Temido por dez entre dez mamães, o engasgue é um vilão que assombra e muito quem tem um recém nascido. Qual mamãe que não se pegou ao lado do bebê para verificar se está tudo bem com a sua respiração e com o seu sono? Coisas de mãe! Porém com o engasgue é diferente, ele pode aparecer sem mais nem menos mesmo em bebês pequenos, de dias de vida. O engasgue nos bebês pode aparecer devido ao refluxo do leite, ou seja, quando o leite volta do estômago para a boca. O engasgue também pode acontecer apenas com a saliva, e até e principalmente mesmo na hora da mamada! Por isso, as mamães devem ter cuidados com os seus recém-nascidos desde a maternidade para que sustos com engasgue sejam evitados.

O que é o engasgue afinal?

O engasgue nada mais é do que a comida ou bebida que entra no local errado, ao invés de entrar pela garganta onde cai no estômago, o alimento ou líquido entra pelas vias respiratórias pois essas são vizinhas na traqueia. Apesar da via respiratória ter uma “Tampinha” que faz as vezes de bloqueio para que nada entre nas vias pulmonares, bebês menores podem ter um reflexo um tanto tardio desse sistema de defesa do corpo. Bebês maiores e crianças ainda podem fazer a introdução de pequenos objetos como moedas, tampas de canetas, peças de brinquedos menores e várias outras coisas. Essas peças podem impedir a passagem do ar causando um bloqueio da respiração e por isso é muito importante manter peças pequenas e de risco longe das crianças menores e bebês que já conseguem engatinhar e andar.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Como evitar que o bebê recém nascido engasgue?

Já viu um bebê guloso mamando? Ele vai com toda sede ao pote! Um seio cheio de leite pode proporcionar goladas e goladas de satisfação para o bebê, porém um seio extremamente cheio também pode causar sustos com engasgue. Mulheres que tem uma produção elevada de leite materno podem fazer a extração do excedente antes das mamadas. Pode armazenar para mamadas futuras ou mesmo doação do excedente. Dar um tempo para ele respirar também pode ser preciso então, caso perceba que está sem fôlego, retire o seio da boca do bebê para que ele recupere o fôlego. Caso o bebê precise de complemento de leite artificial, mamadeiras com bico apropriado anti engasgue estão disponíveis no mercado. Nesses bicos o furo é semelhante ao bico do seio e assim passa menos líquido evitando o engasgue.

Uma forma simples de evitar o engasgue com o refluxo no bebê é mantê-lo mais elevado depois das mamadas por alguns minutos, 20 minutos que podem ajudar que o leite se ajeite melhor no estômago e previna o engasgue. Mesmo que o bebê arrote, ainda sim o refluxo que causa o engasgue pode acontecer então, prevenir o deixando mais “sentadinho” ou permanecer com ele um pouco mais em pé no colo é ideal para a segurança contra o engasgue. Além disso existem cadeirinhas que deixam o bebê mais elevado, isso contribui bastante para o dia a dia da mamãe. Em bebês maiores o engasgue também pode acontecer por acidentes com objetos então a primeira providencia é afastar qualquer objeto que possa causar um acidente com engasgue.

Bebê engasgado o que fazer?

Manter a calma é muito difícil nessa hora mas é preciso um raciocínio muito rápido para que medidas possam ser tomadas corretamente para desengasgar o bebê. Um bebê engasgado precisa de socorro rapidamente e saber o que fazer nessas situações é necessário para evitar problemas maiores. Existem técnicas como a tapotagem que ajudam e muito a desengasgar. Reconhecer um bebê com engasgamento pode ser simples, normalmente bebês ficam apáticos ou buscando ar, como se abrisse a boca e não conseguisse falar ou soltar som algum. Depois de breves momentos sem ar, a pele pode tomar uma coloração diferenciada, avermelhada e até mesmo roxeada. A tapotagem deve ser feita em casos de bebês pequenos que mamam apenas leite, virar o bebê de barriga para baixo apoiando na perna pode ajudar e muito. Leves tapinhas nas costinhas na posição de bruços também podem fazer efeito. Em casos de bebês com perda de consciência, deve se procurar ajuda e iniciar rapidamente as manobras para desengasgue como a tapotagem.

Veja como fazer a tapotagem em bebes e crianças acima de 2 anos

Bebês ou crianças maiores que engasguem com comida ou algum objeto, quem o socorrer não pode jamais tentar puxar o objeto pois com a intenção de retirar pode acabar empurrando ainda mais e dificultar o processo. Para crianças maiores a tapotagem também funciona só que de forma diferenciada. Fazer uma pressão no abdômen levemente, dois dedos abaixo do osso do tórax para empurrar o diafragma e facilitar a expulsão do alimento ou objeto que esteja bloqueando a passagem do ar.

Criança tossindo é bom sinal, quanto mais ela tossir melhor é, sinal de que o bloqueador está sendo expulso. Se o bebê desmaiar, respiração boca a boca é preciso ser feita, faça enquanto a ajuda de um bombeiro chegue. Ligar para emergência também é uma boa opção, eles podem orientar o que fazer na hora do desespero. O telefone dos bombeiros para emergências é 193, da policia militar que também está apta a ajudar é 190.

Veja também: Acidentes Domésticos – Como Evitar Sustos

Foto: donnierayjones