É fato que a cesárea é uma cirurgia. Nela são cortadas 7 camadas de tecidos e entre eles a pele, músculos e o próprio útero para retirada do bebê. Porém, é um procedimento bastante seguro e que salva muitas vidas, mamães e bebês, quando bem aplicadas. A quantidade de cesáreas realizadas no Brasil, são extremamente altas em comparação aoutros países, e por isso, as dúvidas sobre a recuperação deste tipo de parto, é bastante comum. Pois bem, a dor na barriga após a cesárea é uma dessas dúvidas recorrentes. Dúvidas referente à intensidade da dor, tipo da dor, se a dor é ainda na recuperação ou no pós-parto imediato. Mas afinal, como é a dor da cesárea logo após se recuperar da anestesia e também alguns dias depois?

A dor na barriga após a cesárea é algo normal de acontecer, afinal são 7 camadas de tecidos lesionados para retirar o bebê, porém a dor é algo relativo. Ela pode variar de intensidade dependendo do organismo. Algumas pessoas toleram a dor melhor que outras, então a dor será menor, já para outras, a dor na barriga após a cesárea pode ser algo insuportável. É claro que no hospital há medicação para dor imediata pós-anestesia. Além disso, eles aplicam anti-inflamatórios, acompanhado de antibióticos para evitar qualquer tipo de infecção ou que o corte tenha inflamação, o que prejudicará a recuperação da mulher.

Levantar-se Pela Primeira Vez

Há um mito sobre a dor quando a mulher se levanta pela primeira vez após o parto. Para algumas mulheres, uma possível dor que venha a sentir é motivo de pânico tamanha repercussão do acontecimento. Porém, devemos lembrar que o corte é ainda bastante recente e sim, pode doer, arder e até mesmo latejar, mas você estará medicada, amparada e com um esparadrapo bastante eficiente para segurar a sutura recém feita.

Aliás, falando nesta dor que algumas mulheres sentem e dizem ser intensa, outras mulheres podem nem sentir incômodo algum, apenas uma diferença ao sentar-se. Parece mais que há alguma coisa no baixo ventre que a impede de sentar-se como antes, e só. O lugar dos pontos fica bastante duro pelos pontos dados. A linha usada normalmente dura, mesmo que seu corte da ultima camada (pele) tenha sito colada, as demais certamente serão costuradas.

Como é a Dor da Cesárea?

A dor na barriga após o parto mais parece um repuxo estranho. Não é uma dor cortante, que parecem mil facas entrando no corpo, longe disso. Se a dor for parecida com esta, então há alguma coisa errada e o medico precisa ser chamado imediatamente. A dor na barriga logo após a cesárea, é leve na maioria das vezes, algumas vezes pode-se sentir pontadas e perceber a área dolorida como se fosse a dor de uma batida onde o local fica arroxeado. Levantar-se e sentar-se no primeiro ou segundo dia pode ser incomodo, mas não uma guerra. Caso haja muitas dores, fale com o obstetra para ser examinada. É extremamente normal o local da cesárea ficar adormecido ou dormente e até mesmo com hematomas não se assuste!

Também e possível sentir o local quente e perceber um avermelhado. Neste caso a recuperação não está saindo como deveria e então, o médico deve entrar com medicação para ajudar na cicatrização do corte. O correto é o local estar sequinho, de cor normal, sem sensação de ardência e nem secreção alguma. Se houver alguma alteração, o médico deve ser comunicado imediatamente!

E Depois de Alguns Dias?

A dor na barriga após a cesárea após alguns dias, tende a ficar bem menor. Se tratada corretamente conforme indicação do medico e enfermeiras (lavar com agua e sabão e secar bem o local) o corte tende a cicatrizar rapidamente, e com alguns dias após o parto, a mulher já se sentirá bem melhor. Porém, em alguns casos é possível que a mulher sinta ardor em um dos lados ou mesmo em ambos extremos onde há pontos. Também e possível que tenha secreção purulenta e com mau cheiro. Isso pode acontecer por uma inflamação isolada em um ou dois pontos. Essa inflamação deve ser tratada com antibióticos e caso seu médico não tenha passado na alta do parto, deve-se voltar e pedir para receitar. Normalmente o antibiótico usado é cefalexina por 7 ou 10 dias a cada 6 horas.

Importante: a dor não é um bicho de 7 cabeças. Existem medicamentos extremamente eficazes para pós-parto e caso você esteja sentindo dores ainda, é preciso analisar se é a ideal para seu caso. Quando for para casa, siga rigorosamente os horários da medicação passados pelo médico e sempre que houver uma duvida consulte o obstetra responsável pelo parto.

Aproveitando o espaço, quero contar uma novidade para nossas leitoras mamães e que pensam em ter outro bebê futuramente, ou até mesmo que tenha uma amiga que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos uma linha de produtos especializados para a saúde e fertilidade. Entre eles temos vitaminas da fertilidade da mulher FamiFerti, vitamina para fertilidade do homem ViriFerti, testes de ovulação e o gel lubrificante amigo da fertilidade FamiGel, que faz o papel do muco, aumentando a mobilidade dos espermatozoides além de aumentar o prazer. Você pode encontrar cada um desses produtos, assim como o kit tentante aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Dores na Barriga Durante a Gravidez

Foto: vix