Um dos exames mais famosos entre as mulheres é o exame de toque. Porém na gravidez ele vai se tornar um verdadeiro amigo da mulher, dependendo do médico que te acompanha, pode até mesmo ser feito mensalmente durante as consultas de pré-natal. Mas você sabe por que o exame de toque é feito? Para quê ele serve e como é feito? Tem medo do exame de toque doer? É normal sangrar? Vamos desvendar todos os segredos desse exame que pode até deixar a gestante um pouco preocupada.

Como é Feito o Exame de Toque na Gravidez?

Assim como na mulher não grávida, o toque é feito com a paciente deitada e com as pernas levemente abertas. A posição da maca onde a gestante deita, permite que o médico (ginecologista obstetra) tenha controle sobre a forma com que irá introduzir os dedos e até mesmo que possa visualizar a cavidade vaginal se for o caso. Com uma luva lubrificada (às vezes não) ele introduz dois dedos na vagina e procura o colo do útero. Ali ele pode verificar várias condições da gestação e problemas que possam estar acontecendo, uma infecção ou candidíase por exemplo.

Para quê Serve o Exame de Toque?

O toque ou exame de toque é uma forma de verificar através de um exame de tato, algumas alterações que estão acontecendo no colo do útero da gestante. Muitas vezes através de um ultrassom não é possível detectar problemas ou condições e diversos aspectos que este exame detecta com muita eficiência. O exame de toque verifica entre outros fatores a dilatação, a espessura do colo do útero (se apagado ou não) e também possível tempo que levará para que o parto acontecer.

Quando é Feito o Exame de Toque?

O exame de toque pode ser feito em qualquer estágio da gestação, é uma questão de necessidade. Se houver preocupação pela parte do médico, pode ser feito até mesmo nas primeiras semanas de gestação para investigar algum acontecimento como o sangramento por exemplo.

Alguns médicos fazem o exame como rotina na consulta de pré-natal, já outros só o fazem em casos extremos (no começo da gestação, até as últimas semanas de gestação) e apenas começam a realizar o toque se houver queixa da paciente, ou mesmo se o parto se aproxima. Para o parto normal, o exame de toque é determinante para saber quantos dedos de dilatação a gestante está.

Uma novidade para nossas leitoras gestantes, é que a Famivita em parceria com a Patricia Amorim desenvolveu um polivitamínico gestacional pensando nas necessidades e também nas dificuldades das gestantes. Com todas as vitaminas e minerais importantes para o desenvolvimento fetal e para a saúde da mãe, a vitamina FamiGesta tem um diferencial, que é o tamanho da cápsula que facilita muito engolir durante as fases de constante enjoo e náuseas. Você pode adquirir sua vitamina aqui em nossa loja virtual.

O Exame de Toque Dói? É Possível Sangrar?

Depende. A sensibilidade pode estar diretamente ligada se a gestante tem algum problema. Normalmente o toque do colo do útero realizado no consultório pode causar não dor, mas uma sensação de pressão extremamente forte no baixo ventre.

Algumas mulheres relatam essa sensação comparando como uma penetração bastante profunda. Aliás, a penetração sem excitação pode causar uma sensação parecida.

Vídeos Explicativos

Dependendo do profissional que realiza o exame de toque também se pode sentir mais ou menos dores além daquelas esperadas pelo possível problema existente na vagina e colo do útero da gestante. A dor é um elemento relativo, algumas podem sentir mais do que as outras, porém a dor não é algo insuportável.

Se causar muitas dores, algo está errado. Também é possível ficar com uma sensação estranha após o exame, parece que teve relações sexuais com penetração profunda e intensa. Também pode se assemelhar à uma sensação de que há um absorvente interno, porém logo passará.

Sangramento

Agora, o sangramento é uma queixa recorrente das gestantes. Mas ele não significa que tenha alguma coisa errada. Ele pode acontecer porque alguma coisa “cutucou” o colo do útero e pode ter um ou outro vasinho rompido, ou mesmo causar sangramento pelo inchaço do útero mas a quantidade não deve ser muito grande.

Caso seja, é melhor verificar com um médico o que esta acontecendo. A mesma coisa pode acontecer na relação sexual e claro, assustar a mulher. Porém é importante dizer que um médico deve ser consultado caso isso ocorra.

Também não se deve tentar o toque em casa, apenas um médico especializado e treinado para isso deve fazer. Lembre-se dos riscos que estão ao redor deste exame, um parto prematuro ou mesmo um aborto espontâneo. O exame de toque complementa outros exames. Converse com seu médico e tire suas dúvidas.

Aproveitando o espaço, quero contar uma novidade para nossas leitoras mamães e que pensam em ter outro bebê futuramente, ou até mesmo que tenha uma amiga que esteja tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos uma linha de produtos especializados para a saúde e fertilidade. Entre eles temos vitaminas da fertilidade da mulher FamiFerti, vitamina para fertilidade do homem ViriFerti, testes de ovulação e o gel lubrificante amigo da fertilidade FamiGel, que faz o papel do muco, aumentando a mobilidade dos espermatozoides além de aumentar o prazer. Você pode encontrar cada um desses produtos aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Dores na Gravidez – O Que é Normal?

Fotos: Maigh