Estudo: Dia das Crianças – Como as Família Comemoram 2018

No dia 12 de outubro chega mais uma vez o dia delas – das crianças. Mas como as famílias e suas crianças comemoram essa data no Brasil de 2018? Qual é a importância que tem para os envolvidos, como se sentem e o que influencia a escolha dos presentes?

Para responder todas essas perguntas, o Trocando Fraldas fez uma pesquisa com mais de 16 mil pessoas em seu poral entre os dias 16 e 21 de setembro por meio de um questionário. Os entrevistados responderam espontaneamente, indicando idade, local de moradia e situação familiar, o que tornou possível a comparação por regiões e estados.

Perguntas

As seguintes perguntas foram realizadas:

  • Você se sente culpado por trabalhar e não conseguir dar a atenção que acha necessário para o filho?
  • O seu filho pede presente no dia das crianças?
  • Você tem condições financeiras de comprar exatamente o que ele quer?
  • O que mais influência os sonhos de consumo do seu filho?
  • Como é comemorado o dia das crianças na sua família?
  • 6. Na sua família costumam fazer nessa data doação de presentes para crianças carentes?

Resultados

Para a comparação entre grupos, regiões e estados, as respostas afirmativas também foram convertidas em número, sendo um "sim" igual a 1 e "não" igual a 0. Os resultados foram aproveitados para calcular índices percentuais.


Sentimento de Culpas

  • 3 em cada 7 mães e pais se sentem culpados por não poder oferecer a atenção necessária aos filhos nessa data devido ao trabalho por exemplo
  • Esse sentimento independe da faixa etária dos pais com crianças pequenas
  • Apesar de não haver diferenças regionais, há divergências entre estados
  • Enquanto 55% dos pais sergipanos e 49% dos amazonenses se sentem culpados, apenas 30% do paraense e 36% dos paraibanos compartilham o sentimento
  • 2 a cada 3 pais em Palmas e 3 a cada 5 em Macapá gostariam de passar mais o dia das crianças com os filhos
  • Em Teresina, os pais têm mais tempo para passar com os filhos

Sentimento de culpa
por falta de atenção


Pedidos de Presentes

  • 61% das crianças pedem presentes para o Dia das Crianças
  • Entre os pais mais novos de 18 a 24 anos, os pedidos dos filhos são de apenas metade das crianças enquanto nos pais mais velhos oscilam entre 65 e 68%
  • Na região Sul apenas 58% pedem presentes
  • O menor índice de pedidos há em Tocantins, Espírito Santo e Santa Catarina onde em torno de metade dos filhos faz pedidos aos pais
  • No Piauí (74%), Roraima (72%) e Mato Grosso do Sul (67%), as crianças são mais exigentes
  • Em Brasília apenas 53% das crianças pedem presentes para o dia delas quando em Salvador 71% fazem o mesmo

Ranking dos Pedidos de Presentes por Estado
1.Piauí
2.Roraima
3.Mato Grosso do Sul
4.Rio de Janeiro
5.Amazonas
6.Rondônia
7.Ceará
8.Alagoas
9.Goiás
10.Acre
11.Bahia
12.São Paulo
13.Rio Grande do Sul
14.Sergipe
15.Pará
16.Rio Grande do Norte
17.Minas Gerais
18.Mato Grosso
19.Paraíba
20.Paraná
21.Maranhão
22.Pernambuco
23.Amapá
24.Distrito Federal
25.Santa Catarina
26.Espírito Santo
27.Tocantins

Condiçõesde Comprar Presentes

  • Apenas 4 em cada 9 pais e mães possuem condições de providenciar os presentes que os filhos querem independente da idade
  • No Sul e no Norte 47% têm a possibilidade de realizar o sonho dos filhos e apenas 43% no Centro-Oeste
  • As crianças do Acre, Mato Grosso do Sul e Pernambuco serão as mais felizes porque ganharão mais o que desejam
  • Filhos de pais piauienses, do Tocantins, Rondônia ou Ceará terão que se contentar com outros presentes
  • 49% dos pais cariocas e 46% dos pais paulistas têm condições de comprar os presentes desejados

Influências de Desejos

  • A internet mais influencia os desejos de presentes para o Dia das Crianças 2018 com 36% seguido pela televisão com 27%
  • Quanto mais velhos os pais e seus filhos, a importância da internet aumenta para 46% na faixa etária dos pais de 40 a 44 anos
  • Amigos tem uma constante influência de 7 a 10% em todas as idades
  • As opiniões de parentes perdem importância com a crescente idade dos pais de 9% entre os com 18 a 24 anos para apenas 3% acima de 40 anos
  • Outras formas novas de influência nos pedidos são mais comuns entre os pais novos até 24 anos com 29% equiparando a importância da internet e da televisão

O que mais influência
os sonhos de
consumo do seu
filho?


Forma de Comemorar o Dia

  • Mais de um quarto das famílias brasileiras não comemora o Dia das Crianças, tendência crescente entre os mais jovens
  • As demais dividem o tempo entre compra de presentes, passeios ao ar livre ou simplesmente se reunir em família
  • Quanto mais velhos os filhos, mais famílias tendem a passear ou se reunir
  • Famílias com filhos próprios passam o dia mais fora (29%) do que as sem pequenos (17%)
  • 33% das pessoas que não têm filhos próprios não comemoram a data de forma alguma, enquanto apenas 14% dos pais com crianças

Como é comemorado
o dia das crianças
na sua família?


Doação a Crianças Carentes

  • 1 em cada 3 pessoas doa presentes a crianças carentes no Dia das Crianças, independente se tem ou não filhos próprios
  • A benevolência aumenta com a idade das pessoas
  • Na região Norte, a caridade de presença é comum para 36% das pessoas e no Centro-Oeste apenas em 29% dos casos
  • No Acre, Amazonas e Amapá acima de 40% doam presentes para os mais necessitados, enquanto no Espírito Santo (23%), Mato Grosso do Sul e Distrito Federal (27% ambos) a generosidade é menor
  • 35% das pessoas em Fortaleza, São Paulo e Salvador doam presentes estando no meio de Maceió (47%) e Porto Velho (20%)
O novo app
A evolução da sua gestação com dicas e artigos diários
#