O corpo feminino vai se adequando a cada mudança do ciclo e com isso, sinais que indicam essas alterações ocorrem. Um desses sinais do corpo feminino é o corrimento marrom. Sinal tão comum no decorrer da vida feminina, mas que causa muitas dúvidas.

Para as mulheres que tomam anticoncepcional, ou após o uso da pílula do dia seguinte e até mesmo para as tentantes que ficam em estado de alerta para cada sinal diferente do corpo. O que esse corrimento marrom pode significar? Será que pode ser indicação de uma gravidez?

O que é Corrimento Marrom?

O corrimento marrom pode ser indicativo de vários fatores e se apresentar com características diferentes. Pode ser um corrimento mais escuro que o normal, as vezes com aparência de borra de café, ou em tom amarelado. Mas uma coisa é fato, quando ocorre é porque existe uma pequena quantidade de sangue em sua composição.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Principais Causas do Corrimento Marrom

O corrimento vaginal marrom é considerado uma ocorrência comum na vida feminina, mas nem sempre é ocasionada por fatores naturais. Em alguns casos, esse corrimento com cor escura pode ser indicativo de infecções, como é o caso da vaginose bacteriana.

Pouco se fala sobre isso, mas grande maioria dos casos de corrimentos crônicos são ocasionados pelo uso de preservativos produzidos em látex. Isso ocorre, porque a mucosa vaginal por ser tão sensível, pode apresentar reações alérgicas ao material do preservativo e com isso desregular o PH natural da vagina, se tornando um ambiente perfeito para a proliferação de bactérias que ocasionam infecções vaginais.

Outro fator muito recorrente, que grande maioria das mulheres acreditam que estão fazendo bem, quando na verdade, estão prejudicando sua saúde, é a realização da famosa “duchinha”. O uso da ducha vaginal oferece uma limpeza tão profunda na área da genitália, que acaba retirando toda proteção natural da área, alterando a qualidade da flora vaginal e permitindo a entrada de bactérias invasivas, ocorrendo infecções e automaticamente a presença de corrimentos.

O uso constante de sabonetes íntimos ou sabonetes com perfume muito forte, assim como hidratantes, cremes vaginais e lubrificantes, principalmente aqueles com sabor e aroma, oferecem grande risco a saúde vaginal, além de descontrolar completamente a qualidade da flora vaginal e do PH natural.

É necessário observar os sintomas em conjunto da presença do corrimento marrom. Se acompanhado de odor desagradável, ardência ao urinar, coceira e inchaço da área, além de persistir por mais de 3 dias, seu médico deve ser consultado para verificação, exames avaliatórios e o devido tratamento.

Quando é Normal o Corrimento Marrom?


Mesmo podendo ser indicativo de alguma infecção, quando acompanhado de outros sintomas desagradáveis, o corrimento marrom também pode acontecer devido alguns fatores naturais e ocorrências comuns como:

Corrimento Marrom é Sintoma de Gravidez?

Essa é uma dúvida muito recorrente nos consultórios médicos, se a presença de corrimento marrom é um indicativo de que a mulher está grávida. Na verdade, a resposta é sim e não! E vamos entender porque.

A presença de corrimento marrom como fator natural pode acontecer devido a descontroles hormonais e por isso pode ter ligação com a gravidez. Já que neste período, os hormônios viram turbilhões e se alteram rapidamente, provocando alguns sinais. Mas devemos considerar que a ocorrência de corrimento marrom pode ser ou não uma gravidez, então o melhor é não criar expectativas e nem levar em consideração como indicativo de uma gestação se iniciando.

Corrimento Marrom ou Sangramento de Ovulação?

Muitas mulheres se surpreendem com a presença de uma “sujeira” marrom bem no meio do ciclo e acabam ficando em dúvida do que se trata. Nem sempre o corrimento marrom pode ser indicativo das causas relatadas acima, mas também um sangramento de ovulação.

Em alguns casos, de ovulação tardia, o sangramento de ovulação também pode ocorrer no final do ciclo, bem próximo a data da menstruação chegar. Vem com um aspecto de borrão marrom ou uma gosma elástica de cor marrom.

