Cuidados na Gravidez – Dicas e Sugestões Para Tranquilidade da Gestante

Cuidados na Gravidez - Dicas e Sugestões Para Tranquilidade da Gestante 2

Muito se falava há tempos atrás de que gravidez não é doença e que a mulher pode levar uma vida normal na gravidez, porém essa nova fase da mulher exige sim cuidados na gravidez. Inicialmente até as 12 semanas os médicos recomendam certo cuidado e observação por parte da grávida, sem cometer exageros e manter certos cuidados na gravidez inicialmente pelo risco de perda, isso claro dependendo do estado de saúde da mulher. Se já inicialmente a gestante teve sangramentos e teve que fazer algum tipo de repouso, os cuidados na gravidez devem ser redobrados e claro, com acompanhamento médico.

Passado o tempo de risco, alguns cuidados básicos na gravidez podem ser um detalhe para uma gestação tranquila e quase confortável, apesar dos desconfortos corriqueiros existentes nessa fase, evitando certas coisas e adquirindo hábitos de outras apropriadas para a gravidez. Em primeiro lugar, a escolha do médico que irá acompanhar a gestação é fundamental, atualmente mulheres que tem planos de saúde tem tido problemas com a escolha do profissional pela resolução tomada por uma parte da classe de Ginecologista/obstetra, alguns médicos de consultórios particulares, tem feito o acompanhamento pré natal porém não fazem o parto da paciente pelo plano de saúde, apenas com pagamento particular. Portanto, um dos cuidados na gravidez se refere a decisão de ter que pagar o parto particular ou ter o bebê pelas mãos do plantonista da maternidade. Claro que a tranquilidade de ter um profissional em que se confia a frente da gestação faz toda a diferença para a grávida.

A verificar a carência do plano de saúde também é importante, ter ciência de quais procedimentos devem ser tomados para não se preocupar mais adiante com a chegada da data do parto. Se o parto vai acontecer pelo SUS então, fazer religiosamente o acompanhamento pré natal com o médico do posto e também saber onde será provavelmente o parto quando chegar a hora. Visitar a maternidade dará uma boa dimensão de como será o atendimento na hora do parto, a maioria das maternidades particulares ou publicas possuem dias e horários para visitação das futuras parturientes.

Médico e maternidade escolhidos, é hora de fazer exames para ver se está tudo bem, a partir disso aí começar com a ingestão de vitaminas receitadas pelo médico. O ideal é começar a tomar ácido fólico já na tentativa de engravidar, caso não seja esse o possível, deve-se começar a ingestão tão logo descoberta a gravidez. O ácido fólico é um forte aliado contra má formação no feto, e as demais vitaminas se encarregam de uma nutrição suficiente para mãe e bebê.

Alguns cuidados na gravidez para o dia a dia da gestante

Alguns outros cuidados na gravidez devem ser tomados no dia a dia, são detalhes que podem fazer toda a diferença tanto na segurança da gestante para evitar acidentes e também para o bem estar do bebê que está por chegar. Um bom exemplo são os sapatos de salto alto, algumas mulheres amam salto alto, porém na gravidez podem se tornar um desconforto ou mesmo um risco. Isso porque a gestante perde um pouco o equilíbrio com o crescimento da barriga, o eixo da coluna se desloca para frente para suportar o peso do bebê e da gestação e ai o uso de saltos altos demais pode causar quedas a gestante. Por isso, a recomendação médica é deixar os saltos para depois da gravidez. O uso e protetor solar para evitar manchas na pele é essencial!

A ingestão de alguns alimentos também devem ser evitados na gravidez. Alimentos como:

  • Peixe cru Frutos do mar (camarão, lula, polvo etc)
  • Carnes mal passadas e laticínios não pasteurizados
  • Frios embutidos (salsicha, salame, mortadela etc)
  • Alimentos enlatados sem fervura

Isso porque algumas bactérias podem se alojar nesses alimentos, no caso dos frutos do mar, uma intoxicação alimentar causada por eles pode ser muito séria na gestante. Sem contar o risco de uma crise alérgica. Alguns tipos de carnes mal passadas podem transmitir toxoplasmose para a gestante e como já dito aqui, essa doença pode causar má formação no bebê se adquirida durante a gestação.

Os alimentos enlatados em conserva correm o risco de conter a bactéria do botulismo, que pode levar a gestação a um sério risco de adquirida. Para consumir os vegetais como palmito e cebolinhas em conserva, aconselha-se a fervura dos vidros em água por aproximadamente 5 minutos antes de abrir para acrescentar em alguma receita. Evitar muito consumo de cafeína durante o inicio da gravidez também é uma boa dica, alguns estudos dizem que a cafeína pode levar ao aborto, não será preciso cortar o cafezinho da alimentação, apenas se o consumo extremamente alto deve ser evitado. Adoçantes também são vetados na gravidez, a menos que a mãe esteja em processo de restrição de açúcar, o médico pode vetar com razão alguns adoçantes como aspartame e alguns como a frutose que são de origem natural podem ser liberados.

Outro ponto crucial dos cuidados na gravidez é o abandono de hábitos que possam prejudicar o bebê como fumo e álcool. O uso de medicamentos também deve ser orientado pelo obstetra que acompanha a gravidez. Se exercitar durante a gravidez é fundamental, se a gestante gosta e já praticava anteriormente, o médico provavelmente vai liberar sem problemas, mas deixe para iniciar a academia de musculação depois do resguardo do parto. Pintar os cabelos também merecem atenção especial, deve-se haver cuidados quanto a escolha da tintura e evitar tintas com amônia. Na gravidez atividades como caminhadas e hidroginástica são ótimas para mãe e bebê. Por em prática essas dicas de cuidados na gravidez pode ajudar e muito a evitar dores de cabeça na gestação e na hora do parto. Tem alguma sugestão de cuidados na gravidez? deixe nos comentários.
Faça do seu obstetra seu melhor amigo.

Até a próxima.

Veja também: Mudanças no Corpo Durante a Gravidez – O Que Esperar

Foto: Acervo Pessoal