A gravidez é um momento tão sonhado e tão esperado pela maioria das mulheres e quando recebem a notícia da tão esperada chegada do herdeiro, onde esta a alegria? De forma inesperada uma tristeza toma conta do seu corpo, do seu pensamento e o sonho se torna um pesadelo, e a depressão na gravidez dá sua cara.

O que é a Depressão na Gravidez

A depressão na gravidez é um transtorno psicológico que ocorre no período gestacional, por motivos variados como stress diário, medos, insegurança, variação hormonal e ate mesmo por estar passando por problemas pessoais.

Nos tempos antigos acreditavam que estar grávida significava estar imune dos problemas psicológicos, mas infelizmente não é verdade. Pois nessa fase da vida a mulher esta ainda mais sensível, passando por milhões de transformações em seu corpo e seus níveis de hormônio parecendo mais uma montanha russa o que deixa a mulher mais exposta a ter esses tipos de transtornos.

E ainda mais nos dias de hoje sendo a rotina das mulheres ainda mais agitada do que nos tempos antigos, trabalham fora e fazem cargas horarias cansativas e ainda são responsáveis pelos cuidados com a casa e filhos.

Sintomas da Depressão na Gravidez

As variações no humor da mulher durante a gravidez é algo inevitável devido a grande mudança na produção de hormônios nessa fase, mas caso essas variações permaneçam por muitas semanas um especialista deverá ser procurado para analisar o caso. Durante a crise de depressão na gravidez é comum à mulher sentir os seguintes sintomas:

  • Ansiedade extrema
  • Tristeza sem motivos
  • Insônia
  • Choro sem motivo
  • Pensamentos suicidas

Pode ocorrer também alteração na alimentação, fazendo que a gestante não se alimente de forma adequada afetando inclusive o desenvolvimento do feto. O sentimento de culpa em relação a tudo ao seu redor também é bem comum nesse quadro, principalmente tudo relacionado ao nascimento da criança.

depressao na gravidez 2

Existem casos que o obstetra pode solicitar o afastamento do trabalho da mãe, pois o desânimo absoluto e a fadiga pode atrapalhar a sua rotina diária, diminuindo sua produtividade e causando ainda mais frustrações.

Muitos dos casos de mulheres com depressão na gravidez relacionam-se a uma gestação problemática, com riscos o que pode abalar ainda mais o psicológico da mulher acarretando e desenvolvendo esse transtorno nessa fase, e se não tratado corretamente além de trazer prejuízos para o desenvolvimento do feto e trazer riscos de parto prematuro, pode se estender ate mesmo após o nascimento do bebê ocorrendo à depressão pós-parto.

Como Tratar a Depressão na Gravidez

O melhor tratamento para a depressão em qualquer que seja a fase da vida é o apoio da família, dos amigos e daqueles que amamos, mas o acompanhamento medico também é essencial. O acompanhamento com psicólogos e as sessões de psicoterapia podem auxiliar de forma poderosa nessa etapa, trazendo mais alto confiança, vencendo medos e voltando a mulher para sua verdadeira realidade.

Alternativas bem indicadas e procuradas são a acupuntura e a prática de exercícios físicos como a yoga que podem tranquilizar a mente e o corpo. Juntamente de uma boa alimentação, uma vida tranquila e somente em casos de extrema gravidade serão indicados antidepressivos.

Muitos são os casos de famílias que simplesmente ignoram o fato da grávida estar abatida, nomeiam como frescura ou que estão querendo chamar a atenção. Mas a situação é mais grave do que se imagina e os amigos e familiares mais próximos tem papel fundamental na ajuda neste momento.

Como explicar ao mundo o que está sentindo se nem mesmo a pessoa entende? É esse sentimento que invade a alma, que chega a ser desesperador por não ter desejo de fazer nada e muito menos de curtir um momento que deveria ser tão feliz.

Apoio Familiar

O apoio familiar durante o período de depressão na gravidez é fundamental para a mulher se sentir protegida, bem assistida e acolhida durante este momento de total sensibilidade. O carinho, a atenção, o apoio além de manter a distância de julgamentos auxilia no tratamento e faz com que a resposta do tratamento ocorra em menos tempo.

A utilização de antidepressivos durante a gestação traz riscos ao desenvolvimento do bebê, mas em caso de necessidade o quadro será avaliado por um especialista que analisará o risco-beneficio da situação oferecendo um tratamento totalmente acompanhado.

Às vezes a mulher só necessita de um tempo pra si para colocar suas idéias no lugar e ter tranquilidade para pensar e agir sobre tudo que esta vivendo no momento. Respire fundo, tente passar por cima dos maus pensamentos e curtir esse momento, resolva as coisas com calma e procure fazer atividades que lhe cause bem estar, será só uma fase.

Gravidez é um momento de transição e de total transformação da mulher. É momento de se preparar para assumir uma das maiores responsabilidades da sua vida e ela só tem 9 meses para isso. Como não se preocupar com o amanha? Como a cabeça não trabalhar a todo vapor?

Nesses pensamentos que não param, algumas mulheres entram em parafusos e aí entra a família. O amor é o melhor remédio para a alma e em qualquer etapa da nossa vida, portanto um bom colo para a grávida deprimida pode ser tudo que ela precisa no momento.

Veja Também: Depressão Pós Parto – Celebridades Que Sofreram Com Esse Mal

Foto: Anna, Stuart Hamilton