Psiu gestante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Parto Cesária

O parto cesárea é a saída para um parto de casos onde a condição de saúde de mãe e filho necessita de um parto com agilidade para tirá-los de qualquer situação em que estão correndo risco de morte. É uma cirurgia complexa a qual submete a mulher a anestesia e cortes de sete camadas de pele e tecidos para retirar o bebê.

  • bebe saindo no parto cesariana
    Quais as Indicações Para Cesárea?

    A cesariana tem sido a forma de nascimento mais recorrente nos últimos tempos. Mais de 50% dos nascimentos no Brasil são através de cesarianas, mas afinal é por alguma indicação ou simplesmente por comodidade? A maioria dos procedimentos de cesarianas é feita por decisão médica e sem consultar a paciente, mas várias são por decisão da própria parturiente. Mas afinal quais são os fatores que são indicativos para uma cesariana?.



Matérias mais comentadas


O procedimento da cesárea é relativamente simples, porém uma cirurgia. A mulher deve se abster de ingerir líquidos e alimentos por pelo menos oito horas antes do parto acontecer. A paciente é acomodada em uma mesa cirúrgica e ali recebe anestesia raquidiana. Essa anestesia mantém a paciente acordada durante o procedimento para que possa ver o bebê assim que ele nascer.

A raqui é aplicada na coluna, mais especificamente na lombar, entre as vértebras da coluna até atingir a medula. A analgesia acontece da cintura para baixo e deixa as pernas imóveis e também adormecidas. Após aplicada a anestesia, a sonda é colocada na bexiga para recolher a urina que lá exista e só é retirada horas após o procedimento.

Durante a cesariana, a mulher fica monitorada por máquinas que dão a ela um suporte especial em casos de queda ou elevação de pressão, batimentos cardíacos e oxigenação do sangue. Após a retirada do bebê, os médicos fazem a limpeza do útero para retirar os restos de placenta e do parto. Após iniciam a sutura que pode levar até 30 minutos, afinal são sete camadas de pele, musculo e inclusive o útero.

Parto Cesarea

O parto cesárea é uma via segura para o parto apesar de toda medicação envolvida no pré-parto e também a recuperação que é mais lenta do que o parto normal. O problema é que a cesariana virou uma espécie de rotina nos hospitais e, para alguns médicos, a conveniência superou a necessidade real da forma em que a mulher coloca um bebê no mundo.

A recuperação do parto via cirurgia é mais lenta do que por vias normais, levando de 20 a 40 dias para ficar 100%, comparado a um dia da mulher que teve parto vaginal. Em alguns casos também são aconselháveis várias medicações para não haver inflamação dos pontos da cirurgia. Mas isso vale para os dois partos, caso a mulher tenha sofrido epsiotomia.

A escolha pela cesárea também pode partir da própria vontade da mulher, pela comodidade de saber o local e a hora em que o bebê virá ao mundo. De certa forma, essa vantagem conquistou várias mulheres que se tornaram adeptas do parto cesáreo. Cabe ao médico em conjunto com a mãe, decidir a melhor data para o parto acontecer.

Entrar em trabalho de parto para realizar a cesariana também é possível. Algumas mulheres esperam que o bebê dê sinal que queira vir ao mundo para realizar o parto. Esta seria a forma menos invasiva do parto, já que a hora do parto o bebê decidiu. Essas mulheres muitas vezes escolhem essa forma de parto pelo medo da dor ou por complicações que já venham se apresentando ao longo da gravidez.

O parto normal e a cesárea já levantaram várias discussões. As ativistas do parto normal defendem que nem todo problema de saúde deve resultar em parto cesárea, porém os médicos ainda dizem que a melhor forma se prevenir maiores problemas para mãe e bebê. O segredo é avaliar caso a caso a segurança da parturiente e do filho.

Foto: SantaRosa OLD SKOOL

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Parto Cesária