Dentre todas as doenças que atingem os seres humanos, o câncer é, sem dúvidas, uma das mais temidas. Não é para menos, já que se trata de uma doença que pode trazer muito sofrimento, possui tipos de tratamentos bastante complicados, além de ser extremamente perigosa.

E são tantos tipos de câncer existentes, que é muito difícil que saibamos exatamente como cada um deles pode surgir e de que maneira pode nos afetar. Por isso hoje vamos falar sobre o câncer no pâncreas, quais são seus sintomas, causas e os tipos de tratamento.

Essa é uma das formas mais comuns de a doença aparecer e exatamente por isso precisa ser conhecida o mais profundamente possível.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Conhecer FamiGel!

O que é o Câncer no Pâncreas?

Câncer no pâncreas, ou câncer de pâncreas, é uma doença que se caracteriza pelo surgimento de tumores malignos em determinadas células do pâncreas. Trata-se de uma doença perigosa, já que ela demora a apresentar sintomas e, muitas vezes quando ela é descoberta, as células malignas já podem ter se espalhado para outros órgãos, dificultando muito o tratamento e oferecendo um grande risco à vida da pessoa doente.

Como qualquer outro tipo de câncer, essa é uma doença que causa enorme preocupação, além de ser extremamente perigosa. Por isso a grande recomendação é que se mantenha todos os exames em dia, principalmente aqueles que fazem parte dos grupos de risco, assunto que abordaremos mais adiante.

O que Causa Câncer no Pâncreas?

Muitas vezes não é possível detectar exatamente a causa da doença, ainda que existam diversos fatores que contribuem para que ela apareça. Esses fatores são:

  • Tabagismo (o principal);
  • Pancreatite aguda;
  • Diabetes Tipo 2;
  • Alcoolismo;
  • Retirada da vesícula biliar;
  • Exposição à produtos químicos

Sintomas do Câncer no Pâncreas

Um dos principais problemas do câncer no pâncreas é que é uma doença que demora para que emita algum sinal de que existe, como já falamos anteriormente. Essa demora pode ser extremamente prejudicial, pois quanto antes um câncer for tratado, mais chances de cura existem. Ainda assim, quando os sintomas aparecem, eles normalmente são:

  • Fortes dores na região do abdômen;
  • Perda de peso sem explicação aparente;
  • Fadiga;
  • Perda de apetite;
  • Urina escura;
  • Olhos amarelados;
  • Náuseas

O principal problema de existirem tais sintomas é que muitos deles também podem ser sinais de que as células malignas já afetaram outros órgãos, o que indica um estágio mais avançado da doença.

Tratamento de Câncer no Pâncreas

Existem diversos tipos de tratamentos que podem ser feitos para combater o câncer de pâncreas. Falaremos brevemente sobre cada um deles e como eles ajudam na luta contra a doença.

  • Quimioterapia – Medicamentos são usados para matar as células cancerígenas que estão se multiplicando. Ao mesmo tempo, são aplicados alguns medicamentos para aliviar alguns sintomas do tratamento, como as fortes náuseas e perdas de pelos pelo corpo.
  • Radioterapia – Trata-se de um procedimento que utiliza raios-x para matar as células cancerígenas. Seus efeitos colaterais são mais fracos, mas o tipo de tratamento também é mais fraco do que a quimioterapia
  • Cirurgia – Em diversos casos é necessário um procedimento cirúrgico para remover as células cancerosas. Essa cirurgia é bastante complexa e pode envolver também a remoção de partes do pâncreas ou até mesmo de outros órgãos como o intestino grosso e o estômago.

Normalmente todos os três tipos de tratamento são usados para combater a doença, especialmente a quimioterapia e a cirurgia. Apenas um médico pode dizer com certeza qual é o nível de sucesso do tratamento e quais as chances de a doença não voltar, já que a doença varia muito de caso para caso.

Prevenção do Câncer no Pâncreas

É claro que existem vezes em que o câncer, por algum fator genético, acaba aparecendo sem avisar. Porém, é necessário saber que esses são acontecimentos muito mais raros e que as
formas de prevenir o câncer no pâncreas são realmente importantes. Evitar o excesso de cigarro e de álcool é a melhor forma de fazer com que as chances de você desenvolver câncer de pâncreas sejam menores.

Para pessoas que possuem alguma doença na região, é recomendado que se faça exames periódicos para se ter certeza de que está tudo bem e, se houver qualquer indício da doença, que se descubra no início.

Grupos de Risco

Existem alguns grupos de risco que devem tomar mais cuidado com o câncer no pâncreas. Eles são:

  • Obesos;
  • Fumantes;
  • Pessoas que bebem muito álcool;
  • Histórico familiar da doença ou de doenças no pâncreas;
  • Exposição a produtos químicos, como pesticida;
  • Pessoas com mais de 45 anos.

O número de casos da doença é bastante parecido entre homens e mulheres, por isso o sexo não é um fator de risco para a doença.

A Vida Após o Tratamento

A batalha contra o câncer é desgastante, tanto física quanto emocional e voltar à vida normal após essa batalha também não é uma tarefa fácil. Ter a percepção de que é um sobrevivente é algo que trará diversos questionamentos e possivelmente uma mudança na forma como você encara a vida.

Tudo isso é muito normal e a maioria das pessoas nessa situação passa por coisas parecidas. É recomendável que você visite um psicólogo para que você aprenda a lidar com todas essas questões de uma forma saudável e aprenda a viver dessa nova maneira de forma feliz e saudável.

É sempre importante se manter informado sobre todo tipo de doença, ainda mais quando você faz parte do grupo de risco dela. É verdade que alguns tipos de câncer aparecem sem avisar e te pegam de surpresa no meio da vida, mas é exatamente por isso que é tão importante saber quais são seus principais sintomas, causas e tratamentos.

Se hoje em dia o câncer no pâncreas ainda é uma doença que causa muita preocupação, ela já foi muito maior quando a medicina e a ciência ainda não eram tão evoluídas como são hoje em dia. Não deixe de se prevenir nem de se manter informado sobre tudo o que pode afetar a sua saúde. Essa é, na realidade, uma forma inteligente de se manter saudável.

Veja Também: Ascite: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
Foto: Stephen Dickter