Tratamentos estéticos são uma realidade no mundo de hoje. E, ainda que o número venha caindo nos últimos anos, as mulheres são a grande maioria entre os consumidores desse tipo de serviço. Existem diversos tipos de tratamentos como os de laser, de led, microagulhamento, peeling e, é claro, os preenchimentos ou também conhecido botox facial.

E quando falamos nele em mulheres, especificamente, muito se questiona sobre o uso de botox na gravidez. Afinal será que faz mal ou não para a mulher? Bom, para saber a resposta dessa pergunta e entender o que ela significa, primeiramente precisamos saber o que é essa substância.

O que é o Botox?

Botox é a abreviação para toxina botulínica, um tipo de substância que serve para paralisar determinada região muscular, muito usada na face pelas pessoas que desejam rejuvenescer, pois age muito bem para atenuar rugas faciais e marcas de expressão, por isso o botox na gravidez é muito procurado, já que mesmo gestante as mulheres ainda querem se sentir bem.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Mas além da sua função estética, a toxina botulínica também é peça fundamental no combate de diversas doenças, como espasmos musculares, paraplegia e microcefalia. A região onde o botox é aplicado fica paralisada, fazendo com que os espasmos musculares parem por até 6 meses, por exemplo. Nesse caso, outros tipos de tratamentos devem ser feitos nesse período para que surja efeito completo.

Para que Serve o Botox?

Apesar de ser popularmente conhecida apenas como um tratamento estético, a toxina botulínica tem diversas funcionalidades e é peça fundamental no combate de diversas doenças. Algumas das principais funções do botox são:

  • Diminuição de diversos tipos de cefaleia
  • Diminuição da dor lombar
  • Controle do bruxismo
  • Atenuação de rugas faciais
  • Controle do mal de Parkinson
  • Controle de tiques nervosos (espasmos faciais)
  • Controle do estrabismo ocular

É claro que todas essas doenças precisam ser muito bem estudadas e analisadas para que um médico receite o botox como uma solução. Não é em todos os casos que ele pode ajudar e muitas vezes ele pode acabar piorando a saúde da pessoa que aplica, principalmente se for feito o botox na gravidez.

Efeitos Colaterais do Botox

Apesar de ter diversas funções que são de grande ajuda para muitas doenças e problemas de saúde, existem alguns efeitos colaterais que o botox pode trazer, principalmente se aplicado em excesso. Alguns dos maiores efeitos colaterais são:

  • Sensibilidade à luz
  • Músculos fracos no local da injeção
  • Boca seca
  • Paralisia em partes do corpo
  • Botulismo
  • Inchaço
  • Dor de cabeça
  • Problemas de respiração
  • Vermelhidão no local da injeção
  • Perda de elasticidade no coração, em casos mais graves

É sempre importante consultar um profissional antes de fazer qualquer tipo de tratamento com botox, mesmo se ele for puramente estético. E é exatamente por causa dessa grande quantidade de efeitos colaterais que o botox na gravidez não é recomendável pelos especialistas.

Como o Botox Afeta a Gravidez?

Não existem estudos suficientes para se dar uma informação correta sobre o uso do botox na gravidez. Exatamente por isso, ele não é recomendado para mulheres grávidas, pois pode provocar diversos efeitos ainda não totalmente conhecidos ou os efeitos colaterais já conhecidos e citados aqui no tópico anterior podem se agravar e fazer com que eles se agravem ainda mais.

Apesar de não existirem estudos com pessoas, já foram detectados alguns casos de má formação do feto ou até mesmo aborto no caso de uso de botox em animais como coelhos, por exemplo.

Botox Durante a Amamentação

Como esses estudos iniciais indicam que o uso da substância pode afetar diretamente o processo de formação do feto, ele também é contraindicado para mulheres que estão amamentando seus filhos, já que as substâncias podem ser passadas pelo leite e causar problemas na formação do bebê de alguma forma.

controvérsias sobre essas questões, já que existem relatos de mulheres que fizeram a aplicação do botox sem saber que estavam grávidas e tiveram uma gestação normal e sem grandes problemas. Apesar de existirem, esses casos não são regras e a falta de estudos dos especialistas nesse tipo de caso específico faz com que a grande recomendação seja o não uso do botox na gravidez.

Existem diversos motivos para uma mulher fazer o uso do botox em sua vida. Seja ele puramente estético ou por questões mais sérias, como em tratamentos de doenças, por exemplo, é importante saber que não é algo recomendado durante a gravidez.

Sabendo dos riscos que pode correr, uma mulher deve deixar esse tipo de tratamento um pouco de lado e se preocupar totalmente com a sua gravidez. É claro que há a importância da questão estética e o valor da escolha da mulher para realizar esse procedimento, mas ele deve ser muito bem pensado e realizado em um momento adequado.

Veja Também: Grávida Pode Fazer Limpeza de Pele?
Foto: Oceanview MedSpa