O sonho de ter um filho muitas vezes pode ser interrompido por algum problema, seja com a mulher ou com o homem. Isso já foi motivo de muita preocupação e até mesmo desespero para muitos casais, mas com todos os avanços da medicina, já é possível encarar essa situação com um pouco mais de calma e paciência hoje em dia.

Sabe-se que os fatores femininos são os que mais são afetados e até mesmo por isso as mulheres costumam se preocupar mais quando o casal está tentando engravidar. Por outro lado, não podemos descartar que também existem fatores exclusivamente masculinos que podem fazer com que a fertilização não ocorra.

Se existem essas suspeitas, você precisa saber como convencer o marido a fazer exames de fertilidade para ter certeza da origem desse problema e, a partir daí, encontrar soluções para ele.

É claro que essa é uma decisão que tem que ser tomada pelas duas partes, mas é importante também que tanto a mulher quanto o homem estejam comprometidos com os exames de fertilidade para que o sonho de ter um filho e começar uma família se realize.

E para falarmos sobre o assunto do texto propriamente dito, antes precisamos falar sobre os exames de fertilidade masculinas e como eles são feitos.

Exames de Fertilidade Masculina

Existem diversos tipos de exames que podem ser feitos para testar a fertilidade masculina. Nem sempre é necessário que todos eles sejam realizados pare se chegar a uma conclusão, mas pode ser que um médico peça até mesmo para que eles sejam refeitos, dependendo dos resultados de cada um. Os principais exames de fertilidade masculina existentes são:

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
  • Exame Clínico
  • Espermograma
  • Biópsia Testicular
  • Ultrassom Testicular
  • Teste de Dosagem Hormonal

Vamos falar sobre como cada um deles funciona para que você possa entender melhor como eles podem ajudar.

Exame Clínico

É geralmente o primeiro exame feito por um urologista quando o homem faz uma visita. É no exame clínico que diversas das condições de saúde do homem também são analisadas, já que isso também pode influenciar na infertilidade.

Nele, o médico avalia o tamanho dos testículos e se há algum tipo de inflamação ou qualquer outro tipo de problema. É depois do exame clínico que os outros são pedidos pelo médico.

Espermograma

É um dos exames mais conhecidos para homens e também um dos mais simples de se fazer. Trata-se de uma análise clínica dos espermatozoides do homem. Ele deve ejacular em um recipiente, onde essas células serão guardadas e analisadas por um laboratório.

A contagem de espermatozoides no líquido ejaculado pode indicar sinais de boa fertilidade ou infertilidade masculina.

Biópsia Testicular

Quando um homem não apresenta gametas em seu esperma, o médico provavelmente irá pedir uma biópsia testicular. Trata-se de um pequeno procedimento cirúrgico simples e sem riscos que recolhe espermatozoides direto do testículo para serem analisados por um microscópio e entender se o problema está na origem de sua produção ou no caminho.

Ultrassom Testicular

Nesse exame, é possível obter imagens mais detalhadas sobre toda a área do saco escrotal. Com ele, um médico pode identificar diversos problemas que um homem pode ter e que podem afetar a sua fertilidade como cistos e nódulos, por exemplo.

Teste de Dosagem Hormonal

Quando a produção de hormônios de um homem tem algum problema, isso pode acabar afetando a sua fertilidade e, por essa razão, um médico pode pedir que seja feito um teste de dosagem hormonal. Geralmente são realizados os seguintes testes:

  • Dosagem de testosterona e testosterona livre
  • Dosagem de prolactina
  • Dosagem de LH (hormônio luteinizante)
  • Dosagem de DHT (diidrotestosterona)

É importante lembrar que os níveis de cada hormônio podem variar muito de pessoa para pessoa e depende de fatores como a idade, o peso e até mesmo os hábitos de vida de cada um.

Dicas de Como convencer o Marido a Fazer Exames de Fertilidade

Uma vez que você já conhece o funcionamento de todos eles, existem algumas formas de convencer o seu marido a fazer exames de fertilidade. Vamos dar algumas dicas de como abordar esse assunto sem que você o afaste ou o assuste de qualquer maneira, fazendo-o se sentir seguro e confortável.

Identifique o porquê de ele não se sente confortável em fazer esse tipo de exame e pense em modos de argumentar em cima disso. Você com certeza não encontrará muitas dificuldades em criar argumentos com as dicas que daremos a seguir.

Explique o Funcionamento dos Exames

Como você pôde perceber aqui, o funcionamento dos exames é algo bastante simples, no geral. A cabeça de um homem muitas vezes pode estar repleta de mitos ou crenças que não são verdadeiras sobre esse tipo de exame. Tente apresentar para ele e mostrar que não existe nenhum bicho de sete cabeças, que eles são indolores e fáceis de serem realizados.

Fale Sobre a Importância deles Para você

O amor precisa falar mais alto. E se o planejamento é dos dois, os exames do homem também têm uma grande importância para a mulher. Argumente sobre como ele também estar comprometido com o plano de ter um filho é importante para você.

Explique que tanto o homem quanto a mulher têm uma participação extremamente importante nesse processo e que ele fazer a parte dele significa muito para você. Falar para ele que a responsabilidade é dos dois vai fazer com que o homem entenda a importância disso.

Faça ele se Sentir Seguro

Se você já fez seus exames, é um ótimo exemplo de mostrar para o seu marido que não há nenhum problema. O incentivar a pesquisar sobre como esses exames são feitos é uma ótima alternativa.
Dessa forma ele vai perceber que não há riscos e quebrar muitas das crenças irreais que ele pode ter sobre esse tipo de exame. Muitas vezes o maior bloqueio é a própria mente do homem e o ajudar a perceber isso é também o fazer se sentir mais seguro em relação ao próprio corpo e aos exames.

O casal precisa saber que a infertilidade é um problema dos dois, mesmo que apenas um possua dificuldades para a fertilização. É necessário que exista apoio mútuo e companheirismo para que o casal possa buscar todas as soluções possíveis para resolver esse problema.

Lembre-se que isso é uma coisa que acontece com muitos casais, até porque, como já falamos anteriormente, a fertilidade do ser humano é relativamente baixa, o que significa que é comum questões como essa existirem.

Siga as orientações médicas e nunca perca o apoio mútuo do casal, pois isso é o mais importante para que vocês possam passar por essa fase juntos e cada vez mais fortes.

Veja Também: Azoospermia: O que é, Quais as Causas e Tratamentos
Foto: sciencefreak