Visita super ilustre no Trocando Fraldas! Karim Scharf é fotógrafa de gestantes, família e também faz ensaios femininos com mulheres após darem a luz. Como fotografa e apaixonada por boas fotos o trabalho da Karim sempre me encantou e recebê-la aqui é uma grande alegria.

A beleza feminina parece ressaltar nessa fase e para assegurar a auto estima após as mudanças radicais que o corpo proporciona nessa fase. Veja como é feito um ensaio feminino e como se preparar para essas fotos. A Karim também deu algumas dicas para quem pretende fazer um ensaio fotográfico familiar, aproveite e saiba também como escolher um bom fotógrafo para registrar esse momento em família. Vamos lá!

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Trocando Fraldas: Após a maternidade a mulher pode sentir falta de um espaço para si mesma. Como a sessão feminina de fotos?

Karim: É exatamente esta a proposta para esta sessão de retratos. Com a chegada do bebê, praticamente o primeiro ano do seu desenvolvimento, a mulher é quase que exclusivamente MÃE! Por mais que a gente encontre um tempinho para ir à manicure ou para um jantar rapidinho com o marido, nós ficamos completamente envolvidas com a maternidade e nenhuma outra atividade tem uma entrega de 100% nesse período. Dedicamos todo o nosso tempo para cuidar do bebê e, por isso, muitas vezes a mulher cede espaço na sua rotina apenas à mãe e esquece um pouco de dedicar-se a ela mesma. Claro, sentimos essa necessidade de formas e intensidades diferentes, mas na grande maioria das vezes o período “mãe exclusiva e dedicada” se sobrepõe a qualquer outra qualidade nossa. E não acho isso ruim. Pelo contrário! É o melhor mergulho que podemos fazer na vida! A melhor escolha! Sonhamos com a maternidade, e quando ela chega é preciso vivê-la da forma mais plena e intensa possível.

Trocando Fraldas: A sessão de fotos femininas, vem como um resgate da autoestima da mulher e do amor com o seu corpo e mente!

Karim: Qual o melhor momento para fazer um ensaio de fotos assim?
Eu acho que existe uma sensação de “missão cumprida”, logo após a festa do primeiro aninho do bebê. Claro que não existe nada de missão cumprida aí, pois sabemos que vêm muito mais alegrias e desafios pela frente, mas percebo que é uma fase em que as mães começam a resgatar um pouco da mulher adormecida nos últimos meses. É quando, normalmente, ela já tem uma rotina estabelecida com a criança e já consegue planejar seus dias, seus horários, sua agenda e criar momentos para si.

Algumas mulheres percebem essa necessidade um pouco antes, outras levam mais tempo, mas em média acho que este resgate ocorre mesmo após o primeiro ano da criança e por isso acredito que seja o momento ideal de fazer a sessão de retratos femininos, brindando esta nova fase.

Trocando Fraldas: Como escolher um local para ensaio feminino? Qual critério usar no ponto de vista do profissional de fotografia?

Karim: Gosto muito de fazer os ensaios na casa da minha cliente. É o ambiente dela, onde ela se sente à vontade, feliz e ainda permite que o resultado seja totalmente personalizado.
Mas muitas mulheres preferem sair de casa, ter este tempo sozinhas, longe do ambiente doméstico, dos filhos, babás, maridos. Então sugiro que as fotos sejam feitas no meu estúdio, onde temos um tempo não só para a sessão, mas também para muito bate-papo.

Trocando Fraldas: O que um ensaio feminino retrata na verdade?

Karim: Retrata a mulher, agora mãe! Com sua alegria, delicadeza, força e, especialmente, com uma nova e linda história que ela carrega agora. Mas essencialmente, quero registrar a beleza que aflora com a maternidade e que é diferente de antes da gravidez. Mudanças aconteceram e a mãe é uma mulher diferente e mais completa. Quero registrar esse novo olhar, esse novo sentimento que vem dentro, mas, basicamente, que ela se sinta linda e completa!

Trocando Fraldas: Como se preparar para um ensaio assim?

Karim: Eu gosto de enviar algumas dicas nos dias que antecedem a sessão, principalmente relacionadas ao bem-estar: Uma compressa nos olhos, um cuidado com a pele, pelo menos uma noite bem dormida (quando é possível) na véspera da sessão. Oriento também sobre as roupas que elas devem utilizar, respeitando sempre o estilo de cada uma e conto com uma personal stylist para auxiliar, caso haja necessidade. No dia da sessão, temos uma maquiadora que as deixa mais lindas e bem cuidadas para as fotos.

Trocando Fraldas: Como encontrar um bom profissional para esses ensaios?

