Psiu tentante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Dificuldades para Engravidar

Casais podem enfrentar dificuldades para engravidar, principalmente na primeira tentativa. Problemas de fertilidade podem estar presentes sem que se derem conta. Mas a maioria deles tem solução e os futuros pais podem ter um bebê normalmente.

  • casal namorando
    Os Obstáculos Podem Ser Ultrapassados!

    Apenas quem passa pela dificuldade de engravidar, sabe realmente a sensação de tentar engravidar sem sucesso. Os problemas que acontecem durante esse processo, podem fazer com que a mulher desanime no meio do caminho. Os problema são contornáveis felizmente na grande maioria das vezes e tratamentos são os mais diversos para que a gravidez aconteça.



Matérias mais comentadas


Casais com mais de um ano de tentativas são considerados candidatos a problemas sejam eles de fácil solução ou mais complexos que cheguem a envolver tratamentos médicos mais radicais como a fertilização in vitro. Mas quais dificuldades para engravidar devem ser investigados pelo médico em primeiro lugar?

casal com barriga de gravidez

Antes de tudo deve-se fazer um exame de sangue e uma ultrassonografia para verificar a existência de um dos seguintes problemas para engravidar muito comuns:

Miomas: São pequenos tumores musculares que ficam intra útero ou extra útero. Elas podem atrapalhar com que a gravidez aconteça pois, se dentro do útero, faria uma barreira para a implantação.

Ovários Policísticos: São óvulos que não cresceram adequadamente e se tornam permanentes nos ovários. Eles aparecem devido ao aumento do hormônio estrogênio e os andrógenos que são hormônios comuns a homens e mulheres.

Endometriose: Mulheres com esta doença tendem a ter uma dificuldade singular para engravidar. A dor que é um sintoma característico já que a endometriose interfere na fertilidade de forma agressiva. Algumas mulheres precisam inclusive de cirurgia para amenizar o problema e conseguir ultrapassar a dificuldade de engravidar.

Anomalias no Útero: Problemas como útero bicorno, didelfo, unicorno e septado podem dificultar com que a gravidez aconteça pela sua anatomia. Mulheres com útero desforme podem sim ter uma gravidez saudável, porém o processo até a gravidez é em algumas vezes cansativo.

Problemas hormonais: Esses problemas são os que em grande parte impedem a mulher de engravidar. A dificuldade para engravidar que esse descontrole hormonal traz em muitas vezes é de simples resolução. Basta medicar adequadamente. Problemas com estrogênio por exemplo, pode impedir a mulher de estimular o óvulo até o tamanho correto. A prolactina alta também é um hormônio que faria a ovulação regredir ou não acontecer.

Para problemas de fertilidade masculina temos alguns exames que darão com certeza o diagnostico de dificuldades para engravidar do casal. Problemas como oligospermia, azoospermia e necrospermia. Esses são problemas mais incomuns entre os homens que descobrem que possuem problemas de fertilidade.

casal namorando

A varicocele é o problema mais comum em casais que tem problemas para engravidar. A varicocele é a dilatação das veias dos testículos e essas fariam a redução e prejudicariam o sêmen e a produção dos espermatozoides.

O médico, para verificar esses problemas e dar um diagnostica preciso, certamente pedirá um exame de espermograma e também fará exames clínicos para diagnosticar as veias dilatadas e possíveis problemas como hidrocele (água nos testículos) que também contribui para a má formação dos espermatozoides.

Normalmente, o tratamento desse tipo de problema do homem é inserção de hábitos alimentares saudáveis e adotar novas formas de se vestir. A cueca mais folgada ajuda e muito a reduzir os problemas leves com espermatozoide. A forma medicamentosa também é eficaz e muito comum, porém deve ser orientada por um médico urologista ou especialista em fertilidade. Mas também pode ser necessária a medida mais incisiva que é a cirurgia ou corretiva em casos mais severos. Para homens e mulheres, os exames são praticamente os mesmos:

Ultrassom: Este visa determinar se alguma anomalia anatômica ou problemas no útero e ovários estão presentes.

Exames hormonais (de sangue): Eles verificam se os níveis hormonais de progesterona, estrogênio, LH, FSH e prolactina, testosterona e demais hormonios estão em bom equilíbrio para garantir fertilidade.

Eventualmente o médico pode achar necessário o complemento para esses exames mais tradicionais. Mulheres com histórico de alguma infecção, com ovários policísticos ou somente com suspeita de algum problema nas trompas podem fazer a histerossalpingografia. Ela é feita com contraste diretamente no útero e um raio X simples batido para verificar a permeabilidade das trompas e anatomia dos ovários e útero.

Fotos: John's Photography,Andreas Nilsson

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Dificuldades para Engravidar