A amamentação é um dos momentos mais especiais da maternidade e é muito importante para o vínculo mãe e filho. De certa forma é uma continuação do cordão umbilical depois do nascimento não é mesmo? A mãe precisa estar sempre por perto para alimentar seu bebê, mas chega uma hora que esse “cordão” também precisa ser rompido. Pode haver a necessidade da mãe se ausentar e fica aquela preocupação quanto ao leite. E agora? O que fazer? Saiba como armazenar o leite materno e tirar essa preocupação da cabeça.

Armazenamento Adequado

Saber como armazenar o leite materno é essencial para garantir a qualidade, pureza e os nutrientes deste leite, igualmente como o seu bebê o recebe quando mama no peito. Siga algumas orientações importantes para tirar o leite da forma correta, tomando os cuidados necessários para garantir um leite fresquinho e sem contaminações.

Além de saber como armazenar o leite materno, vamos falar também como tirar o leite e ainda como congelar o leite materno, já que congelado ele terá uma duração maior, uma ótima técnica para quem tem muito leite e pode até fazer doação para bancos de leite se quiser.

Aproveite todas as dicas e garanta que seu pequeno será alimentado com o leite materno mesmo na sua ausência. Boa leitura!

Como Tirar o Leite Materno

Em muitas situações a mãe pode precisar passar algum tempo longe do bebê, impossibilitando que continue dando o peito respeitando os intervalos adequados, geralmente quando acaba a licença maternidade ou em casos de bebês prematuros por exemplo.

Mas isso não impede que o bebê possa continuar desfrutando do leite materno. Portanto, saber como tirar e como armazenar o leite materno corretamente é essencial.

Antes de explicarmos como armazenar o leite materno, vale reforçar algumas dicas de como tirar o leite corretamente. Afinal, não vai adiantar nada saber guardar o leite se não já estiver craque em ordenha-lo.

Primeiro deve conhecer as formas que você pode utilizar para tirar o leite materno. Você pode optar em usar só as mãos ou recorrer a bombinhas próprias de ordenha, que pode ser manual ou elétrica.

Melhor Horário para Ordenha

Uma boa dica é dar preferência para tirar o leite sempre depois que o bebê acabar de mamar, logo pela manhã é um bom horário, geralmente as mamas estão mais cheias e possivelmente sobre mais, assim você pode armazenar o leite em maior quantidade.

Dicas de Como Tirar o Leite Materno

  • Antes de mais nada, lave bem as mãos com água e sabão;
  • Escolha um local apropriado, bem limpo e livre de qualquer tipo de inseto;
  • Retire o sutiã e se posicione de forma bem confortável;
  • É importante massagear as mamas (com movimentos circulares em volta da auréola) com a ponta dos dedos;
  • Se for tirar o leite manualmente, coloque um frasco debaixo da mama e faz uma leve pressão e vai tirando o leite assim (faça movimentos como uma ordenha);
  • Se for usar bombinha, é ela que você deve posicionar na mama que vai tirar o leite. Vale ler o manual para seguir as orientações, principalmente se for a elétrica.

Como Armazenar o Leite Materno de Forma Correta

Depois de tirar o leite, alguns cuidados precisam ser tomados para guarda-lo fresquinho e garantir suas propriedades além de evitar qualquer tipo de contaminação. A higiene é muito importante, tanto das mãos que vai manusear as mamas quanto do recipiente que vai usar para armazenar o leite materno.

Se você usar bombinhas para tirar o leite, algumas já até vem com recipientes próprios para armazenar o leite materno, que até podem ser usados para congelar. Se este não for o seu caso, você pode armazenar o leite materno em mamadeiras, destas comuns que possivelmente seu bebê já tenha, mas precisam ser esterilizadas e que tenham uma tampa com uma vedação bem firme.

Qualquer frasco com tampa que puder ser esterilizado (principalmente os de vidro) também podem ser utilizados para armazenar o leite materno. Mas lembre-se: O mais importante é fazer a esterilização sempre, e respeitar os prazos corretos de eficácia.

Esterilização

O recipiente que vai usar para armazenar o leite materno deve ser lavado com detergente neutro. Em seguida você pode ferve-los na panela mesmo, por 10 a 15 minutos. Após a fervura, retire-os direto da panela e os coloque de cabeça para baixo em cima de um pano limpo ou até mesmo dentro de um pote maior com tampa. Deixe lá até esfriar e secar completamente, e quando for desvirar, deve tampa-los imediatamente.

Você também pode usar esterilizadores de micro-ondas, neste caso deve seguir as instruções de tempo indicadas por cada modelo, que geralmente vem impresso na embalagem. E siga o mesmo processo de secagem, conforme falamos acima.

Após esterilizar os recipientes, você pode utiliza-los para armazenar o leite materno em até 10 dias. Depois de consumido o leite que guardou neste frasco, você até pode reutiliza-lo, mas especialistas recomendam que o mesmo frasco pode ser usado por no máximo 3 vezes e sempre, antes de cada utilização, fazer todo o processo de esterilização.

Importante: Depois de armazenar o leite materno, ele deve ser consumido em até 12 horas (se estiver guardado na geladeira) e em até 15 dias se estiver congelado. E ainda os pediatras alertam que todo leite materno aquecido e não utilizado deve ser desprezado”.

Congelar Leite Materno, Pode?

Você pode congelar o leite materno sim! O congelamento é uma ótima saída de como armazenar o leite materno por mais tempo. Principalmente para as mamães que precisam se ausentar por um tempo maior ou ainda que tem um grande volume de leite e não quer desperdiçar e ainda aproveita para fazer uma reserva e garantir o “sustento” do seu pequeno.

Mas saiba que armazenar o leite materno congelado também tem validade. O indicado é manter o leite no congelador por no máximo 15 dias, depois disso, já existe o risco de perder as propriedades e nutrientes que são benéficas para o bebê.

Para descongelar o leite para o consumo, deve tira-lo do freezer e colocá-lo em uma bacia com água morna, até que ele descongele por completo. Não ferva o leite ou o descongele no microondas, porque o calor da fervura ou do micro-ondas também interferem na qualidade do leite.

A ideia é justamente armazenar o leite materno para garantir que o seu bebê, mesmo que sem sua presença, possa continuar recebendo o melhor alimento que existe e crescer forte e saudável como todas as mamães desejam!

Veja Também: Amamentar com Febre – Na Maioria dos Casos é Autorizado Pelos Médicos
Foto: Jengod, Beukbeuk