Doença que assombra a vida dos adultos e trás tantas preocupações e cuidados, também afeta as crianças infelizmente. A diabetes infantil atualmente atinge cerca de um milhão de crianças em todo Brasil e tem tirado o sossego de muitos pais. Existem dois tipos de diabetes, a tipo I que afeta mais crianças e adolescentes e a II que atinge adultos em geral acima de 40 anos.

A diabetes em si é uma alteração que ocorre no funcionamento do pâncreas, que é o responsável pela produção da insulina. Insulina é o hormônio responsável pela transformação da glicose ou açúcar encontrado no corpo por energia para o devido funcionamento do corpo.

A quantidade de glicose ou açúcar que é encontrado no corpo, depende da quantidade de alimentos ricos de carboidratos é ingerido, como pão, macarrão, batata, etc. E quanto maior a ingestão desses alimentos, maior é o trabalho do pâncreas que com o seu funcionamento diminuído fará que a diabetes fique extremamente alta.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Nem sempre os pais conseguem identificar com facilidade que seus filhos estão sofrendo com a diabetes infantil, pois os sintomas podem vir “mascarados” de outros problemas de saúde. Por isso é bom estar alerta a certos sintomas e em caso de dúvidas procurar imediatamente a ajuda de um pediatra.

Sintomas da Diabetes Infantil I

  • Perda de peso
  • Muita sede
  • Aumento de idas ao banheiro para urinar
  • Câimbras
  • Formigamentos dos membros

O cansaço físico, tonturas e em alguns casos ate desmaios de fraqueza podem significar que seu filho esta sofrendo de diabetes infantil. Muitas mães agregam fraqueza e a perda de peso a má alimentação das crianças e a perda de apetite, e acabam deixando de investigar e descobrir esse problema logo no início.

Quanto antes for descoberta e diagnosticada a diabetes infantil, melhor será o tratamento e mais eficaz. Normalmente o diagnóstico é feito através de análise no sangue e urina após ingestão de uma quantidade de glicose, que deve ser realizado em jejum em um laboratório.

Qual o Tratamento para Diabetes Infantil?

Normalmente o tratamento principalmente para a diabetes tipo I, é através de aplicações diárias de insulina, que deverá ser administrada a quantidade ideal para necessidade da criança e controle do nível de glicose no sangue.

O controle do nível de glicose deverá ser realizado através de um pequeno aparelho que faz um pequeno furo, quase indolor na ponta  do dedo e consegue informar imediatamente qual o nível que se encontra.

Há alguns anos virou lei e direito garantido pela Constituição Federal, todo paciente diabético tem direito a medicamento e aparelhagem necessária gratuitamente.  É recomendado que procure o posto de saúde da sua região e peça informações de como adquirir o seu kit.

Já a diabetes tipo II, que é mais rara ocorrer em crianças, mas ultimamente o caso tem aumentando cada dia mais. Não é necessária a administração de medicamentos para controle, e sim uma dieta balanceada e o controle de glicose ingerida através dos alimentos, acompanhada de exercícios físicos que farão que seu corpo tenha um melhor funcionamento.

No geral, a criança que tem diabetes infantil pode levar uma vida normal, com atividades normais somente tendo cuidados com a alimentação e se necessário tomando a medicação corretamente, seguindo as recomendações do médico.

Veja também: Alimentação Infantil – Método BLW

Foto: Martin Gommel