Corrimento Marrom ou Início de Menstruação?

Outro fator que pode vir a confundir as mulheres, é quando a presença de um muco com cor marrom ou reconhecida como corrimento marrom acontece muito próximo da data da próxima menstruação.

Pode trazer preocupação quando ocorre, já que a espera é pelo fluxo sanguíneo considerado normal, com cor de sangue vivo. Mas em alguns casos, o início da menstruação pode ser marcado por um corrimento marrom, que na verdade é o fluxo normal, mas com coloração diferente.

Corrimento Marrom Após Uso de Pílula do Dia Seguinte

A pílula do dia seguinte está no topo da lista dos principais causadores de corrimento marrom na vida feminina. Isso porque, esse pequeno comprimidinho é uma verdadeira bomba hormonal e eleva bruscamente os seus níveis de progesterona, reduzindo as chances de você engravidar (sim, pílula do dia seguinte não é 100% confiável!).

A sua ingestão pode provocar a antecipação da menstruação, ou simplesmente a ocorrência de um corrimento marrom que causa verdadeiro pânico na mulherada, que já imagina que a pílula falhou e está grávida. Quando na verdade, o corrimento marrom é um sinal do descontrole hormonal que seu corpo está sofrendo neste momento.

Aliás, o indicado após o uso de pílula do dia seguinte é aguardar até a data da próxima menstruação e fazer um teste de gravidez para confirmar. Vale alertar, que a pílula do dia seguinte não deve ser utilizada como método contraceptivo. Ela é uma opção de emergência

e deve ser utilizada em casos extremos, quando o método contraceptivo é esquecido ou falha por algum motivo. A pílula do dia seguinte não deve ser utilizada mais que uma vez por mês, o que pode provocar a perca do efeito do método, e uma gravidez indesejada acontecer.

IMPORTANTE: Se prevenir é a melhor forma de evitar uma gravidez, use camisinha!

Corrimento Marrom na Gravidez

Durante a gravidez, a presença de um corrimento marrom pode ser desesperadora. Obviamente a gestante irá pensar que tem algo de errado com a gestação, que se trata de um aborto e que seu bebê está em risco. Mas calma, não é nada disso! A presença do corrimento marrom na gravidez pode ser devido a diversos fatores considerados comuns durante a fase gestacional ou não, então é necessário analisar cada caso.

O primeiro fator a ser observado é a quantidade desse corrimento e qual a frequência que ele aparece. Quando acontece logo no início da gestação, no primeiro trimestre pode ser sinal do sangramento de implantação, que é a “secreção” de cor marrom que pode acontecer quando o embrião é implantado. Esse sangramento recebeu nome de nidação.

Mas como está no início gestacional é necessária cautela e observar a intensidade e quantidade desse corrimento. Caso seja em uma quantidade maior, pode ser indicativo da perda de endométrio, local este, onde o embrião está fixado e em desenvolvimento.

Portanto, fique de olho e caso esse corrimento marrom for em grande fluxo e vir acompanhado de pedaços e coágulos de sangue, você deve procurar seu obstetra para confirmação.
Durante o início gestacional, a ocorrência de corrimento marrom pode acontecer também devido ao descontrole hormonal que fica uma loucura nessa fase. Neste caso, o surgimento do corrimento acontece devido à baixa do hormônio e com isso ocorre pequenos escapes. O médico deve ser informado para acompanhamento e realização de exames se necessário.

Algumas mulheres também relatam o surgimento do corrimento marrom no final gestacional e podem confundir com o início do trabalho de parto ou que esteja perdendo sangue. Mas essas ocorrências normalmente estão relacionadas a mulheres portadoras de endometriose ou que possuem placenta prévia. Pode ser um indicativo também do descolamento de placenta! Portanto, se viu algo de diferente procure o consultório do seu obstetra para tirar suas dúvidas e poder curtir os últimos dias de barrigão em paz!

Veja Também: Menstruação Borra de Café – O que é?
Foto: Pxhere