Para quem sonha com o parto normal, ter um bebê em posição inapropriada para esse tipo de parto, pode se tornar um empecilho e tanto. Por isso várias gestantes fazem a fatídica pergunta ao médico: com quantos meses o bebê vira na barriga? Até quantas semanas é normal com que o bebê se vire para a posição ideal para o nascimento de parto normal? Vamos ver isso logo abaixo!

Qual a Posição Ideal Para o Parto?

A posição ideal para o parto normal é a posição cefálica, ou seja, virada de cabeça para baixo. Quando ao final de 39 semanas o bebê continua em posição diferente desta, pode ser que dificulte o parto ser normal, porém não é impossível que seu bebê nasça com tal parto. Apesar de a posição cefálica ser a ideal para o parto normal, já vimos aqui mesmo no site que a posição podálica é viável, apesar de ser um tanto quanto difícil em vários aspectos, é praticável.

Posições Inviáveis Para o Parto

O bebê que está podálico, ou em posição pélvica (sentado) pode deixar as coisas muito complicadas para mamães que desejam o parto normal. Se ainda com 39 semanas o bebê continuar sentado, é possível que o parto Cesária seja indicado mesmo com todas as condições que a mãe tem para o parto normal.

Apesar disso, alguns médicos humanistas, pensam em fazer certas manobras para que o bebê nasça de parto normal. O parto pélvico, assim como o parto podálico são passiveis de acontecer sem intercorrências, porém, o médico e a paciente devem estar cientes de todos os contratempos que podem acontecer, mas é praticável apesar de ser inviável a olhos médicos.

Vídeo Explicativo de Parto Pélvico

Até Quando o Bebê Pode Virar Para o Parto Normal?

Especialistas afirmam que o bebê pode virar até mesmo na hora do parto, porém com um prognostico favorável da posição correta ainda antes deste desse momento, tranquilizará médico e parturiente. Normalmente o bebê vira em torno da 30ª a 34ª semanas de gestação, porém alguns bebês o fazem antes ou depois desse prazo.

É comum que alguns bebês virem para a posição cefálica com 35 a 37 semanas ou 8-9 meses de gravidez. Após esse período se torna mais complicado pelo tamanho do bebê e o espaço que está reduzido na barriga da mamãe, apesar de não ser impossível. Ha casos e casos, e nenhum igual ao outro porque nenhum organismo é igual.

Tem Como Fazer o Bebê Virar?

Sim! Alguns exercícios são apropriados para ajudar a fazer com que o bebê se vire para a posição cefálica, ou seja, a ideal para o parto, a qual o bebê fica com a cabeça encaixada na pelve materna.

Posição de saudação ao sol invertida: Uma famosa posição na Yoga é a de saudação ao sol mas de forma invertida, a qual consiste em deixar as mãos esticadas ao chão ou colchão e elevar o bumbum com as pernas dobradas. Essa posição pode comprimir o abdome e causar um pouco de desconforto respiratório, o ideal é realizar por 5 minutos (ou o quanto conseguir, menos tempo) de 3 a 5 vezes ao dia.

Posição pernas elevadas: Com os joelhos e pernas apoiadas em uma cadeira ou sofá (firmes para não escorregar) deixar a cabeça abaixo do nível do móvel. É indicado uso de uma almofada para apoiar a cabeça e deixar os braços protegendo o pescoço, que eles sejam o apoio no chão e não a cabeça. Ficar nessa posição no máximo 5 minutos e pode ser repetido até 3x por dia.

Andar, dançar e exercitar: as caminhadas ajudam muito o bebê a se virar. Assim como ajuda a descer em direção ao osso pélvico, encaixar. Então, ande o quanto conseguir e puder. Caso não esteja liberada pelo médico, ande, dance e pratique exercícios. Uma boa dica são as aulas de hidroginástica. Quando mais a mamãe se mexer, melhor será para ue o bebê se vire.

Acupuntura: A acupuntura é uma grande aliada da gestante. Converse com um especialista e veja a possibilidade de fazer o tratamento com esta finalidade.

Algumas dicas de segurança: nunca faça os exercícios estando sozinha. O ideal é fazer sempre com acompanhamento de alguém, pois, a gestante perde um pouco da mobilidade devido ao seu centro de gravidade estar alterado pelo peso da barriga.

Inversão Fetal Manual

A inversão manual do feto é possível! Pois somente é indicada que um especialista realize a manobra. Apesar de eficiente, não é 100% garantido que seja um sucesso, nem que o bebê fique na posição após realizar. A manobra fetal também e conhecida como inversão manual, e deve ser feita até a 39ª de gravidez. Não deixe um profissional não apto fazer essa manobra, pode haver problemas caso não seja bem-feita. Problemas como descolamento de placenta por exemplo.

Vídeo da inversão manual

Caso nada funcione para virar o bebê para a posição cefálica, converse com seu médico sobre as suas chances de ter um parto normal. Nada é impossível e, mas o melhor conselho é: confie no seu médico, ajudará a ter seu bebê da forma mais segura possível.

Algumas mulheres com bacia mais larga conseguem ter parto normal mesmo com o bebê em posição sentada. Além disso, o bebê não pode ser muito grande, o peso ideal é até por volta 3.200kg.

Caso seja aconselhável, ele ajudará a ter seu bebê de parto normal, independentemente da posição que ele esteja, caso não seja possível, recorrer à cesariana não é o fim do mundo, lembre-se de que parto de sucesso é aquele em que mãe e bebê ficam 100% bem após o procedimento.

Aproveitando o espaço quero contar uma novidade para nossas leitoras mamães, que pretendem ter outro bebê futuramente ou tem algum casal amigo que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos alguns produtos que ajudam na fertilidade de homens e mulheres, entre eles vitaminas da fertilidade que potencializa a ovulação FamiFerti e no caso dos homens melhora a qualidade dos espermatozoides, o ViriFerti, assim como o teste de ovulação, teste de gravidez e o gel lubrificante FamiGel. Você pode adquiri-los aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Tipos de Parto Diferentes e Interessantes

Foto: Canwest News Service