Para quem está tentando engravidar, conhecer o período fértil é um passo fundamental para aumentar as chances de concepção. Assim, estar atenta ao ciclo é essencial nesse processo. Entretanto, muitas mulheres têm ciclos irregulares, o que muitas vezes dificulta nesse processo de conhecimento do corpo e afeta as chances de concepção, já que não se há uma certeza de quando é o período fértil.

Os ciclos irregulares podem ter as mais diversas causas e isso ajuda muito na forma como você pode tratar esse problema. De forma geral, a principal causa se concentra na alteração dos hormônios no corpo, e ao longo desse artigo vamos listar algumas das principais causas que ocasionam irregularidades no nosso ciclo.

Medicamentos e anticoncepcionais

Há uma diversidade de medicamentos que podem alterar o ciclo menstrual, como antidepressivos e remédios para tireoide. Além disso, caso se faça uso irregular de anticoncepcional, há chances de que ocorram alterações no ciclo. As pílulas do dia seguinte são também um outro exemplo anticonceptivo que provoca uma alteração tremenda no ciclo menstrual, já que é composta de um volume enorme de hormônios.

Endometriose

A endometriose é uma condição que afeta muitas mulheres. Ela ocorre quando o tecido do endométrio, ao invés de ser expelido com a menstruação, começa a crescer em outras regiões do corpo, o que pode causar dores durante o período menstrual.

Síndrome dos Ovários Policísticos

A SOP tem como um dos seus sintomas principais os ciclos irregulares. Isso ocorre justamente por conta da alteração que ocorre nos hormônios, o que, de fato, impacta no ciclo menstrual. Além destes, é comum ocorrer a presença de pelos no corpo e acne.

Estresse

Quando estamos estressados, liberamos o cortisol – um hormônio que, em excesso, afeta outros hormônios do corpo, inclusive os que são responsáveis pelo ciclo menstrual.

Além disso, o nosso corpo é super adaptativo e quando estamos preocupados ou muito estressados, ele entende que não é um bom momento para se ter filhos e pode não prover as condições ideais para que isso ocorra.

Miomas e pólipos

Os miomas e pólipos, geralmente, são tumores benignos e podem não apresentar nenhum sintoma. Entretanto, a ocorrência desses tumores podem causar alterações menstruais devido à desordem hormonal a que estão associados.

Baixo peso ou peso em excesso

Mulheres que estão acima do peso podem produzir um excesso de estrogênio, o que desequilibra os níveis hormonais e, consequentemente, altera o ciclo menstrual.

Já para mulheres que estão muito abaixo do peso, o que pode ocorrer é de que não haja gordura corporal suficiente para a manutenção do ciclo e a ovulação pode não ocorrer.

Problemas na tireoide

A tireoide tem tudo a ver com a produção e regulação de hormônios. Por isso, o hipotireoidismo (quando a tireoide funciona mais devagar), faz com os hormônios sejam produzidos em menor quantidade, o que irá impactar no ciclo menstrual, além de tornar o fluxo menstrual um pouco mais pesado.

Já para quem tem hipertireoidismo, que é uma tireoide que funciona com mais intensidade que o normal, a produção de hormônios ocorre em excesso e aí os impactos no ciclo menstrual podem ser mais evidentes.

Há ainda muitas outras causas que são mais óbvias e que influenciam a ocorrência de ciclos irregulares, como a amamentação e, também, a gravidez. Em qualquer caso, é importante que se realize uma consulta médica com um especialista para que seja averiguada a real causa do ciclo irregular.