Um dia desses estava conversando com uma amiga e ela estava me contando tudo o que fazia para o marido, coisas do tipo mimo para o love como dar comida na mão rs ou a atenção exclusiva para o maridão. Claro, afinal recém-casados ou mesmo se for casados há um tempo a vida é muito, muito diferente de quando se tem um bebê. Eu mesma me lembro de tudo que fazia para o meu amor quando éramos apenas nós dois, acho que foi uma fase linda, romântica e que foi vivida intensamente, claro tentamos manter romantismo porém os filhos chegaram e a rotina que antes era apenas de um casal mudou… A gente tem mania de romantizar demais a situação e as vezes não tem ideia dos problemas que podem aparecer como o ciúmes de pai com o filho e a mamãe por exemplo.

Quando o casal é unido em um sonho de ter um bebê, as coisas podem ser muito mais fáceis, mas há casos em que após o nascimento o papai passa a sentir falta da esposa, de como era antes da gravidez e nascimento. Mas não que ela não esteja presente, apenas está lá de uma forma diferente. Quando acontece a gravidez, ainda sim são duas pessoas convivendo, depois que o bebê nasce passa a serem 3, e a vida, atenção e cuidados da mulher passa a serem especialmente para o bebê, o papai pode ficar “de lado” na história toda.

Claro que são casos e fatos isolados, mas acontece sabia? sim o papai pode começar a ter ciúmes do próprio filho com sua esposa. Hora por pensar ser deixado de lado, ora por não ter mais toda atenção exclusiva e mimos que tinha antes do bebê nascer. Parece uma disputa, mas gente, não é. Esse sentimento é normal e é super compreensível, afinal a vida muda muito com o nascimento de uma criança. Mas a mulher pode ficar perdida nesse campo de “disputa” e ciúmes, as noites em claro, as mamadas e toda a nova adaptação tem que ter a colaboração do marido, papai e companheiro. Tudo se torna muito mais fácil quando há sintonia, e quando surge uma situação em que o homem não entende as mudanças e às vezes não aceita. Então como lidar com essa situação tão complicada?

Diálogo, sempre diálogo. Acho que o sentimento de pai pode ficar ainda um pouco confuso logo após o nascimento, e ainda há a história do resguardo pós parto que pode agravar ainda mais. A rotina sexual do casal vai ser afetada com certeza. Quem já tem bebê sabe disso, a cada gravidez, cada filho que vem ao mundo a vida sexual fica “prejudicada”. Os momentos íntimos são cada vez mais espaçados e sempre quando o bebê “deixa” rs. Analisar o comportamento também pode ajudar, será que o motivo das queixas do seu companheiro são verdadeiras? A gente fica tão envolvida com a maternidade que pode negligenciar o casamento, o convívio marido-mulher, passa a viver apenas esse momento que é mágico para a mulher, para o casal como um todo. Jamais podemos deixar que o lado materno tome conta do casamento. É fundamental que a relação entre o casal seja um momento especial como antes, apesar do cansaço e de todas as responsabilidades.

Os porquês desse ciúme acontecer podem ser vários, entre eles o homem pode ficar inseguro com o nascimento, a responsabilidade que chega junto com um bebê e também a importância que tem dentro dessa situação toda. Embora seja uma situação em que o casal esteja envolvido, as mudanças podem ser demais para uma pessoa que tem resistência ao novo e também pode haver certa disputa pela atenção.

Um, o bebê é o fruto do amor de duas pessoas e não deve ser motivo de desentendimento entre o casal, o bebê deve unir as duas partes, mas as vezes o sentimento do ciúme que é controverso acaba invadindo a nova situação. Cabe a nós mulheres sabermos dosar as atitudes e também ajudar ao papai nessa fase difícil. Envolver cada mais nas atividades e lembrar que antes de tudo vocês são um casal e namorar é fundamental para uma relação continuar dando certo mesmo com a chegada dos filhos. Momentos a sós podem se tornar mais raros, mas tente aproveitar esses momentos e até mesmo pode ajudar com que esse momento possa existir mais vezes. Peça ajuda a vovó do bebê, a uma tia ou amiga, elas podem ajudar muito ficando com o bebê para um momento a sós do casal.

Enfim, fazer com que o marido sinta que a sua esposa ainda está ali é fundamental. Agora são pais, mas o amor de casal jamais deve ser deixado de lado.
Conversar é o segredo de tudo!

Veja Também: Relação sexual pós parto

Foto: Extra Medium