Psiu tentante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!
Psiu mamãe! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!
Psiu gestante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Bebê Prematuro

A natureza é tão perfeita que se encarrega de fazer tudo cronometrado para que não haja nenhum problema no nascimento do bebê. Porém, há casos em que o nascimento prematuro é inevitável, isto é, ocorre antes das 37 semanas de gravidez.



Matérias mais comentadas


A prematuridade é interligada a algum problema que a mãe teria durante a gravidez. Pressão alta, diabetes gestacional, síndrome de Hellp, infecções ou mesmo o rompimento espontâneo da bolsa causam o parto prematuro. Outro fator que pode fazer o bebê nascer antes do esperado é o ganho de peso. Se a placenta está calcificada e não nutre o bebê como deveria, o médico pode optar em induzir o parto ainda que extremamente antecipado. Adolescentes correm o risco de dar a luz antes do tempo pela imaturidade dos seus órgãos reprodutores. Mulheres fumantes, alcóolatras e usuárias de drogas têm maior propensão a bebê prematuro pelos elementos de risco que consomem.

bebê na UTI

Os bebês extremamente prematuros que nascem entreas semanas 20 e 29, em sua grande maioria, já vêm ao mundo com algumas complicações. Muitas vezes, seu pulmão não está formado por completo e imaturo para respirar sozinho. Outro problema às 25 semanas de gravidez é que a formação de todos os órgãos como estômago, rins e aparelho urinário não teria terminado.

Devido a estes problemas, o acompanhamento do bebê deve ser feito em um UTI neonatal que é equipada para todas as eventualidades. Os prematuros extremos chegam a pesar apenas cerca de 400 gramas. Sua pele pode ser ainda transparente e dar um aspecto escuro ao bebê. Alguns bebês são tão prematuros que nem possuem unhas ou sobrancelhas e precisam de ajuda para se manter aquecidos, pois o corpo ainda não tem esta capacidade devido a prematuridade. Quanto menor o bebê, mais delicado o seu estado de saúde e suas chances de sobrevivência. Por isso, estar aparado por médicos especialistas em bebês prematuros é fundamental.

Quanto mais tempo o bebê ficar na barriga de sua mãe, em melhores condições ele nascerá. Um bebê de 35 semanas de gestação certamente se sairá melhor do que um de 30 semanas. Porém, tudo depende do peso ao nascer ou se há algum risco agravante. Nem todos os bebês prematuros precisam de meses de internação. Alguns nascem bem e já podem ir para o quarto junto com sua mãe. Alguns deles nascem com 34 ou 35 semanas em ótimas condições de saúde, respiram sozinhos e também têm um choro forte. Dependendo da avaliação médica nem mesmo passarão pela UTI ou semi UTI e seguem sem problemas para o quarto.

Já outros bebês com 36 semanas estariam teoricamente prontos, mas através de um parto não espontâneo, onde o parto é programado com erro de cálculo do médico, proporciona um recém-nascido quase à termo, porém ainda considerado prematuro. Se o seus pulmões não estiverem amadurecidos, naturalmente ou através de medicação, serão necessários cuidados adicionais como ajuda de oxigênio e monitoramento por algumas horasou dias.

O acompanhamento para esses bebês prematuros é relativamente simples, porém necessário. O mito que um bebê que nasceu antes do tempo terá problema para o resto da vida tem cada vez mais sendo desfeito. Crianças que nascem mesmo em extrema prematuridade têm vida absolutamente normal. Apenas deve-se tomar certos cuidados com possíveis problemas respiratórios que por eventualidade possam vir devido à imaturidade dos pulmões em seu nascimento.

bebê acordado

As UTIS de grande parte das maternidades abrem espaço para as mães acompanharem seus filhos de perto. Se possível, eles também ajudam na prática do canguru. Essa técnica de aconchegar o bebêno colo de sua mãe e aquecido por um tecido apropriado, ainda que em aparelhos, proporciona ao recém-nascido sentir o calor do corpo da mãe, ouvir os batimentos cardíacos, sentir-se seguro e ter uma lembrança do ventre. Comprovada cientificamente, essa técnica irá ajudar na evolução do quadro prematuro.

Os cuidados com um bebê prematuro ao chegar em casa dependerá de cada caso isolado. Porém, quando recebem alta do hospital, estarão com saúde plena. Bebês prematuros devem seguir a mesma cartilha de vacinação e serem imunizados contra várias doenças. Cabe aos pais zelar e cuidar dessa nova vida com amor e carinho.

Fotos: Jim Lynch, SoCal Photo Design

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Bebê Prematuro



Newsletter popup => 21 sec delay