Psiu gestante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Parto Normal

O parto normal ou vaginal é a forma tradicional de nascimento, mas não a mais comum. O medo da dor e decisões médicas fazem com que mais bebês nascem por cesariana embora a maioria das mulheres continuam querendo o normal. Como funciona o parto normal e precisa ter medo mesmo?

  • Sinais do Trabalho de Parto

    O trabalho de parto significa que a hora está chegando! Muitas mulheres ainda não sabem identificar os indícios que o parto normal está para acontecer. Vale à pena ficar de olho no que o corpo diz e em qualquer sinal de sintoma diferenciado, então procurar seu medico e procurar a maternidade para verificar se ha contrações e dilatação.



Matérias mais comentadas


Uma das grandes preocupações da mulher logo que engravida e ao longo da gestação é pensar no parto que gostaria de ter. É impossível se preparar detalhadamente ou tentar entender o que acontecerá nesse momento, pois o parto normal é uma experiência única para cada mulher.

O parto normal é o modo mais natural de se trazer um bebê ao mundo. Ainda assim assusta pelos relatos de dor e de demora do trabalho de parto que são considerados as únicas desvantagens inevitáveis de uma um processo natural. Mas é possível ter um parto sem dor com a ajuda de anestesia peridural e outros métodos como banho de imersão e massagem, que auxiliam de forma poderosa nessa etapa. Ao mesmo tempo, a realização do parto normal traz benefícios tanto para a mãe como ao bebê, sendo uma recuperação muito mais rápida e oferecendo menos riscos ao nenem. Além disso, a mãe produz hormônios ocitocina e prolactina que irão auxiliar no amadurecimento cerebral do bebê e favorecer a produção de leite para a amamentação.

Até chegar a hora e a dor do parto realmente, iniciará um processo que pode ser longo ou não. O trabalho de parto se inicia com as contrações que começam lentas e quase indolores, podem vir seguidas com dores acentuadas nas costas e algumas vezes acompanhada de diarreia. Essas dores parecidas com cólicas irão aumentar cada vez mais e irão acontecer em intervalos de 3 a 4 minutos. Esse é o processo de dilatação do colo do útero que irá aumentar até 10 centímetros até estar pronto para a segunda etapa.

Cada mulher tem sua maneira de encarar, lidar e tentar amenizar os sinais de trabalho de parto. Caminhar auxilia no processo de dilatação além de aliviar o incomodo das contrações mais fortes que chegam já no final. Banhos mornos, respirar tranquilamente e uma boa massagem também são fortes aliados para se passar por essa experiência de forma proveitosa e tranquila.

mulher no parto normal

A bolsa nem sempre se rompe sozinha, por isso o medico pode optar em estoura-la para que o processo do trabalho de parto seja acelerado. A partir dessa fase, você pode pedir algum tipo de analgesia ou seu próprio medico irá oferecer, fazendo com que consiga relaxar e a dilatação chegar ao seu total proporcionando um parto normal sem dor. Assim que o colo do útero estiver totalmente dilatado, as contrações estarão vindo já em intervalos de 2 em 2 minutos podendo durar até um minuto e a fase da expulsão está próxima.

O ideal é que a mulher encontre a melhor posição para parir, entre os intervalos das contrações se acomode de forma confortável e que a deixe segura. Nessa etapa é comum algumas mulheres sentirem náuseas, frio e muita vontade de defecar, são sintomas normais do trabalho de parto.

Ao chegar à dilatação total, chegou a grande hora. O útero começa a empurrar o bebê para fora, através do canal vaginal. A cada contração, você deverá empurrar para baixo, fazendo que ele desça cada vez mais. O médico avisará quando ele tiver coroando e o momento exato de fazer a força junto da contração, e dessa forma o bebê sairá mais devagar evitando riscos de lacerações no períneo.

Após o nascimento, as contrações irão retornar depois de alguns minutos de forma mais tranquila, e é natural que a mulher sinta vontade de fazer força. É a placenta que agora está se desprendendo da parede uterina e sairá pelo canal vaginal. Após sua saída, a dor desaparecerá e o medico irá controlar as contrações do útero junto do sangramento e de possíveis resíduos que tenham ficado evitando risco de hemorragia pós-parto.

Foto: Hobo Mama

Continuar Lendo Mostrar Menos Texto

Últimas Matérias no TF


Últimas Matérias de Parto Normal






















Newsletter popup => 22 sec delay