É muito comum que bebês tenham aquela fase em que choram excessivamente por conta do crescimento dos dentes. Esse com certeza não é um processo totalmente indolor e o choro deles realmente acontece por algum motivo. Mas se engana quem acha que os dentes só nascem nas crianças ou nos bebês. Muitos adultos sofrem com o nascimento do tão famoso dente do siso e podem, inclusive, ter problemas por conta dele. Mas o que é exatamente o dente do siso? Por que ele demora tanto a nascer? É sempre preciso extraí-lo? Essas e outras questões serão respondidas no texto de hoje. Leia agora e confira!

O que é o Dente do Siso?

Também conhecidos como terceiros molares, os dentes do siso são os últimos a nascer em um ser humano. Sua erupção ocorre normalmente entre os 17 e os 21 anos, mas existem relatos de dentes que nasceram ainda depois desse período. Os dentes são quatro, sendo dois na parte inferior e dois na parte superior, um de cada lado, é claro.

Pelo fato de nascerem em uma fase onde a nossa formação corporal está praticamente completa, muitas pessoas simplesmente não possuem muito espaço na boca para que eles nasçam, fazendo com que sua erupção se torne um problema. Outra coisa comum de acontecer é o nascimento desses dentes se dar de forma incorreta, o que pode causar inflamações e diversas complicações para uma pessoa.

Por que a Extração do Dente do Siso precisa ser feita?

Quando uma dentista verifica os dentes do siso de um paciente, ele leva diversos aspectos em consideração antes de decidir que a extração deve ou não ser feita. Alguns desses aspectos são:

  • Se há ou não espaço para o dente do siso nascer
  • Se a higiene bucal não é comprometida por conta do nascimento do dente do siso
  • Se esses dentes costumam inflamar constantemente
  • Se eles “empurram” os outros dentes, atrapalhando assim sua formação
  • Se eles estão em contato com a raiz de outros dentes

Vale ressaltar também que nem sempre todos os dentes devem ser extraídos, embora seja muito comum que, quando um dente nasce de maneira inadequada, os outros também nasçam.

Como é feita a Extração do Siso?

Em casos em que os dentes do siso precisam ser extraídos, um procedimento relativamente comum precisa ser feito. Primeiramente, uma dentista aplica a anestesia e, então, começa o processo de extração, que pode demorar entre 10 minutos em casos muito fáceis, até mais de uma hora, em casos realmente complicados.

Se um paciente precisar retirar mais de um dente do siso, uma dentista pode optar por extrair todos no mesmo dia, se esse for um procedimento feito de forma simples e rápida. Caso seja um dos casos complicados, o paciente terá que ir mais vezes ao consultório para que o procedimento seja terminado. Os efeitos da anestesia costumam durar entre 4 e 5 horas e normalmente é recomendado que o paciente não coma nem beba nada durante esse tempo.

dente do siso

Cuidados após a Extração do Dente do Siso

Apesar de se tratar de uma cirurgia considerada bastante simples, é importante tomar alguns cuidados no pós-operatório para evitar qualquer tipo de inflamação ou problema parecido. Os principais cuidados são:

  • Limpar os possíveis sangramentos com gaze para evitar infecções
  • Utilizar uma compressa gelada em casos de inchaço
  • Evitar alimentos muito duros nos primeiros dias após a extração
  • Evitar comer nas primeiras horas após a anestesia

Como você pôde perceber, são procedimentos bastante simples, mas que podem fazer toda a diferença para que a extração seja um sucesso.

Principais Mitos sobre o Dente do Siso

Por ser um tipo de dente que pode causar muitas dores ou mesmo problemas maiores, é muito comum ouvirmos histórias sobre o que eles causam e os perigos que eles trazem. Mas será que todas elas são verdades? Vamos falar agora sobre os principais mitos sobre o dente do siso e te explicamos porque você não deve acreditar nessas histórias. Esses mitos são:

  • Todos os Dentes do Siso precisam ser removidos
  • Os Dentes do Siso não possuem nenhuma Função
  • Todas as Pessoas têm Dentes do Siso

Vamos falar mais profundamente sobre cada um deles separadamente.

Todos os Dentes do Siso precisam ser removidos

Isso não é verdade. Apesar de existirem muitos casos em que os dentes do siso podem afetar a estrutura dos outros dentes e até mesmo sua mordida, é comum vermos casos de pessoas que possuem espaço suficiente em suas bocas para que o dente do siso nasça sem causar nenhum problema. E nesses casos, é muito raro que eles precisem ser removidos.

Os Dentes do Siso não possuem nenhuma Função

É de conhecimento geral que os dentes do siso foram muito importantes em alguma parte da nossa história, quando nossa alimentação era à base de raízes e nozes mais duras. Hoje em dia, os alimentos que ingerimos são muito mais moles, o que fez com que, com o passar do tempo, eles não fossem tão utilizados. Ainda assim, hoje em dia os dentes do siso ajudam na trituração de alimentos e na mastigação, desde que possuem um bom desenvolvimento, é claro.

Todas as Pessoas têm Dentes do Siso

Assim como não é verdade que todos os casos de dentes do siso precisam ser removidos por prevenção, também não é verdade que eles nascem em todas as pessoas. Existem diversos casos em que eles simplesmente apresenta um bom desenvolvimento e não precisa ser retirado.

Os dentes do siso fazem parte do nosso corpo e nós precisamos saber lidar com o fato de que eles podem, eventualmente, nos trazer algum tipo de problema. Por mais que os dentes do siso inflamados causem dores e um grande incômodo, o procedimento para a sua extração é algo bastante simples e eficaz para eliminar o problema de uma vez. E quando esse tipo de problema não existe mais, não precisamos mais nos preocupar com ele. Por essa razão, seguir todas as recomendações no período pós-operatório também é muito importante.