Psiu mamãe! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Alergia em Bebês e Recém-Nascidos

Bebês são frágeis e alguns podem apresentar certas alergias inesperadas para os pais. Elas podem acontecer por algum produto que usamos e até ser hereditária. A reação da pele e até mesmo do organismo contra algumas substâncias podem ser desde leves espirros até hematomas avermelhados e inchados na pele.

  • Alergias e Dermatites Infantis

    A pele do bebê é extremamente sensível e delicada e por esse motivo é tão comum apresentar irritações, bolinhas e aspecto áspero devido a alguns produtos de higiene, tecidos e em alguns casos com o simples contato das mãos e do beijo. A pele reage dessa forma como proteção e reação de alguma substância intolerante e costuma desaparecer com o descobrimento do motivo e o afastamento do mesmo. As alergias podem ocorrer por diversos motivos, inclusive alimentares e também por excesso de calor.



Matérias mais comentadas


bebê com bolinhas

A dermatite é a mais comum das alergias em bebês e aparecem repentinamente sem aviso prévio ou qualquer outro sintoma. Podem aparecer como formas avermelhadas na pele e ate bolinhas de água.

As alergias no bebê podem se manifestar por alguns fatores principais como, por exemplo, uso de amaciante ou perfumes fortes na roupa do bebê ou por quem toma conta dele podem ser gatilhos para que a alergia em bebês se manifeste. Fraldas também são um ponto onde o bebê pode ter sensibilidade e apresentar reações contra algumas marcas ou até mesmo não aceitar esse produto obrigando os pais a usarem fraldas de pano.

Algumas alergias são mais do que simplesmente toque e cheiro, há doenças que são derivadas de alergias e podem se manifestar após alguns anos à exposição alérgica intensa. A asma é uma forma de alergia respiratória. Ela inicia sorrateiramente e leve ainda quando o bebê é pequeno por volta dos 18 meses e pode agravar após o 2º ano de vida. O primeiro sintoma da asma são os chiados no peito e a presença de olheiras na criança. Outra alergia respiratória é a renite e sinusite que aparecem no bebê ainda com poucos dias de vida se forem extremamente alérgicas.

termômetro

A intolerância alimentar é outro ponto chave quando se fala em alergias em bebês. Alguns alimentos podem desencadear reações nada agradáveis do corpo do bebê, como por exemplo, o leite de vaca ou derivados, ovos e frutos do mar como camarão. Se introduzido alimentos com corante muito precocemente, também podem acarretar alergia alimentar a corante e conservante de certos alimentos industrializados. Os sintomas desse tipo de alergia são diferenciados de quando o problema é desencadeado por toque de algum produto. O bebê pode apresentar inchaço abdominal, dores, cólicas, diarreia e até inchaço de lábios e língua.

A alergia mais comum entre recém-nascidos que não são amamentados no seio é a APLV (alergia a proteína do leite de vaca) que tende a passar em alguns anos, porém pode ser grave ao ponto de levar à um choque anafilático e levar a criança a morte. Para tal a dieta mais indicada para essa criança é o leite materno ou se não for possível, fórmulas a base de leite vegetal como a soja.

Fotos: Mark Couvillion, Toshiyuki IMAI

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Alergia em Bebês e Recém-Nascidos