Karim: É sempre prudente conhecer o portfólio do fotógrafo e observar se você se identifica com aquele estilo. Acredito que a indicação seja o melhor caminho, porque você está fotografando a mulher num momento ainda delicado, onde ela vive intensamente a rotina com o seu bebê, ainda se sente cansada e por muitas vezes acha que seu corpo e suas feições são de cansaço e não são compatíveis com um bom resultado. Mas isso não é uma verdade absoluta! A ideia é fazer com que ela se redescubra como mulher, depois da maternidade, celebrando uma nova forma de ser ver linda!

Outra fonte de pesquisa interessante é o site busquefotografo.com.br que reúne profissionais de várias áreas, incluindo a fotografia de retratos. Lá é possível ver facilmente as galerias de fotógrafos que atuam nessa categoria. Apreciando o trabalho, acho ainda recomendável agendar uma visita ao estúdio para conhecer o profissional e ver se há uma sintonia entre as partes.

Trocando Fraldas: O ensaio familiar é uma extensão do ensaio feminino? Como fazer essa ligação?

Karim: A partir do momento que a mulher faz a sessão de retratos e se sente realizada com o resultado, a relação que acaba por se formar cria um vínculo de confiança e amizade entre fotógrafa e cliente. É muito comum que a mulher queira realizar mais encontros reunindo toda a família para uma sessão de fotos.

Como eu fotografo a mulher desde a gestação, realizo a sessão de recém-nascidos e faço o acompanhamento do primeiro ano do bebê a cada 3 meses, é natural que já exista um vínculo com as minhas clientes. Dessa forma elas se sentem muito confortáveis em realizar a sessão de retratos femininos e depois dar continuidade com ensaios de família. Aliás, esta é uma tendência que chega com toda força no Brasil: a a sessão fotográfica anual de família, feita por um profissional. Tenho feito cada vez mais esses registros e acho fantástico a família contar a sua história com álbuns anuais.

Trocando Fraldas: Tem algum segredo para os ensaios fotográficos em família? Como preparar as crianças para esse momento?

Karim: Os ensaios de família são deliciosos! Diferentes de algumas sessões que você tem praticamente um roteiro a ser seguido, o ensaio de família é leve, natural, espontâneo e casual. É o registro puro e simples da rotina afetiva da família, em seus momentos de convivência, de lazer, de carinho e de brincadeiras. Às vezes chego cedo na casa onde vou fotografar e registro desde o café da manhã em família, as brincadeiras na sala ou no quarto, os momentos de afeto, até o banho divertido das crianças antes de se arrumarem para ir a escola. Não sei se existe um segredo para que essa relação espontânea acontecer, mas sem querer ser piegas, acho que você tem que realmente amar o que faz.

Uma dica é dedicar um tempo no início da sessão para conhecer as crianças, pedir para brincar com elas, saber qual é o seu brinquedo preferido, cantar a música que eles mais gostam e assim a começar a brincadeira. Sem que elas percebam, você está com sua câmera em mãos, inserida no contexto, fotografando sorrisos espontâneos, movimento e diversão, da forma mais natural possível.

Trocando Fraldas: Dê dicas de como se portar em um ensaio familiar.
Karim:
Em primeiro lugar é preciso compreender o perfil e a rotina da família. Uma pequena entrevista ou briefing ajuda a traçar algumas características. Conhecer as preferências, hobbies e profissões dos pais ajuda a me abastecer de informações que pode iniciar um valioso bate-papo que os deixará mais confortáveis e relaxados durante a sessão, além de me proporcionar situações ou elementos que serão incluídos, personalizando ainda mais o ensaio.

Trocando Fraldas: É muito difícil fotografar famílias grandes? Já teve alguma situação engraçada?

Karim: Sem dúvida é mais difícil fotografar famílias grandes, mas ao mesmo tempo é um desafio divertido! Quando há muitas crianças eu preciso estar atenta para incluí-las em diversas situações, porque sempre tem uma que não gosta da roupa que a mãe escolheu, outra que foi chorar no quarto e aquela que sorri, pula e participa ativamente, quase que não permitindo que os irmãos apareçam. (risos)

Mas eu me divirto muito e já tive muitas situações engraçadas! A última delas é que a cada clique que eu fazia, a menininha de 5 anos corria para o meu colo para ver o resultado. Por fim, não queria mais sair do meu lado e eu a ajudei a fotografar os seus pais. Foi natural, divertido, espontâneo e no ritmo da alegria e empolgação dela em fazer as fotos. E os pais ainda tem um registro lindo peito pelo olhar pequena! Pensei: “Ela terá um futuro brilhante como fotógrafa”!

Karim muito obrigada pela entrevista! O  site da karim contém mais trabalhos e também lá podem encontrar o telefone para contato. Ensaio fotográfico é uma recordação para toda a vida!

Fotos: Acervo Pessoal