Como Entrar em Trabalho de Parto

Ao longo da gestação o corpo da mulher vai se preparando para o grande dia, o parto. E quanto tempo esse momento pode demorar? Como saber que chegou a hora e como entrar em trabalho de parto? Muitas são as dúvidas ao decorrer do tempo gestacional, mas acredite na hora você saberá que chegou o momento e que irá conhecer o seu presente de Deus!

O que Fazer para Entrar em Trabalho de Parto?

O trabalho de parto ocorre sempre diferente de uma mulher para outra e dificilmente você saberá o momento exato que ele iniciou, afinal é uma junção de fatores e sintomas que te acompanharão até o momento da expulsão do bebê.

O trabalho de parto ativo só começará quando seu corpo e o bebê estiverem prontos realmente para o parto. O colo do útero vai se afinando ou conforme termo dito pelos obstetras vai se apagando e dilatando até chegar os 10 centímetros necessários para a saída do bebê.

Esse fato é observado através do exame de toque realizado por enfermeiras e médicos. Mas vale ressaltar que nem sempre a dilatação ocorre quando o trabalho de parto já esta ativo e nestes casos é necessária intervenção medica para que o parto não ocorra prematuramente.

Sinais de Trabalho de Parto

Dores lombares seguidas de fortes cólicas são sintomas do trabalho de parto e podem iniciar quase que imperceptíveis e indolores e vão se intensificando cada vez mais até o nascimento do bebê. Essas dores podem ocorrer semanas antes do dia do nascimento, indo e voltando, aumentando e desaparecendo e são chamadas de contrações de Braxton Hits ou explicando melhor, um treinamento intensivo do trabalho de parto.

Uma secreção parecida com um muco amarronzado, transparente ou com traços de sangue poderá começar a sair e ser notado a cada ida ao banheiro. Esse muco é o tampão que cobre o útero e tende a sair antes do parto.

Saída do Tampão

Esse fato é considerado um sinal que o trabalho de parto esta próximo, mas infelizmente não é possível saber o momento certo que se iniciará. O tampão pode sair dias ou até semanas antes da data do parto, portanto não se deve desesperar quando notar a saída dele.

Rompimento da Bolsa

Muitas têm duvidas sobre o rompimento da bolsa e se no momento que estourar se já esta em trabalho de parto e a resposta é não! Nem sempre a bolsa se rompe já com o trabalho de parto ativo ou anunciando o inicio dele. O trabalho de parto só é confirmado com a presença de contrações ritmadas e na ausência delas pode ser necessária a indução do parto ou uma cesariana visando proteger o bebê de possíveis infecções que podem ocorrer já que o bebê já esta sem a proteção do saco amniótico.

Como Acelerar o Trabalho de Parto

O trabalho de parto inicia-se de forma natural normalmente entre a 37º e a 40º semana da gestação e é o momento em que seu corpo e o bebê se mostram prontos para agir. Mas existem alguns métodos que auxiliam o corpo a entrar em trabalho de parto mais rápido e conseguem acelerar para que além de ocorrer mais rápido seja de menos tempo possível até o momento da expulsão.

Como um bebê pra ser a termo deve nascer a partir da 37º gestacional,  antes desse período não é indicada nenhuma forma de indução para o trabalho de parto, ainda mais se a mulher sofre com pré-eclâmpsia ou apresenta quadro de placenta prévia.

Atividades que Ajudam o Trabalho de Parto

Médicos indicam a caminhada com passos acelerados de preferência 1 hora pela manha e 1 hora pela tarde. A caminhada auxilia o bebê a descer cada vez mais em direção à pélvis e a pressão dele sob o útero aumenta a produção de ocitocina responsável pelas contrações uterinas.

Esse método também é aconselhado inclusive quando se inicia o trabalho de parto auxiliando na aceleração do processo e aliviando as dores. Manter relações sexuais regularmente no final gestacional também é outro método eficaz, já que a o contato intimo produz ocitocina e estimula o útero, auxiliando inclusive a amolecer o colo uterino. Esse método só não é recomendado para gravidez de risco e após o rompimento da bolsa amniótica, já que pode colocar o bebê em risco de contaminação.

IMPORTANTE:Não faça e nem siga nenhuma dica caseira sem antes verificar com seu obstetra. O que pode ser bom para uma pode ser perigoso para a outra.

Acupuntura

Outros meios como acupuntura também são métodos utilizados e aconselhados, mas devem ser realizados por acupunturista profissionalizado em gestantes, já que é necessário fazer no ponto adequado e específicos do corpo para estimular as contrações e poder entrar em trabalho de parto.

A ingestão de óleos como o de prímula e de rícino também são apontados como eficaz, porém deve ser utilizado somente com recomendação medica já que podem causar diarreias fortes e até mesmo desidratação. O uso deve ser feito com a dose especifica e orientada pelo obstetra para cada caso.

Alimentos que Estimulam

O chá de folhas de framboesa é um método muito utilizado e recomendado por muitas doulas, que afirmam que além de fortalecer o útero, faz com que o trabalho de parto ocorra mais rápido e de forma menos dolorosa.

Alimentos apimentados e chá de canela são receitas antigas taxadas como estimulantes ao trabalho de parto, mas médicos não recomendam esse método por poder causar problemas a saúde da gestante assim como seu bem estar.

Veja também: Sinais de Trabalho de Parto Na Reta Final da Gestação

Foto: Andressa Sipaúba