Cuidar de um bebê pode ser um verdadeiro desafio, principalmente para as mães e pais de primeira viagem, que possuem certa inexperiência. Existem tantos elementos e pontos a serem pensados, que algumas vezes esquecemos de certos detalhes.

Existem certos detalhes sobre a higiene, como cuidar do umbigo do bebê, por exemplo, que são muito importantes, sobretudo nos primeiros dias de vida, mas que muitas vezes acabam passando batido por alguns pais e mães. E se você ainda não sabe qual é a melhor maneira de fazer essa higienização, é sobre isso que iremos falar no texto de hoje.

Por que cuidar do Umbigo do Bebê é tão importante?

O umbigo é a principal fonte de ligação entre uma mãe e o bebê quando ele ainda está dentro dela. É de lá que o cordão umbilical sai e realiza toda a troca de nutrientes para que o bebê se desenvolva durante esses 9 meses. No momento do parto, o cordão é cortado, mas uma pequena parte dele de 2 a 3cm, chamada de coto umbilical, ainda permanece no umbigo do bebê.

Entre os 20 primeiros dias de vida do bebê, o coto cai fica preto e cai, dando lugar a uma pequena ferida, que leva cerca de uma semana para cicatrizar, embora esse processo possa demorar um pouco mais do que 30 dias para acontecer, com um pequeno atraso na caída e na cicatrização.

Podemos concluir então que a importância de cuidar do umbigo do bebê aparece porque essa é normalmente a primeira ferida de sua vida, em um estágio onde ele ainda está extremamente frágil. Tomar as devidas providências para que essa ferida cicatrize da melhor maneira garante que o seu bebê fique livre dos problemas nesse sentido.

Grávida após 3 anos!
"Após 3 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." Lidyane, grávida de 3 meses
Saiba mais!

Passo a Passo Para Cuidar do Umbigo do Bebê

Podemos separar o processo de cuidar do umbigo do bebê em algumas etapas:

  • Com o Coto
  • Após a Queda do Coto
  • Casos de Inflamação

Cada uma dessas etapas demanda um tipo de higienização específico, por isso falaremos separadamente de cada uma delas.

Com o Coto

A higienização do umbigo do bebê deve começar ainda em seus primeiros dias de vida, feita com hastes flexíveis e álcool 70%. As limpezas devem ocorrem cerca de três vezes ao dia e é recomendado que você deixe o umbigo do bebê secar sozinho. É importante também frisar que o uso do álcool não machuca o bebê de nenhuma forma, embora ele possa chorar por sentir o gelado do líquido.

Após a Queda do Coto

Depois que o coto caí e a ferida fica no umbigo do bebê, a rotina de limpeza de seu umbigo deve continuar a mesma, mas a sua atenção deve estar redobrada para que a ferida aberta não infeccione. A cicatrização ocorre normalmente entre sete e dez dias, mas não é necessário se preocupar se ela demorar um pouco mais para acontecer.

Casos de Inflamação

Em alguns casos o umbigo do bebê acaba inflamando. Você consegue verificar isso através de secreções na ferida, vermelhidão e inchaço. Quando isso acontece, você deve levar o seu bebê a um pediatra.

Quando procurar um Médico?

Além de quando o umbigo do bebê está inflamado, existem outras situações em que é necessário procurar um médico, por exemplo, quando a cicatrização demora muito tempo além do normal para acontecer. Nesses casos, o médico vai verificar se o bebê não possui nenhum tipo de problema e pode recomendar alguma pomada que acelere o processo.

É importante que você nunca utilize nenhum tipo de pomada ou medicamento antes de ter uma conversa com um médico, exatamente porque muitas vezes ele irá te explicar que a ferida está cicatrizando, mas de uma forma lenta e que nenhuma atitude precisa ser tomada. Não se desespere, é muito comum que alguns bebês demorem um pouco mais do que outros em diversos aspectos da vida.

Hérnia Umbilical

A hérnia umbilical ocorre quando o coto cai e o umbigo do bebê ainda possui uma pequena saliência. Em alguns casos, é identificada uma outra condição chamada de umbigo saliente, mas o mais comum é que seja uma hérnia umbilical.

Essa condição pode causar certo desconforto ao bebê, fazendo com que ele sinta dores, dificuldades de evacuar e os problemas que aparecem devido a essas dificuldades. Porém, o mais comum é que essa hérnia desapareça espontaneamente em torno de 6 meses, ainda que possa levar mais ou menos tempo dependendo do bebê.

Se ela não sair sozinha, algumas vezes a cirurgia para sua remoção pode se fazer necessária, mas isso é fruto de uma boa conversa com o seu pediatra.

Quando uma mãe se pergunta como cuidar do umbigo do bebê, não quer dizer que ela não sabe cuidar do seu filho ou que não se importa com a sua higiene, muito pelo contrário. É comum que nós não saibamos todos os detalhes sobre a maternidade, mas o importante é pesquisar, correr atrás, saber que existem fontes, procurar um médico quando for necessário e entender aos poucos sobre cada um desses aspectos.

Como citamos no início do texto, ter um bebê abre um universo totalmente desconhecido por nós e nos força a aprender cada vez mais sobre coisas que nem sabíamos que existiam. Esse é sem dúvidas um dos pontos positivos de ter um filho: aprender com ele a todo instante.

Veja Também: Primeira Consulta no Pediatra – Como Escolher o Médico?
Foto: Evan-Amos