Quando um casal toma a decisão que chegou a hora de ter um bebê, a pressa de acontecer agora é grande. Porém, o que poucos casais sabem é que a gravidez pode ocorrer de fato apenas em alguns dias do ciclo menstrual – no dia da ovulação e nos dias que a antecedem. Então como acelerar esse processo?

Estudos de fertilidade apontam que a maior causa da dificuldade dos casais é tentar no momento errado. Eles simplesmente não sabem ou conseguem identificar quando o corpo feminino está fértil.

Os dias do ciclo menstrual conhecidos como período fértil duram em torno de 6 dias. Eles são diretamente ligados ao tempo de sobrevivência dos espermatozoides no organismo feminino e momento exato da ovulação.

Grávida Feliz na Cama

Um espermatozoide pode sobreviver até 5 dias dentro do corpo da mulher e um óvulo fica disponível para ser fecundado por apenas 24 horas. Com essas informações, e sabendo a data certa da ovulação, é possível intensificar as relações sexuais em torno desses 6 dias.

Mas a maior dificuldade das mulheres está na identificação da própria ovulação. Já que os dias ovulatórios variam de acordo com o ciclo menstrual de cada mulher, algumas podem ter ciclos de 28 dias regularmente enquanto outras variam de mês para mês entre 32 a 35 dias por exemplo. A situação se torna ainda mais complicada quando o ciclo é completamente irregular e imprevisível.

Por isso, vamos desvendar alguns fatos fundamentais sobre a fertilidade feminina:

1. A maioria das mulheres tem ciclos irregulares

Os 28 dias com a famosa continha dos 14 dias após a menstruação ser seu período fértil pode não funcionar para seu ciclo menstrual. Já que é muito comum as mulheres sofrerem com variações de 7 dias a cada mês, muitos ciclos são considerados irregulares. Exatamente essa irregularidade, mesmo que pouca dificulta calcular o dia exato da sua ovulação.

2. O ciclo menstrual depende das suas alterações hormonais

A menstruação parece ser uma regra feminina, quando na verdade o ciclo menstrual é individual. Tudo dependerá dos seus níveis hormonais, por isso o ideal é focar nos sinais do seu organismo e as últimas datas das suas menstruações.

3. Aumento do hormônio luteinizante (LH) antes da ovulação

Apesar do ciclo menstrual ser totalmente individual, uma coisa é comum entre todos: a elevação do hormônio LH 24 a 48 horas antes da ovulação.

4. Como identificar a ovulação através do hormônio LH?

Identificar o aumento desse hormônio é o melhor método para saber quando estará no período fértil. Para isso existem diversos métodos como: temperatura basal, tabelinhas ou até mesmo a observação dos sintomas da ovulação.
Contudo, com todos os métodos citados, nenhum oferece praticidade e precisão total devido a variação do ciclo de cada mulher. O único método que identifica a ovulação de forma rápida e exata, assim como o aumento do hormônio LH é o teste de ovulação.

O teste de ovulação Confirme pode ser realizado em qualquer lugar, identificando sem mistérios os seus 2 dias mais férteis do ciclo. Estudos realizados com diversos casais em tentativa de engravidar apontaram que 80% deles conseguiram engravidar utilizando o teste de ovulação. Isso também é lógico porque outros casais dificilmente descobrem sua janela fértil.

Para evitar desgastes emocionais como lidar com crises de ansiedade ou estresse é reconfortante ter um método com funcionamento comprovado. O teste de ovulação Confirme identificará antecipadamente seu período de ovulação e permite manter relações sexuais nos dias exatos, aumentando de forma significativa suas chances de engravidar rapidamente.

Este conteúdo foi apresentado por Confirme.