O que fazer antes de começar a tentar engravidar? A resposta é simples: exames! Sim, antes de qualquer coisa os exames para engravidar devem ser o foco do CASAL que quer um bebê. Digo casal, pois, nem todos os homens sabem que devem verificar a sua fertilidade junto com a parceira. Então quais os exames que os médicos deveriam passar e que nem sempre o fazem? O que você deve saber na hora da consulta para não perder tempo quando decidirem que a hora de ter bebê chegou? Para começar os médicos devem verificar os hormônios do casal. Homem e mulher devem se submeter exames hormonais. Esses exames para a mulher poderão detectar problemas com os seguintes hormônios:

Progesterona: A dosagem de progesterona é fundamental para assegurar que a mulher não terá problemas quando ovular. A deficiência de progesterona pode causar problemas com endométrio fino demais para a fixação do bebê quando houver a fecundação. Também pode causar problemas com a segurança do bebê se houver a implantação. Algumas vezes a baixa de progesterona causa a baixa resistência do endométrio e ai, a gravidez não resiste e um aborto espontâneo acontece. Por isso, saber se a progesterona esta em níveis adequados após a ovulação é fundamental. Recomenda-se que faça a dosagem desse hormônio no 22º dia do ciclo.

Estrogênio (estradiol): Este é o hormônio responsável pelo bom desenvolvimento dos folículos. Tão importante quando a progesterona, ele é um dos atores principais na ovulação. A sua baixa ou alta dosagem, pode prejudicar a fertilidade da mulher. Portanto, medir a quantidade desse hormônio ao longo do ciclo, pode dar o diagnostico preciso de alguma deficiência ou problema com ovários policísticos.

Prolactina: A prolactina é o hormônio responsável pela produção de leite em conjunto com a ocitocina. Ela está sempre presente em nosso organismo porém, de forma discreta. Quando acontece uma elevação desse hormônio, o cérebro entende que esta mulher está amamentando e não colabora com a estimulação dos folículos para que a mulher ovule e possa enfim, engravidar. Por isso monitorar a quantidade de prolactina do organismo é um dos exames para engravidar mais importantes.

FSH: O exame de FSH tem duas funções. Saber se a estimulação inicial dos hormônios do período fértil estão corretos, e também verificar a quantidade de óvulos na reserva ovariana. Apesar de ser um hormônio pedido com frequência pelos médicos, a função verificadora da reserva dos óvulos é pouco solicitada. Esse seria também um dos exames para engravidar que são essenciais.

LH: Esse hormônio da o start para o corpo liberar o óvulo do folículo. Por isso, ele deve estar em níveis aceitáveis assim como os demais. Se baixo demais, pode provocar a anovulação, mesmo se a mulher tiver folículos do tamanho ideal. Esse fenômeno acontece em algumas mulheres como uma LUF (síndrome do folículo não roto).

Testosterona: Embora seja um hormônio masculino, temos uma quantidade menor que os homens mas ainda sim temos. Por isso, saber se a testosterona está em um índice ok, ajuda e muito na fertilidade assim como na libido, já que ela tem a função de despertar o desejo sexual no homem e na mulher. Pode-se ter um indício de aumento de testosterona com o aumento e engrossamento dos pelos corporais.

Para a mulher ainda, os exames de ultrassom do aparelho reprodutor deve ser feito para avaliar a cavidade uterina e também a condição ovariana. Verificar se a mulher tem algum tipo de problema com ovários micro cistos e também endometriose é importante. Além desse exame inicial, o médico pode optar por indicar a histerossalpingografia. Este exame verificará a condição das trompas. Se permeáveis, impermeáveis, obstruídas, aderentes ou qualquer outro tipo de deformidade desse órgão tão imprescindível na fertilidade feminina. Como o óvulo é fecundado na trompa, deve-se ter tudo em ordem. Se houver algum problema como obstrução, por exemplo, o médico irá recomendar a laparoscopia desobstrutiva.

Exames Para Engravidar: O Homem

Para o homem parece tudo ser mais fácil, porém exames hormonais também é uma ótima ideia. Além do exame de progesterona, estrógenos e testosterona. Ainda é recomendável que o homem faça uma dosagem da sua glicemia. Essa quando elevada, pode reduzir a quantidade de espermatozoides fabricados nos testículos. Nesse quesito peso, o aumento excessivo da gordura corporal, também contribui para a infertilidade masculina.

Outro exame para engravidar que faz parte de qualquer investigação de rotina ou não, é o espermograma. Quando feito, ele verificará a motilidade, quantidade, desempenho e principalmente a qualidade do espermatozoide. O espermograma mais indicado é o que usa a metodologia de Kuguer. Ele é o mais preciso para detectar má formações dos gametas masculinos. Se houver algum problema com a qualidade ou motilidade, o médico urologista irá recomendar um tratamento adequado para o caso deste candidato a papai, que na maioria das vezes é feito à base de vitaminas para a fertilidade. Além disso, um exame clínico para verificar a existência de varicocele é importante.

Se a infertilidade prosseguir por mais de 12 meses, outros exames para engravidar deverão ser feitos. Entre eles estão diagnósticos para problemas como reumatismo, Lupus e outros. Para ambos, homem e mulher, exame de hormônios da tireoide como T3, T4 e afins são importantes. Estudos atuais mostram que problemas com a glândula tireoide podem interferir na fertilidade de homens e mulheres. Imprescindível lembrar do exame que comprovará algum tipo de infecção no organismo, por isso assim que decidir engravidar, além dos exames já citados, um hemograma pode fazer diagnósticos precoces de algum tipo de problema que esteja impedindo a gravidez acontecer.

Converse com seu médico, ele pode orientar muito bem quanto aos exames para engravidar e, se caso não achar o acompanhamento satisfatório, procure um novo profissional para auxiliar. Lembre-se: não é preciso deixar passar 12 ciclos ou 1 ano de tentativas para realizar os exames. É melhor que faça antes de começar as tentativas e assim evitará aborrecimentos.

Veja também: Tentando Engravidar? Coisas que Toda Tentante Deve Saber

Foto: Inese_Dunajeva