Criar filhos nem sempre é a tarefa mais fácil do mundo. Na verdade, muitas vezes essa tarefa pode parecer a mais difícil e uma verdadeira missão para a vida. No processo de educação de outro ser humano, é normal se sentir perdida ou até mesmo sentir que você não está dando conta do recado. Existem situações, por exemplo, como quando pegamos uma criança falando palavrão, que não sabemos o que fazer para lidar com a situação.

Nesses momentos, buscar ajuda se necessário é essencial para que a criação dos seus filhos não tenha nenhum problema e para que você consiga controlar a criança não de uma maneira punitiva, mas que a faça entender o que ela está fazendo de errado. Sim, muitas vezes pode ser uma tarefa muito difícil e trabalhosa, mas que precisa ser feita para que essa missão de educar um ser humano siga tranquilamente.

Crianças que se comportam de maneira inadequada não são exceções. Na verdade, existem diversas fases da infância onde é necessário passar por isso para que elas possam crescer e aprender a conviver em sociedade, algumas dessas fases com mais intensidade, outras com menos.

Mas para entender como lidar com um problema como a criança falando palavrão, por exemplo, precisamos pensar não só em como ela pode parar de agir assim, mas também por que ela começou com isso e qual é a melhor maneira de fazê-la entender que isso não é um comportamento adequado. A verdadeira tarefa e as principais dificuldades estão exatamente nesse ponto.

Por que a Criança está falando Palavrão?

Investigar as causas da criança estar agindo dessa forma é essencial para você lidar com esse problema. Preste atenção, primeiramente, no exemplo que os pais estão dando para a criança. Será que ela considera normal tomar esse tipo de atitude? Será que ela considera bom esse tipo de atitude? Olhar para si mesmo é importante para corrigir o problema.

É claro que, apesar de ser grande, a influência que os pais têm sobre a criança não é a única e ela pode estar falando palavrão a partir de outras influências como amigos, outros adultos ou até mesmo a televisão. Se o caso for o último, é hora de pensar sobre as suas regras com o seu filho no que diz respeito a horários e programas assistidos

Saber de onde vem os palavrões da criança por alguns motivos. Primeiro porque a curiosidade faz parte da infância, ou seja, muitas vezes ela nem sabe que está fazendo algo de errado e está curiosa sobre uma nova palavra que ouviu em algum lugar.

O problema é um pouco diferente quando a criança sabe que certas palavras vão causar determinadas reações nos adultos, principalmente em seus pais. Nesse caso, o tratamento com ela precisa ser diferente.

Como os Pais devem agir?

Ignorar o palavrão pode ser uma boa estratégia para que a criança pare de usar essas palavras. Entretanto, é necessário saber até que ponto pode-se ignorar, já que algumas vezes elas não vão parar de falar naturalmente, como é o esperado.

Dependendo da idade da criança, você pode conversar com ela sobre o que ela está fazendo de errado para fazê-la entender que não deve falar palavrões. É importante que essa conversa não tenha um tom de bronca nem de punição, pois pode acabar fazendo com que ela use os palavrões como uma arma quando quiser provocar ou até mesmo chamar a atenção.

Apesar de tudo, o que faz com que as crianças repitam essas palavras são exatamente as reações que os adultos têm delas. Achar graça ou ficar muito bravo pode fazer com que ela repita a palavra, entendendo que aquilo tem algum significado e que pode afetar outras pessoas. Por isso, agir com indiferença e conversar pode ser uma das melhores saídas para que uma criança falando palavrão não tenha mais esse tipo de comportamento.

O Que Fazer Para Acabar com os Palavrões

Existem diversas atitudes que pais podem tomar para fazer com que uma criança falando palavrão pare de agir dessa maneira. É claro que cada uma dessas atitudes vai depender da idade da criança e de aspectos individuais, mas normalmente essas atitudes acabam resultando positivamente.

  • Ignore – Como já falamos, é uma das melhores formas de fazer com que a criança não repita o palavrão, já que ela irá perceber que isso não tem nenhum efeito nos adultos.
  • Ensine palavras divertidas que podem substituir os palavrões.
  • Imponha limites – Quando necessário, o uso de castigos pode funcionar. Tirar alguma coisa que a criança gosta, por exemplo, pode ensina-la a não repetir o palavrão. Mas para que isso funcione você tem que cumprir com a sua palavra ou a criança vai pensar que sempre estará no controle da situação.
  • Dê o exemplo – Não fale palavrão na frente das crianças. O exemplo dos pais é uma das coisas mais importantes e valiosas para uma criança.
  • Converse – Explicar para a criança que aquilo pode ser ofensivo pode funcionar muitas vezes.
  • Não estimule – Por mais que pareça engraçado algumas vezes, é importante se manter neutro para não estimular a criança a continuar usando esse tipo de palavreado.

Como dissemos no início do texto, ser responsável pela educação de outro ser humano é uma verdadeira tarefa para as nossas vidas e, por mais que a gente tente, sempre irão existir problemas como a criança falando palavrão e outros tipos de comportamentos inadequados.

Mesmo que cada caso seja diferente, que cada criança tente chamar a atenção dos pais por um motivo diferente e passe por problemas individuais, muitas das coisas que podemos fazer vão funcionar em todos esses casos. Buscar ajuda para entender como lidar com os filhos é necessário e muitas vezes benéfico para que você possa abrir os seus olhos para outras formas de criação também. Afinal, para continuar com essa missão, precisamos de todo tipo de preparação possível.

Veja Também: Criança Mentirosa – Como Lidar?

Foto: Pixabay