos a maioria de nós. E pensando por esse lado, é claro que os bebês são ainda mais suscetíveis a se contaminarem com o vírus da gripe.

Acontece que esse vírus se manifesta de tantas formas, que algumas delas não nos afetam mais, mas o organismo dos bebês ainda não aprendeu a lidar com elas. O resultado é que dar beijo em bebê recém-nascido pode fazer com que ele fique gripado mesmo que a pessoa que o beijou não esteja doente.

Herpes

O vírus da herpes não tem cura e, quando afeta recém-nascidos pode levar até a morte. Por isso a importância de tomar cuidado com os beijos. Apesar de haver tratamento, a doença pode durar para o resto da vida, o que acaba se tornando uma grande complicação.

Alternativas para Proteger o Bebê

Depois de saber de todos os riscos que dar beijo em bebê recém-nascido oferece, a grande questão que fica é: Como posso proteger meu bebê? Bom, felizmente existem muitas formas, algumas mais e outras menos eficientes, mas que funcionam para que o fato de beijar o bebê não se torne um pesadelo para você.

  • Beijar a cabeça do bebê
  • Saiba quem está com contato com seu bebê
  • Estar com as Vacinas em Dia
  • Higienizar-se
  • Utensílios Domésticos

Vamos falar um pouco mais sobre cada um desses pontos para explicar melhor como cada um deles pode ajudar a proteger o seu bebê.

Beijar a Cabeça do Bebê

A cabeça do bebê é uma área onde fica mais difícil para as bactérias o atingirem de alguma forma. Além de não beijar o rosto nem a boca do bebê, também não é recomendado beijar as mãos, já que ele constantemente a coloca na boca, o que pode transmitir muitas bactérias para ele.

Saiba quem está em Contato com o seu Bebê

É muito importante quando se trata de visitas, saber quem está em contato e ver quem beijou seu bebê. Você não precisa ser aquela pessoa chata que reclama de tudo com os outros quando encostam no seu filho, mas é importante que você tenha o controle e faça com que as pessoas entendam os riscos que isso pode oferecer.

Estar com as Vacinas em Dia

Uma importante arma para que o seu bebê esteja sempre protegido é colaborar para o desenvolvimento do seu sistema imunológico que vem sendo adquirido. Ter as vacinas em dia é essencial para que o bebê esteja protegido e cresça saudável.

Higienizar-se

Estar com as mãos lavas e limpas ao entrar em contato com o bebê também ajuda ele a não adquirir nenhum tipo de bactéria. Esse controle precisa ser feito com todos que entram em contato com o bebê e, ainda que não seja possível ter o controle total, é possível que ele seja feito de forma rigorosa pelo menos.

Utensílios Domésticos

Ter todos os utensílios domésticos do bebê devidamente limpos e certificar-se de que eles não estão sendo divididos com ninguém também é muito importante para prevenir que ele pegue doenças desnecessárias.

A vontade de encher o seu bebê de beijos sempre vai ser grande, é claro. Não há como não se sentir dessa forma quando você vê qualquer outro bebê, quanto mais o seu próprio filho. Mas a questão é que se deve expressar todo esse amor de alguma outra maneira, pelo menos nos primeiros meses do bebê até que ele já esteja mais protegido e que o contato pelo beijo não o prejudique tanto.

Isso não quer dizer que você nunca deve beijar o seu bebê, mas sim que você deve estar ciente e ter cuidado ao fazer isso. Estar devidamente higienizada e não estar com suspeita de nenhuma doença, ainda que leve, é importante para que o bebê não corra riscos. Tomando esses cuidados e sabendo com quem ele está tendo contato, você pode matar a sua vontade de beijar o seu bebê o quanto quiser.

Veja Também: O que é Sapinho?
Foto: Fujifilm X-T10