Normalmente a grande preocupação das mulheres em relação à cesariana é a anestesia rack, medo da dor, do incômodo ou como irá senti-la na hora da aplicação, mas um ponto que nem sempre é questionado e tem a preocupação que merecia é como é o pós-parto cesariana e quais os seus cuidados?como é o pos parto cesaria 1

A cesariana é considerada uma cirurgia de grande porte, pois além da grande incisão realizada no abdômen cortando várias camadas de tecido e músculo é realizado uma incisão no útero da mulher para retirar o bebê, existindo grandes riscos de infecções e outras complicações mais no pós-parto cesariana. O tempo de recuperação depende de mulher para mulher, algumas que se recuperam melhores em cirurgias conseguem se levantar, tomar banho e fazer o que for necessário sem grandes problemas e complicações, já outras necessitam de um tempo maior para sentirem segurança e conseguirem se levantar novamente.

É natural que no pós-parto cesariana, assim que sair do centro cirúrgico a mulher sinta alguns sintomas incômodos como muito frio, coceira pelo corpo e tremedeira. Esses são efeitos colaterais da anestesia e dos medicamentos utilizados durante o procedimento, mas você pode informar a enfermeira do que esta sentindo, para que ela providencie um remédio para aliviar os sintomas e cobertores para acabar com o frio. Alguns médicos solicitam que a mamãe evite falar por um bom período, pois assim é evitado que gases sejam acumulados fazendo a barriga inchar ainda mais, por isso tente relaxar no pós-cesariana o máximo que puder e se possível durma para descansar.

O prazo indicado e solicitado pelos médicos para que a mulher fique deitada em recuperação no pós-parto cesariana é de 10 a 12 horas, onde no termino desse prazo uma enfermeira solicitará que a mamãe se levante para tomar um banho. Algumas como citamos acima conseguem realizar esse procedimento sem muitos problemas, já outras necessitam da ajuda de uma enfermeira ou ate mesmo do seu acompanhante. Movimentos bruscos ou o simples fato de sentar, se levantar e deitar ficarão complicados principalmente no inicio, deverão ser feitos com o máximo de cuidado devido aos pontos da cesárea. Por isso é sempre indicado o acompanhamento do marido ou algum parente para auxiliar nos cuidados com o bebê desde mesmo a maternidade, em casos onde o bebê fica já no quarto com a mamãe.

Normalmente o tempo de internação para as mamãe que passou por uma cesariana é de 3 dias, obviamente se for encontrado algum problema que deva ter um cuidado melhor, o medico responsável solicitará mais alguns dias ou o tempo que for necessário para liberação tanto da mamãe quanto do bebê.

Riscos do Parto Cesariana

The Kiss

Por mais que seja hoje uma opção muito solicitada por mulheres e indicado por muitos médicos, existem muitos riscos do parto cesariana e que precisam ser alertados para todas as mulheres, pois se trata de uma cirurgia muito delicada. Os riscos vão além da saúde somente da mamãe, pois pode afetar também a saúde do bebê. Em casos de cesáreas agendadas previamente, existem grandes riscos de o bebê ser tirado prematuramente e apresentar problemas respiratórios e precisar de um respirador.

Como toda cirurgia, o risco de infecções é sempre muito grandes fora problemas de cicatrização que podem ocorrer no pós-parto cesariana. Queloides e hérnias são exemplos de problemas que podem surgir durante a cicatrização e no local do corte, também podendo afetar a sensibilidade da região, atingindo cerca de 20% das mulheres no pós-parto cesariana. Quanto à recuperação dos pontos, devem ser lavados normalmente durante o banho com sabão neutro, sem indicação de sabonetes especiais e devem ser retirados após 8 dias da cesárea. Se a mulher estiver sofrendo muito com incômodos e dores na região, poderá tomar analgésicos indicados pelo medico responsável no momento da alta.

Se caso seja observado alguma secreção ou pus saindo do local do corte, o medico deverá ser consultado imediatamente, pois pode ser sinal de uma infecção e devem ser tomados seus devidos cuidados para que não seja agravada a situação.

Veja também: Menstruação Pós Parto – Quando Volta ao Normal e Riscos de Engravidar

Foto: Todd Anderson, Ken Harper