As doenças inflamatórias intestinais como a doença de crohn, estão cada vez mais comuns entre adultos jovens. Elas têm aumentado nos últimos dez anos e acredita-se que o estilo de vida favoreça seu aparecimento e as crises.

O Que é a Doença de Crohn?

A doença de crohn é uma inflamação crônica intestinal que afeta todo o sistema digestivo. Geralmente ocorre no intestino delgado e no cólon e pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal, da boca ao ânus.

O que pode ser leve ou irritante para alguns pode ser doloroso e debilitante para outros. Os sintomas variam e podem mudar ao longo do tempo. Em algumas pessoas, a doença de crohn pode levar a complicações fatais.

Sintomas da Doença de Crohn

Os sintomas da doença de crohn geralmente se desenvolvem gradualmente. Certos sintomas também podem piorar ao longo do tempo, embora seja possível, é raro que os sintomas se desenvolvam de forma repentina e crítica.
Os primeiros sintomas da doença de Crohn podem incluir:

  • Diarreia
  • Cólicas abdominais
  • Sangue nas fezes
  • Febre
  • Fadiga
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Sentimento de evacuação incompleta
  • Necessidade frequente de evacuar

Às vezes é possível confundi-los com sintomas de outra condição, como intoxicação alimentar, má digestão ou alergia. Os sintomas podem tornar-se mais graves à medida que a doença progride. E podem incluir:

  • Fístula perianal, que causa dor e drenagem perto do seu ânus
  • Úlceras que podem ocorrer em qualquer lugar da boca até o ânus
  • Inflamação das articulações e da pele

A detecção precoce e o diagnóstico podem evitar complicações graves e permitir o tratamento precocemente.

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!

O que Causa a Doença de Crohn?

Os médicos ainda não sabem o que causa, como começa, quem é mais provável desenvolvê-la, ou como melhor tratá-la. No entanto, os seguintes fatores podem influenciar no surgimento da doença de Crohn:

  • Problemas no sistema imunológico
  • Fatores genéticos
  • Fatores ambientais
  • Estilo de vida

Até 20% das pessoas com doença de Crohn têm um dos pais, filhos ou irmãos com a doença.

Alguns fatores podem afetar a gravidade dos sintomas. Isso inclui:

  • Fumar
  • Idade
  • Níveis de estresse

Tipos de Doença de Crohn

Existem cinco tipos diferentes de doença de Crohn. Eles incluem:

Doença de Crohn gastroduodenal – Afeta o estômago e o duodeno, que é a primeira parte do intestino delgado. Cerca de 5% das pessoas com doença de Crohn têm esse tipo.

Jejunoileíte – Ocorre na segunda porção do intestino, chamado jejuno. Este tipo afeta cerca de 5% das pessoas com doença de Crohn.

Ileíte – É a inflamação na última parte do intestino delgado, ou íleo. Cerca de 30% das pessoas com doença de Crohn têm essa condição.

Ileocolite – Afeta o íleo e o cólon, é o tipo mais comum de Crohn. Aproximadamente 50% das pessoas com doença de Crohn têm esse tipo.

Colite – Cerca de 20% das pessoas com doença de Crohn têm colite, condição que afeta apenas o cólon. Tanto a colite ulcerativa como a colite de Crohn afetam apenas o cólon.

Diagnóstico da Doença de Crohn

Nenhum resultado de teste único pode permitir que o médico diagnostique a doença de Crohn. Ele começará eliminando quaisquer outras causas possíveis para os sintomas sentidos. O diagnóstico da doença de Crohn é um processo de eliminação.

O médico pode usar vários tipos de testes para chegar ao diagnóstico:

Exames de sangue – Procuram certos indicadores de problemas potenciais, como a anemia.

Exames de fezes – Ajudam a detectar sangue nas fezes.

Endoscopia – Para obter uma melhor imagem do interior do trato gastrointestinal superior.

Colonoscopia – Para examinar a metade inferior do intestino.

Tomografia computadorizada e ressonância magnética – Oferecem mais detalhes do que um raio-X médio. Ambos os testes permitem que sejam vistas áreas específicas dos tecidos e órgãos.

Uma vez que o médico tenha completado os exames necessários e descartado outras possíveis razões para os sintomas, ele pode decidir sobre um diagnóstico de doença de Crohn. O médico pode solicitar esses testes várias vezes para procurar tecido afetado e determinar como a doença está progredindo.

