Psiu tentante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Exames para Engravidar

Além de interromper o uso dos métodos contraceptivos, casais a procura da gravidez, devem estar cientes que o prazo normal para engravidar é de um ano ou 12 ciclos em média. Somente após esse período precisa se preocupar com a infertilidade e deve iniciara bateria de exames para engravidar.

  • exames de pré natal
    Exames Esclarecem o Porque Da Dificuldade de Engravidar

    A melhor forma de diagnosticar uma possível infertilidade são os exames. A variedade de exames é infinita e vasta. A sua grande maioria de sangue mas também existem alguns de imagem como a ultrassom, a histerossalpingografia e outros como o exame de muco pós coital e também para o homem como o espermograma. O casal deve fazer os exames para identificar o porque da demora em engravidar. O prazo natural é de um ano, se a gravidez não acontecer neste prazo, cabe aos candidatos a papais, visitarem um médico.



Matérias mais comentadas


Os exames para engravidar são uma forma de detectar problemas de fertilidade presentes tanto no homem quanto na mulher. A verificação deve se iniciar a partir da escolha de um bom médico que irá começar pedindo exames simples como os hormonais para homens e mulheres, além de um ultrassom ginecológico para a mulher e um espermograma para o homem.

desenho utero

Para a mulher a bateria de exames para engravidar é maior do que para o homem. Ela pode incluir além dos de sangue e ultrassom transvaginal procedimentos como:

Histerossalpingografia: Exame de raio x que é feito com aux~ilio de contraste para verificar a situação das trompas e do útero em si. Caso haja algum diagnóstico desfavorável como obstrução tubária ou aderência das trompas, o médico irá indicar o procedimento mais indicado que na maioria das vezes é cirúrgico e laparoscópico.

Papa Nicolau: A citologia oncótica é uma das principais formas de descobrir se a mulher tem algum tipo de infecção no útero. A secreção da vagina é colhida e analisada para verificar a proliferação de fungos e bactérias com crescimento anormal na flora vaginal. Caso haja algum problema, o médico receitará pomadas vaginais e medicamentos orais para reverter esse aumento.

Transvaginal: O ultrassom transvaginal detecta qualquer problema referente aos ovários e à cavidade uterina. Caso a mulher tenha problema com ovários policísticos, pode-se dar o diagnóstico com esse exame.

Histerossonografia: É um exame específico para verificar a cavidade uterina. ele é possível verificar a presença de miomas, endometriose ou pólipos uterinos os quais dificultariam a gravidez acontecer.

Além desses exames mais importantes, os de detecção de instabilidade hormonais são fundamentais. O exame de sangue feito em jejum deve ser feito e a investigação deve começar pela progesterona, estrogênio, LH, FSH, GnRh, prolactina e T3 T4 totais e livres. Para complementar esses exames seria necessário também que o homem faça uma dosagem dos níveis dos hormônios andrógenos como a testosterona. Se alguns desses exames derem alteração, o médico vai indicar o tratamento ideal, na maioria das vezes de reposição hormonal para homens e mulheres.

Mulheres que passam dos 38 anos devem fazer além desses exames um em específico que avalia a qualidade e quantidade da reserva de óvulos. O antilmulleriano é opcional e nem todos os médicos pedem tanto pelo valor como pela necessidade física do casal. Porém, todo exame que ajude a fertilidade é bem-vindo.

tubo com sangue

Os exames para engravidar ainda incluem os de detecção como por exemplo aqueles que determinam o nível de anticorpos de algumas doenças particularmente perigosas para a gestante.

Rubéola: O Igg deve ser alto, pois ele indicaria que a mulher tem imunidade a esta doença que causa má formação fetal caso esteja ativa durante o primeiro trimestre de gravidez.

Hepatite A B e C:Importante para fazer um tratamento preventivo de contágio ao bebê.

Toxoplasmose: Igualmente devastadora como a rubéola na formação dos bebês , é necessário saber se existe imunidade contra a doença. Caso a mulher não tenha contraída a doença, o Igg sera baixo e então deverá tomar o máximo de cuidado e evitar contato com fezes de gatos.

HIV: Importante para verificar se a mulher é soro positivo. Durante a gravidez deve ser feito um tratamento de prevenção contra o contágio do feto. Os cuidados nestes caso são especiais, por isso a necessidade do exame.

Citomegalovirus: Indica a presença de doença infecciosa que causaria desde infertilidade até deformidade do feto.

Além disso, exames de fezes e urina são necessários para detectar algum tipo de infecção retal ou da bexiga. Também é aconselhável que o casal faça exames de glicemia a qual afetaria diretamente a fertilidade. O hemograma completo é fundamental para o casal, pois ele verifica a quantia de plaquetas e demais componentes do sangue para averiguar a saúde do casal que faz os exames para engravidar mais sadiamente.

Fotos: Remolacha.net Pics, Hey Paul Studios

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Exames para Engravidar













Newsletter popup => 22 sec delay