Exame Streptococcus – Qual a Necessidade?

O streptococcus é uma bactéria que normalmente se encontra na região da boca, por esse motivo a transmissão ocorre de forma natural através do beijo, do compartilhamento de objetos como talher e copos. Por fazer parte da boca, facilita o alojamento em nosso intestino e no sistema respiratório e são responsáveis por grande parte das doenças desde uma carie dentaria ate uma pneumonia.OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Isso porque existem diversos tipos de streptococcus e cada um deles responsável por um tipo de doença. Neste caso, falaremos sobre o streptococcus do grupo B que é o investigado na gestação através do exame do cotonete. O streptococcus B costuma se colonizar em regiões vaginais, intestinais e retais femininas. Não apresenta riscos a pessoas saudáveis, mas podem trazer complicações na transmissão de mãe para filho na hora do nascimento. Por isso a importância do exame antes da realização do parto, sendo um método de prevenção e de proteção para o bebê.

Ao contrário do que a maioria acredita o streptococcus B não é uma doença sexualmente transmissível. A área vaginal normalmente é contaminada pelas bactérias deslocadas do próprio intestino e da região retal, por isso não se assuste caso o resultado do seu exame dê positivo.

O Exame deu Positivo o que Faço Agora?

O exame é realizado de forma simples no próprio consultório, sendo coletadas amostras da região da vagina e do ânus com a ajuda de um equipamento parecido com um cotonete, por isso ganhou o nome popular de “exame do cotonete”. O exame é solicitado entre a 35º e 37º semana de gestação, quando esta mais próxima do nascimento. O resultado sairá após alguns dias e caso positivo, não será recomendado nenhum tratamento, nem a base de pomadas vaginais e nem remédios. A administração de medicamento será realizada algumas horas antes do parto, normalmente em media 4 horas antes, diretamente na maternidade. O medicamento utilizado para combater é o antibiótico e deve ser introduzido pela veia, para que sua eficácia seja imediata.Exame Streptococcus 1

O resultado do exame deverá constar na carteirinha de pré-natal que será solicitada na internação da maternidade. Se acaso não estiver munido com documentos, deve-se informar ao hospital sobre o resultado do exame streptococcus para que o procedimento seja realizado o quanto antes. No caso de cesárea não é utilizada a medicação, já que o bebê não passará pelo canal vaginal não sendo exposto ao risco de contaminação.

Caso não tratado devidamente antes do parto e o bebê porventura se contaminar, pode sofrer com sepse neonatal que é uma infecção no sangue muito perigosa que pode levar a óbito. Outros problemas agravantes da falta de cuidado, é a pneumonia e a meningite que por atacar já nas primeiras semanas de vida pode trazer sérios riscos. O quadro mais perigoso de contagio é para bebês prematuros, que apresentam ainda mais riscos podendo ficar com sequelas graves.

Veja também: Teste do Cotonete e Colo do Útero – Vídeo

Foto: Iqbal Osman, Daniel Lobo