Grande parte das pessoas acha que a desnutrição infantil é um problema apenas em países subdesenvolvidos. É verdade que a maioria dos casos de morte envolvendo a desnutrição ocorre nesses países, especialmente no continente africano.

No entanto, crianças desnutridas estão por toda a parte inclusive em países considerados de 1º mundo como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra entre outros.

O que é Desnutrição Infantil?

A desnutrição infantil não é caracterizada somente pela extrema magreza como muito se pensa, mas sim pela deficiência de nutrientes no organismo.

Crianças com péssimos hábitos alimentares, que vivem à base de fast-food, refrigerantes e doces, não consumindo alimentos ricos em vitaminas e minerais podem estar desnutridas.

Geralmente essas crianças estão acima do peso ou apresentam algum grau de obesidade, sendo então a alimentação de má qualidade o principal motivo da desnutrição infantil nos países desenvolvidos.

Como Acontece a Desnutrição Infantil?

A desnutrição infantil ocorre quando o corpo de uma criança não recebe uma quantidade adequada de nutrientes, calorias e minerais. Todos esses componentes essenciais ajudam no processo de crescimento. Além disso, a ingestão de nutrientes vitais aumenta o nível de imunidade e a mantém protegida de infecções nocivas.

Uma outra forma de desnutrição também pode ocorrer caso a criança consuma uma quantidade excessiva de calorias (sobrenutrição). É importante manter o equilíbrio certo das calorias, o excesso ou falta de calorias, pode levar à desnutrição.

A desnutrição infantil leva a vários transtornos de saúde. Essa deficiência afeta a saúde física, comportamento, humor, processo de crescimento e outras funções corporais.

Tipos de Desnutrição Infantil

Os tipos mais comuns de desnutrição são:

Desnutrição Protéico-Calórica

Devido à deficiência de proteína e glicose de alimentos, a criança experimenta esse tipo de desnutrição.

Existem três subtipos de DPC:

  • Desnutrição aguda – A desnutrição aguda leva a rápida perda de peso ou incapacidade de ganhar peso normalmente
  • Desnutrição crônica – Na desnutrição crônica, a criança sofre com problemas no crescimento (nanismo).
  • Desnutrição aguda crônica – Quando a criança sofre de desnutrição aguda e crônica, ela fica abaixo do peso, além de experimentar numerosos problemas de saúde.

Deficiência de micronutrientes (vitaminas e minerais)

A falta de certos micronutrientes pode levar a deficiências no organismo de uma criança. Os micronutrientes são vitaminas e minerais, e ela precisa desses nutrientes para que seu organismo desempenhe as funções corporais e processos de crescimento adequados.

Causas da Desnutrição Infantil

Normalmente, a falta de nutrientes e minerais essenciais desencadeia a condição de desnutrição. Isso afeta severamente a qualidade de vida e o crescimento, podendo gerar inúmeros transtornos de saúde.

Algumas das causas mais comuns são:

  1. Dieta pobre – A má alimentação faz com que a criança sofra de deficiência de nutrientes.
  2. Problemas de saúde mental – Crianças com essa condição podem não seguir um hábito alimentar adequado. Crianças com doença mental de anorexia nervosa ou bulimia ingerem uma pequena quantidade de alimentos e sofrem de desnutrição.
  3. Distúrbios digestivos e condições de estômago – Devido a distúrbios digestivos, o corpo da criança não consegue absorver os nutrientes presentes nos alimentos. O organismo está privado de nutrientes vitais, que consequentemente experimentará a desnutrição.
    Alguns distúrbios digestivos que podem desencadear a desnutrição infantil incluem:
    • Doença de Crohn
    • Colite Ulcerativa
    • Doença Celíaca
    • Vômitos e Diarreias constantes
  4. Diabetes – Devido ao aumento do nível de açúcar no sangue, o corpo da criança diabética não pode absorver os nutrientes vitais.
  5. Falta de amamentação – A amamentação ajuda os bebês a permanecerem saudáveis e isentos de doenças. No entanto, a falta de amamentação adequada pode tornar a criança insalubre e, com a idade, ela pode sofrer de desnutrição.
  6. Escassez de alimentos – Crianças que são privadas de uma alimentação regular. Em países que não podem produzir quantidades suficientes de alimentos para sua população é onde estão os maiores casos de desnutrição

Sintomas da Desnutrição Infantil

Alguns dos sintomas comuns de desnutrição são:

  • Dificuldades respiratórias
  • Súbita perda de peso
  • Irritabilidade
  • Cansaço extremo
  • Depressão
  • Perda de gordura (tecido adiposo)
  • Maior risco de hipotermia – temperatura corporal anormalmente baixa
  • Sistema imunológico enfraquecido
  • Massa muscular reduzida

Outros sintomas como maior sensibilidade a sentir frio, cicatrização de feridas mais lenta e maior tempo na recuperação de doenças, além de perda de concentração. Em casos mais graves, a criança pode apresentar outros sintomas como:

  • Pele seca, pálida, áspera e fria;
  • Cabelo áspero e seco;
  • Queda de cabelo;
  • Bochechas murchas;
  • Olheiras profundas

Devido à deficiência de calorias, a criança pode sofrer problemas de insuficiência cardíaca, respiratória ou hepática.

Efeitos da Desnutrição em Crianças

A desnutrição infantil pode gerar algumas complicações que incluem:

  • Baixa imunidade – A desnutrição infantil torna o sistema imunológico fraco e suscetível a doenças infecciosas.
  • Problemas de crescimento – A deficiência nutricional combinada com infecções retarda completamente o processo de crescimento.
  • Deficiência de nutrientes específicos – A deficiência de alguns nutrientes específicos pode gerar vários problemas na saúde da criança.
  • Falência dos órgãos – A desnutrição infantil grave torna os órgãos disfuncionais. Alguns dos órgãos altamente afetados pela deficiência nutricional são fígado, coração e rins.
  • Início de Doenças Nocivas – Algumas doenças desencadeadas pela desnutrição infantil incluem gastroenterite, infecção do trato urinário e pneumonia. No caso da sobrenutrição, a obesidade, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, diabetes, hipertensão arterial e algum tipo específico de câncer são as doenças que podem afetar a criança.

A desnutrição infantil também pode levar a outros efeitos adversos como:

  • Desenvolvimento comportamental lento;
  • Retardo mental;
  • Sarcopenia, ou perda constante de massa corporal;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Problema de crescimento (nanismo);
  • Redução das capacidades de resolução de problemas;
  • Redução das habilidades sociais;
  • Transtorno de déficit de atenção
  • Desordens digestivas
  • Desenvolvimento de linguagem reduzida
  • Perda de peso severa

Como é Diagnosticada a Desnutrição Infantil?

O diagnóstico da desnutrição infantil é feito com base em exames físicos. Ou seja, o médico examina o peso e a altura da criança e o compara com o gráfico que lista o peso e a altura esperados com base na idade.

Se estiver extremamente abaixo do peso indica que a criança sofre de deficiências nutricionais. Outros exames médicos podem ser recomendados, como por exemplo, testes de função da tireoide, níveis de cálcio, zinco e vitaminas, além do hemograma completo.

 crianca comendo

Tratamento Para a Desnutrição Infantil

Durante a fase inicial da desnutrição infantil, a criança pode obter um tratamento adequado, adotando procedimentos específicos em casa. O acompanhamento de um nutricionista é essencial nessa fase, pois é ele quem vai observar o quadro alimentar e fazer as mudanças adequadas.

O objetivo principal é melhorar a ingestão nutricional da criança em crescimento. Isso ajuda a melhorar seu sistema imunológico e prevenir a condição de desnutrição aguda.

Em casos mais graves como a desnutrição aguda, o especialista trata o transtorno de saúde específico. Se a criança sofrer distúrbios digestivos, o médico prescreve medicamentos eficazes.

Alimentação por tubo nasogástrico ajuda os pacientes com desnutrição severa a adquirir nutrientes vitais. Caso a criança sofra de uma condição extrema de desnutrição, o médico sugere este procedimento para tratamento.

Se a criança sofre de desnutrição crônica, o médico sugere terapia clínica regular como medida profilática. Além disso, ela precisa tomar nutrientes, vitaminas e suplementos minerais regularmente.

Como Prevenir a Desnutrição Infantil?

A prevenção para a desnutrição está basicamente em uma alimentação saudável, portanto, algumas medidas devem ser adotadas como:

  • Incentive a criança a comer alimentos ricos em nutrientes
  • Restrinja alimentos que são nocivos para a saúde.
  • Ofereça a criança pequenas refeições em um intervalo de tempo regular.
  • Incentive a atividade física e a pratica de esportes

Veja Também: IMC Infantil – Alerta Para as Mamães
Fotos: avitalchn