Uma dúvida recorrente entre as mães de primeira viagem é: como são as dores de contração e medidas que ajudam a identificar o momento em que o bebê está próximo de nascer. Essa preocupação vem à tona principalmente depois de completar os nove meses de gravidez, situação em que a mãe deve estar atenta a esses sinais.

A contração é uma sensação de aperto e relaxamento do útero, pode ser acompanhada de dor ou apenas um leve incômodo. A movimentação ocorre com o objetivo de dilatar as paredes uterinas e ajudar a “empurrar” o bebê para o canal do parto quando está próximo ao nascimento.

Quais São As Diferenças Entre As Contrações Verdadeiras E As Falsas?

Essa dúvida permeia sobre as gestantes que possuem receio de confundir essas situações. Todavia, a contração falsa e a que sinaliza a posição para o nascimento emitem sinais que irão diferenciá-las. Em meados da década de 70 o obstetra J. Braxton Hicks notou que o músculo uterino recebia contração a partir do 1º trimestre da gestação, portanto esse ainda não era o momento adequado para o nascimento, desmistificando que as contrações apenas surgiam diante do parto. A diferença é que as contrações para esses casos, não são dolorosas e podem se apresentar de vez em quando ao decorrer da gravidez.

As contrações de Braxton Hicks simulam um falso trabalho de parto e lembre-se: são indolores. A partir da 20ª semana de gestação a contração do útero, junto à sensação de relaxamento pode ocorrer de forma esporádica. No entanto, existem gestantes que nunca sentem esse tipo de movimento na região uterina e só irá perceber a contração verdadeira, no momento do parto.

As contrações falsas podem ocorrer após um dia atarefado e cheio de movimento. É importante que a gestante mantenha-se relaxada, descanse e hidrate o corpo com a ingestão de água. As contrações de Hicks são indolores, mas podem causar incômodo, caso note os sintomas com frequência para a segurança procure o seu médico obstetra.

Contrações Verdadeiras e o Momento Do Parto

Mulheres que não costumam sentir contrações, irão facilmente identificar as movimentações uterinas que indicam o nascimento. Nesse caso elas são: frequentes, regulares e dolorosas. É bastante comum na primeira gestação a mãe ficar confusa com esses sinais, pois cada mulher irá variar os sintomas. Diferente das falsas contrações, as verdadeiras são intensas, apertam o abdômen e causam bastante dor.

Quanto mais próxima estiver do trabalho de parto, mais ritmadas, dolorosas e intensas serão as contrações. O corpo da mulher é preparado para dar a luz e naturalmente alarga a região da bacia para possibilitar a passagem do bebê e o empurrá-lo para o canal de saída. Principalmente após completar os nove meses, a gestante deve estar atenta a esses sinais e ao notar os sintomas comparecer imediatamente ao hospital ou maternidade em que vai dar a luz. No ambiente médico será possível controlar as contrações através do cardiotocograma, o aparelho irá registrar a intensidade das contrações, intervalo e a frequência cardíaca do bebê, sinalizando o momento ideal para o parto.

Chegou O Momento Do Parto!

Ao se aproximar do nascimento do bebê as contrações serão ritmadas entre 40 e 50 segundo num intervalo a cada 10 minutos. O bebê é empurrado cada vez mais para o canal do parto. Ao chegar o momento adequado para o nascimento, normalmente a dilatação fica em torno de 3 cm.

Hoje há diversos aparelhos eletrônicos de ultrassom que indicam com assertividade o momento exato em que o obstetra deve iniciar o trabalho de parto para saúde tanto da mãe, quanto do bebê. Manter-se tranquila e prestar atenção na duração e frequência das contrações irá ajudar a mãe a identificar o momento certo para o nascimento do filho.

Uma dica para as gestantes: quer melhorar o prazer do sexo durante a fase gestacional? Use gels lubrificantes a base de água que fazem o papel do muco cervical e ainda controlam o pH vaginal, reduzindo as chances de proliferação de fungos e bactérias responsáveis por infecções. A Famivita desenvolveu o lubrificante perfeito para as tentantes e gestantes, o FamiGel. Você pode compra-lo aqui em nossa loja virtual.

Outros Sinais Que Indicam Que Se Aproxima O Trabalho De Parto:

Perda de água pela vagina: ruptura das membranas ou “bolsas de águas” que acumulam o líquido amniótico ao decorrer da gravidez. Indolor, a gestante irá notar um líquido aquoso e morno escorrendo pela perna.

Eliminação do tampão mucoso: a partir das últimas semanas o colo do útero começa a ficar fino e a se preparar para o parto, nesse caso pode ocorrer a perda do tampão mucoso. O sintoma geralmente ocorre com a excreção de uma substância mucosa pela vagina e em alguns casos, com filetes de sangue. Ao notar a presença maior de sangue, consulte o médico.

Contrações falsas: elas também podem surgir quando o trabalho de parto está se aproximando. Mas vale lembrar que as contrações falsas são indolores e podem parar com uma simples mudança de posição. As contrações falsas se restringem na região da barriga e virilha, diferente das contrações do parto que percorrem desde as costas até a barriga.

Aproveitando o espaço quero contar uma novidade para nossas leitoras mamães, que pretendem ter outro bebê futuramente ou tem algum casal amigo que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos alguns produtos que ajudam na fertilidade de homens e mulheres, entre eles vitaminas da fertilidade que potencializa a ovulação FamiFerti e no caso dos homens melhora a qualidade dos espermatozoides, o ViriFerti, assim como o teste de ovulação, teste de gravidez e o gel lubrificante FamiGel. Você pode adquiri-los aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Sintomas do Parto – Esta Chegando a Hora?

Foto: TawnyNina