Existe Tratamento da Doença de Crohn?

Apesar dos principais avanços no tratamento nas últimas três décadas, não existe cura para a doença de Crohn. Uma variedade de opções de tratamento pode diminuir a gravidade e a frequência dos sintomas.

Medicamentos – Mais de quatro classes de medicamentos são usadas para tratar a doença de Crohn. Tratamentos de primeira linha incluem medicamentos anti-inflamatórios. As opções mais avançadas incluem produtos biológicos, que usam o sistema imunológico do corpo para tratar a doença.

Alterações na alimentação – O alimento não causa a doença de Crohn, mas pode desencadear crises da doença. Uma vez que tenha um diagnóstico definitivo, o médico provavelmente irá sugerir uma consulta com um nutricionista. Esse profissional irá mostrar como os alimentos afetam e agravam os sintomas.

Cirurgia – Se os tratamentos invasivos e mudanças no estilo de vida não alteram ou melhoram os sintomas, a cirurgia pode ser necessária. Durante a cirurgia, o médico removerá partes danificadas do trato digestivo e reconectará as seções saudáveis.

Doença de Crohn e Alimentação

É importante salientar que um plano alimentar que funciona para uma pessoa com doença de Crohn pode não funcionar para outra. Isso ocorre porque a doença pode envolver diferentes áreas do trato gastrointestinal em diferentes pessoas.

É preciso descobrir o que funciona melhor para cada caso. Alterações na alimentação e no estilo de vida podem ajudar a reduzir a recorrência dos sintomas e diminuir a gravidade.

Para quem tem a doença de Crohn é indicado:

Ajustar a ingestão de fibra – Algumas pessoas precisam de uma dieta rica em fibras e alta proteína. Para outros, a presença de resíduos de alimentos ricos em fibras, como frutas e vegetais, pode agravar o trato gastrointestinal. Se for esse o seu caso, talvez seja necessário mudar para uma dieta pobre em fibra.

Limitar a ingestão de gordura – A doença de Crohn pode interferir na capacidade do corpo em quebrar e absorver gordura. Este excesso de gordura passará do intestino delgado para o cólon, o que pode levar à diarreia.

Limitar a ingestão de leite – Pode ser que a pessoa não tenha intolerância à lactose, mas o seu corpo pode responder de forma semelhante quando existe a doença de Crohn. Consumir produtos lácteos pode levar a uma irritação estomacal, cólicas abdominais e diarreia para algumas pessoas.

Beber água – A doença de Crohn pode afetar a capacidade do corpo de “reciclar” a água do aparelho digestivo. Isso pode levar à desidratação. O risco de desidratação é especialmente alto caso tenha diarreia constante.

Utilizar fontes alternativas de vitaminas e minerais – A doença de Crohn pode afetar a capacidade do intestino de absorver adequadamente os nutrientes. Consumir alimentos ricos em nutrientes pode não ser suficiente. Talvez seja indicado o uso de polivitaminicos. Conversar com o médico é importante para que ele prescreva os que são adequados para cada caso.

Existe Algum Tratamento Natural Para a Doença de Crohn?

Muitas pessoas usam a medicina complementar e alternativa para várias doenças, incluindo a doença de Crohn. Os tratamentos alternativos populares para a doença de Crohn incluem:

  • Probióticos – São bactérias vivas que podem ajudar a substituir e reconstruir as bactérias boas do corpo.
  • Antibióticos – São bactérias benéficas encontradas em plantas, como aspargos, alcachofras e alho-poró.
  • Óleo de peixe – É rico em ômega-3 e mostrou alguns resultados promissores como um possível tratamento para pessoas com doença de Crohn.
  • Algumas ervas, vitaminas e minerais – Podem curar ou aliviar os sintomas de uma variedade de doenças, incluindo a doença de Crohn.
  • Acupuntura – é um tratamento alternativo para muitas condições. Isso pode ajudar a aliviar o estresse, o que demonstrou aliviar os sintomas da doença de Crohn e a gravidade deles.
  • Aloe vera – Tem propriedades anti-inflamatórias. Como a inflamação é um dos principais componentes da doença de Crohn, as pessoas costumam usá-lo como um anti-inflamatório natural.

A doença de Crohn pode prejudicar o trabalho e a vida pessoal. Portanto, não espere para buscar ajuda médica. Observe os sinais que o corpo dá.

Veja Também: Doença Celíaca – Causa, Sintomas e Tratamento Fotos: derneuemann