Durante a gravidez o corpo da mulher sofre variadas alterações e é normal que junto das mudanças venham alguns sintomas inevitáveis. Com o peso da barriga, o aumento do peso do corpo algumas dores se acentuam em pontos que são mais afetados por essas alterações como no caso da dor nas pernas na gravidez.

O aumento do peso junto do peso da barriga sobrecarrega o sistema cardiovascular que faz as pernas incharem tanto e trazerem tanta dor. Normalmente começam a ocorrer à partir do segundo trimestre que é quando a barriga começa a crescer mais rápido e isso é natural pois a circulação sanguínea esta mais lenta nessa fase. 

Devido ao aumento do estrógeno e progesterona na gravidez que faz o útero ficar mais forte para gerar o bebê, a circulação do sangue fica mais lenta, porém os vasos do corpo, principalmente das pernas ficarão mais dilatados, motivo o qual tantas gravidas sofrem tanto de varizes durante a gestação, principalmente as fumantes, pois o fumo obstrui as paredes venosas.

Aproveitando o espaço, quero contar uma novidade para nossas leitoras gestantes que pensam em ter outro bebê futuramente, ou até mesmo que tenha uma amiga que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos uma linha de produtos especializados para a saúde e fertilidade. Entre eles temos vitaminas da fertilidade da mulher FamiFerti, vitamina para fertilidade do homem ViriFerti, testes de ovulação e o gel lubrificante amigo da fertilidade FamiGel, que faz o papel do muco, aumentando a mobilidade dos espermatozoides além de aumentar o prazer. Você pode encontrar cada um desses produtos aqui em nossa loja virtual.

Como Amenizar  a Dor nas Pernas na Gravidez?

Durante o calor o inchaço e dor nas pernas podem se acentuar, aumentando o desconforto de forma que a gestante tenha dificuldades ate mesmo para calçar sapatos ou fazer atividades tão comuns e rotineiras. E isso pode ser amenizado com o repouso, colocar as pernas pra cima com o apoio de um travesseiro fazendo que a perna fique elevada acima do nível da cabeça pode ajudar que a circulação do sangue melhore e o inchaço diminua. Para evitar que essa dor nas pernas ocorra, é ideal que logo no inicio da gravidez o sedentarismo seja colocado de lado dando lugar a exercícios leves como a caminhada que auxiliara muito bem no funcionamento da circulação sanguínea.

Outro fator muito importante é da postura, não é aconselhado que a grávida fique muito tempo de pé ou sentada que isso faz que a circulação fique ainda mais lenta. Se você trabalha sentada o dia todo, levante em alguns períodos e se alongue, caminhe pelo ambiente de trabalho para ajudar na circulação, isso evitara não só as dores nas pernas, como também o inchaço excessivo dos seus pés. O uso de meias elásticas de baixa e media compreensão também são aconselhados para amenizar esse desconforto , juntamente também da maior ingestão de líquidos que estimulara o melhor funcionamento dos rins que colaborará para a redução do inchaço das pernas e corpo em geral. Evite ao máximo comidas salgadas e muito temperadas, o sal é um dos principais responsáveis pela retenção de líquido, opte por se alimentar com frutas diuréticas como melão, melancia, carambola.

Seguindo essas dicas, tendo uma vida saudável longe do sedentarismo e com uma boa alimentação, você passará por esse período mais confortável e com menos dores nas pernas. Se acaso o desconforto persistir impossibilitando ter uma rotina normal, procure seu medico.

Dica caseira para aliviar dores nas pernas: Bata no liquidificador suco de 1 laranja lima, 1 fatia de melancia junto de 10 folhas de capim cidreira, beba diariamente. Esse suco é diurético e auxiliará a eliminação do sal do corpo, diminuindo o inchaço e o desconforto.

Veja também: Dor de Dente na Gravidez, o Que Fazer? Como Aliviar?

Foto: shira gal